06 de setembro de 2021 em Cultura

72º Salão de Abril realiza último debate do seminário virtual

A programação virtual chega ao fim nesta quarta-feira (08/09). A exposição segue aberta ao público até o dia 16 de setembro


Peça gráfica

A Prefeitura de Fortaleza realiza, nesta quarta-feira (08/09), a última palestra do Seminário do 72º Salão de Abril. Interessados podem assistir ao debate “Trabalho e pandemia: da exaustão à precariedade do trabalhador das artes”, a partir das 19h, no canal da Secultfor na plataforma de vídeos do YouTube.

O debate, ao vivo e aberto ao público, contará com a presença de Ana Mundin, Diego de Santos e Rafael Domingos, com mediação da curadora do 72º Salão de Abril, Luciara Ribeiro. Perguntas podem ser enviadas durante a atividade no chat da plataforma.

Intitulado “Do corpo que produz ao corpo que exibe: arte, trabalho e políticas de vida”, a programação formativa desta edição da mostra foi composta por três mesas virtuais. No dia 18 de agosto, foi exibida ao vivo a mesa “O corpo do trabalhador na obra de artistas latino-americanos”, com Maria Angélica Melendi, Virgínia Pinho e mediação da curadora Ana Cecília Soares. Em 25 de agosto, Bruno Pinheiro e Delano Pessoa, com mediação da curadora Luise Malmaceda, participaram da mesa 2, intitulada “Do trabalho como tema ao artista como trabalhador nas modernidades de Raimundo Cela, Miguel Bakun e Heitor dos Prazeres”. Toda a programação virtual está disponível no canal da Secultfor na plataforma de vídeo Youtube.

A programação formativa da 72ª edição do Salão de Abril teve como foco realizar uma homenagem ao pintor e gravador Raimundo Cela (1890-1954), que por vários anos se dedicou a pintar as paisagens e o cotidiano do trabalhador, tendo como simbolização os pescadores, jangadeiros e vaqueiros do Ceará. O seminário também contou com as curadoras da mostra – Ana Cecília Soares (CE), Luise Mamaceda (SP/NY) e Luciara Ribeiro (BA/SP) – trazendo para as três mesas a temática em destaque “trabalho”.

O Salão de Abril é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Exposição
A exposição da 72ª edição do Salão de Abril segue aberta para visitação do público até o dia 16 de setembro de 2021, das 10h às 17h, de terça a sexta-feira, e no sábado, das 9h às 16h no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim, seguindo todas as normas de acordo com o último decreto em combate à Covid-19, com a disponibilização de álcool em gel, aferição de temperatura e limitação de visitantes.
Serviço
Mesa 3 – “Trabalho e pandemia: da exaustão à precariedade do trabalhador das artes”
Data: 08 de setembro
Horário: 19h
Palestrantes: Luciara Ribeiro (mediadora), Ana Mundin, Diego de Santos e Rafael Domingos.
Local: Canal da Secultfor na plataforma de vídeos YouTube

72º Salão de Abril realiza último debate do seminário virtual

A programação virtual chega ao fim nesta quarta-feira (08/09). A exposição segue aberta ao público até o dia 16 de setembro

Peça gráfica

A Prefeitura de Fortaleza realiza, nesta quarta-feira (08/09), a última palestra do Seminário do 72º Salão de Abril. Interessados podem assistir ao debate “Trabalho e pandemia: da exaustão à precariedade do trabalhador das artes”, a partir das 19h, no canal da Secultfor na plataforma de vídeos do YouTube.

O debate, ao vivo e aberto ao público, contará com a presença de Ana Mundin, Diego de Santos e Rafael Domingos, com mediação da curadora do 72º Salão de Abril, Luciara Ribeiro. Perguntas podem ser enviadas durante a atividade no chat da plataforma.

Intitulado “Do corpo que produz ao corpo que exibe: arte, trabalho e políticas de vida”, a programação formativa desta edição da mostra foi composta por três mesas virtuais. No dia 18 de agosto, foi exibida ao vivo a mesa “O corpo do trabalhador na obra de artistas latino-americanos”, com Maria Angélica Melendi, Virgínia Pinho e mediação da curadora Ana Cecília Soares. Em 25 de agosto, Bruno Pinheiro e Delano Pessoa, com mediação da curadora Luise Malmaceda, participaram da mesa 2, intitulada “Do trabalho como tema ao artista como trabalhador nas modernidades de Raimundo Cela, Miguel Bakun e Heitor dos Prazeres”. Toda a programação virtual está disponível no canal da Secultfor na plataforma de vídeo Youtube.

A programação formativa da 72ª edição do Salão de Abril teve como foco realizar uma homenagem ao pintor e gravador Raimundo Cela (1890-1954), que por vários anos se dedicou a pintar as paisagens e o cotidiano do trabalhador, tendo como simbolização os pescadores, jangadeiros e vaqueiros do Ceará. O seminário também contou com as curadoras da mostra – Ana Cecília Soares (CE), Luise Mamaceda (SP/NY) e Luciara Ribeiro (BA/SP) – trazendo para as três mesas a temática em destaque “trabalho”.

O Salão de Abril é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Exposição
A exposição da 72ª edição do Salão de Abril segue aberta para visitação do público até o dia 16 de setembro de 2021, das 10h às 17h, de terça a sexta-feira, e no sábado, das 9h às 16h no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim, seguindo todas as normas de acordo com o último decreto em combate à Covid-19, com a disponibilização de álcool em gel, aferição de temperatura e limitação de visitantes.
Serviço
Mesa 3 – “Trabalho e pandemia: da exaustão à precariedade do trabalhador das artes”
Data: 08 de setembro
Horário: 19h
Palestrantes: Luciara Ribeiro (mediadora), Ana Mundin, Diego de Santos e Rafael Domingos.
Local: Canal da Secultfor na plataforma de vídeos YouTube