AMC amplia o número de semáforos centralizados em Fortaleza

Em cinco novos cruzamentos, agora, é possível aplicar a chamada “onda verde”, para dar maior fluidez ao trânsito

Os equipamentos são monitorados em tempo real. Quanto maior o volume de veículos na pista, maior o tempo de sinal verde (Foto: Mauri Melo)

Cinco novos cruzamentos de Fortaleza estão operando com nova tecnologia de semáforo centralizado. Na Eduardo Girão x Luciano Carneiro, Luciano Carneiro x Min. Joaquim Bastos, Eduardo Girão x Gal. Silva Jr., Eduardo Girão x Dep. Osvaldo Studart e Bernardo Manuel X Presidente Costa e Silva, agora, é possível monitorar o tráfego em tempo real e aplicar a chamada “onda verde”, para dar maior fluidez ao trânsito.

Com esses novos cruzamentos, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC), amplia para 383 (57%) o número de semáforos centralizados. Esses equipamentos são monitorados em tempo real e tem o tempo de sinal verde otimizado. Isso ocorre porque o fluxo da via é calculado pelos laços detectores instalados no local. Desta forma, quanto maior o volume de veículos na pista, maior o tempo de sinal verde.

Outra vantagem deste equipamento é a possibilidade de se comunicar diretamente com o CTAFOR, que permite detecção de falhas de forma imediata e garante a realização de serviços de manutenção dos semáforos com maior rapidez. Outras áreas de maiores fluxos no trânsito foram beneficiadas com essa tecnologia. Os semáforos da região da grande Aldeota e das avenidas Bezerra de Menezes, Domingos Olímpio, Treze de Maio, Jovita Feitosa, Engenheiro Santana Júnior, Duque de Caxias, além de bairros como Parangaba, Siqueira, Mondubim, Serrinha, Antônio Bezerra e Cidade dos Funcionários, também são controlados em tempo real.

Fortaleza tem, ainda, 286 (43%) semáforos convencionais, totalizando 669 em toda a Capital. Como não são controlados em tempo real, os problemas detectados nestes equipamentos precisam ser informados à central do Controle de Tráfego em Área de Fortaleza (CTAFOR) para que seja providenciado o reparo. As reclamações podem ser feitas por meio do número 190.

Copa do Mundo
Essa mudança de tecnologia também permitirá um melhor trajeto nos corredores que serão utilizados para a Copa de Mundo de 2014, para o caminho aeroporto-hotel de delegações e chefes de estados, onde o CTAFOR realizará a "onda verde", reduzindo o tempo de viagem.

Na próxima terça-feira (25/02), o semáforo localizado na Av. Alberto Craveiro x Pedro Dantas também terá mudança de tecnologia e será essencial para a Copa do Mundo, visto que é um dos acessos ao Castelão.

Deixe um comentário

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.