70% concluído, novo Cuca do Pici ofertará ações de esporte, cultura e lazer para a juventude ainda neste semestre

03 de fevereiro de 2021 em Juventude

70% concluído, novo Cuca do Pici ofertará ações de esporte, cultura e lazer para a juventude ainda neste semestre

Na manhã desta quarta-feira (03/02), o prefeito José Sarto (PDT) visitou as intervenções em curso, que deverão ser concluídas em junho deste ano


Sarto em um canteiro de obras
Para Sarto, a Rede Cuca é um exemplo nacional, que tem descoberto talentos na periferia e beneficiado milhares de jovens em várias áreas da arte, do esporte, da cultura e da integração social (Foto: Marcos Moura)

Fortaleza abrigará, ainda no primeiro semestre deste ano, o quinto Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca) da Cidade. O equipamento, em construção no bairro Pici, fortalecerá o protagonismo da juventude da Capital por meio de políticas de inclusão social. Na manhã desta quarta-feira (03/02), o prefeito José Sarto (PDT) visitou as intervenções em curso, que deverão ser concluídas no mês de junho.

De acordo com o gestor, cumprindo as orientações sanitárias previstas em decreto, o ambiente promoverá, além de formação cultural, práticas esportivas e cursos em diversos campos. Toda a Rede impulsionará, ainda, o Programa Juventude Digital, iniciativa direcionada à promoção de crédito e à capacitação de jovens da Cidade.

“Este é um equipamento transformador. A Rede Cuca é um exemplo nacional, que tem descoberto talentos na periferia e beneficiado milhares de jovens em várias áreas da arte, do esporte, da cultura e da integração social, oferecendo, inclusive, atividades no contraturno escolar”, elencou.

Com obras realizadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), as intervenções estão orçadas em R$ 26,4 milhões. O projeto inclui área construída superior a 16 mil m² para pluralizar e democratizar a ocupação do espaço público pela população.

Piscinas, teatro, salas de artes marciais, quadras esportivas, ambiente coworking, biblioteca e banheiros compõem a organização estrutural em edificação. Os esforços direcionados à descoberta de novos talentos renderão ao espaço a instalação de anfiteatro anexo e de ambientes audiovisuais e artísticos.

Simultaneamente, as atividades esportivas serão ampliadas por estruturas vizinhas, a exemplo de nova praça equipada com skatepark, Areninha e quadra de futsal.

Após a inauguração, mesmo diante do início do processo de vacinação contra a Covid-19, todas as atividades deverão cumprir orientações sanitárias determinadas pelas autoridades.

Saiba mais

A Rede Cuca é composta por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ).

Os Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação, além de atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia dos direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também objetiva trazer para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programações permanentes de shows, espetáculos e cinema.

Todos os meses, a Rede Cuca oferta uma média de cinco mil vagas entre as 29 modalidades esportivas e os mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas formação para os jovens da Cidade.

Dentre as modalidades esportivas ofertadas, destacam-se badminton, ballet, basquete, bodyboarding, capoeira, cross training, futebol de areia, futmesa, futsal, hand beach, handebol, hidroginástica, jiu-jitsu, judô, karatê, MMA, muay thay, massagem desportiva, natação, pilates, polo aquático, skate, surf, taekwondo, tai chi chuan, treinamento funcional, triathlon, tênis de mesa, vôlei de praia e voleibol.

Já as áreas de formação são compostas por fotografia, audiovisual, informática, libras, inglês, teatro, música e dança.

Desde a sua implantação, em 2014, a Rede Cuca registra mais de 2 milhões de atendimentos.

70% concluído, novo Cuca do Pici ofertará ações de esporte, cultura e lazer para a juventude ainda neste semestre

Na manhã desta quarta-feira (03/02), o prefeito José Sarto (PDT) visitou as intervenções em curso, que deverão ser concluídas em junho deste ano

Sarto em um canteiro de obras
Para Sarto, a Rede Cuca é um exemplo nacional, que tem descoberto talentos na periferia e beneficiado milhares de jovens em várias áreas da arte, do esporte, da cultura e da integração social (Foto: Marcos Moura)

Fortaleza abrigará, ainda no primeiro semestre deste ano, o quinto Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca) da Cidade. O equipamento, em construção no bairro Pici, fortalecerá o protagonismo da juventude da Capital por meio de políticas de inclusão social. Na manhã desta quarta-feira (03/02), o prefeito José Sarto (PDT) visitou as intervenções em curso, que deverão ser concluídas no mês de junho.

De acordo com o gestor, cumprindo as orientações sanitárias previstas em decreto, o ambiente promoverá, além de formação cultural, práticas esportivas e cursos em diversos campos. Toda a Rede impulsionará, ainda, o Programa Juventude Digital, iniciativa direcionada à promoção de crédito e à capacitação de jovens da Cidade.

“Este é um equipamento transformador. A Rede Cuca é um exemplo nacional, que tem descoberto talentos na periferia e beneficiado milhares de jovens em várias áreas da arte, do esporte, da cultura e da integração social, oferecendo, inclusive, atividades no contraturno escolar”, elencou.

Com obras realizadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), as intervenções estão orçadas em R$ 26,4 milhões. O projeto inclui área construída superior a 16 mil m² para pluralizar e democratizar a ocupação do espaço público pela população.

Piscinas, teatro, salas de artes marciais, quadras esportivas, ambiente coworking, biblioteca e banheiros compõem a organização estrutural em edificação. Os esforços direcionados à descoberta de novos talentos renderão ao espaço a instalação de anfiteatro anexo e de ambientes audiovisuais e artísticos.

Simultaneamente, as atividades esportivas serão ampliadas por estruturas vizinhas, a exemplo de nova praça equipada com skatepark, Areninha e quadra de futsal.

Após a inauguração, mesmo diante do início do processo de vacinação contra a Covid-19, todas as atividades deverão cumprir orientações sanitárias determinadas pelas autoridades.

Saiba mais

A Rede Cuca é composta por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ).

Os Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação, além de atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia dos direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também objetiva trazer para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programações permanentes de shows, espetáculos e cinema.

Todos os meses, a Rede Cuca oferta uma média de cinco mil vagas entre as 29 modalidades esportivas e os mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas formação para os jovens da Cidade.

Dentre as modalidades esportivas ofertadas, destacam-se badminton, ballet, basquete, bodyboarding, capoeira, cross training, futebol de areia, futmesa, futsal, hand beach, handebol, hidroginástica, jiu-jitsu, judô, karatê, MMA, muay thay, massagem desportiva, natação, pilates, polo aquático, skate, surf, taekwondo, tai chi chuan, treinamento funcional, triathlon, tênis de mesa, vôlei de praia e voleibol.

Já as áreas de formação são compostas por fotografia, audiovisual, informática, libras, inglês, teatro, música e dança.

Desde a sua implantação, em 2014, a Rede Cuca registra mais de 2 milhões de atendimentos.