05 de novembro de 2018 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza inaugura base do Samu 192

A solenidade acontece nesta terça-feira, às 9h, no bairro Cajazeiras.


O prefeito em exercício Moroni Torgan inaugura nesta terça-feira (06/11), às 9h, mais uma base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A nova base, localizada na Regional VI, é a quarta entregue pela atual gestão. A solenidade também contará com a participação da secretária da Saúde, Joana Maciel, do coordenador dos hospitais e unidades especializadas, Romel Araújo, e do gerente do Samu Fortaleza, Frederico Arnaud.

Fortaleza conta com seis bases descentralizadas. Essa iniciativa garante a distribuição das ambulâncias em locais estratégicos da Cidade. O objetivo é diminuir o tempo resposta para os casos de emergência nos quais o Samu é acionado, tendo como consequência um atendimento mais imediato para a população.

A nova base do Samu ficará situada na Regional VI, área com grande demanda, sendo a segunda maior região com número de chamadas, cerca de 20%. O espaço contará com duas ambulâncias de suporte básico, uma ambulância de suporte avançado e duas motolâncias. De acordo com o gerente do Samu, Frederico Arnaud, a nova base otimiza a oferta das ambulâncias. “Buscamos, de forma contínua, alternativas e ações para fornecer um atendimento rápido, eficiente e de qualidade para os pacientes. A base é mais um investimento nesse sentido, que fortalece o serviço prestado pelo Samu”, destaca.

O Samu é um importante componente da rede de atendimento de urgência de Fortaleza. Deve ser acionado em situações, tais como: trauma em vítima de acidente de trânsito; choque elétrico; suspeita de infarto ou acidente vascular cerebral; intoxicação ou queimadura grave; urgência psiquiátrica; vítima inconsciente; agressão por arma de fogo ou arma branca; e outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso. Todas as chamadas passam pela análise de uma Central de Regulação Médica que classifica a gravidade do caso e determina a resposta mais adequada para cada paciente. O serviço funciona 24h por dia com equipes compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor de veículo de urgência.

Serviço
Inauguração da Base Descentralizada do Samu
Data: terça-feira (06/11)
Hora: 9h
Local: Rua dos Encontros, esquina com a Rua Brisa Leste – Cajazeiras

Prefeitura de Fortaleza inaugura base do Samu 192

A solenidade acontece nesta terça-feira, às 9h, no bairro Cajazeiras.

O prefeito em exercício Moroni Torgan inaugura nesta terça-feira (06/11), às 9h, mais uma base descentralizada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A nova base, localizada na Regional VI, é a quarta entregue pela atual gestão. A solenidade também contará com a participação da secretária da Saúde, Joana Maciel, do coordenador dos hospitais e unidades especializadas, Romel Araújo, e do gerente do Samu Fortaleza, Frederico Arnaud.

Fortaleza conta com seis bases descentralizadas. Essa iniciativa garante a distribuição das ambulâncias em locais estratégicos da Cidade. O objetivo é diminuir o tempo resposta para os casos de emergência nos quais o Samu é acionado, tendo como consequência um atendimento mais imediato para a população.

A nova base do Samu ficará situada na Regional VI, área com grande demanda, sendo a segunda maior região com número de chamadas, cerca de 20%. O espaço contará com duas ambulâncias de suporte básico, uma ambulância de suporte avançado e duas motolâncias. De acordo com o gerente do Samu, Frederico Arnaud, a nova base otimiza a oferta das ambulâncias. “Buscamos, de forma contínua, alternativas e ações para fornecer um atendimento rápido, eficiente e de qualidade para os pacientes. A base é mais um investimento nesse sentido, que fortalece o serviço prestado pelo Samu”, destaca.

O Samu é um importante componente da rede de atendimento de urgência de Fortaleza. Deve ser acionado em situações, tais como: trauma em vítima de acidente de trânsito; choque elétrico; suspeita de infarto ou acidente vascular cerebral; intoxicação ou queimadura grave; urgência psiquiátrica; vítima inconsciente; agressão por arma de fogo ou arma branca; e outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso. Todas as chamadas passam pela análise de uma Central de Regulação Médica que classifica a gravidade do caso e determina a resposta mais adequada para cada paciente. O serviço funciona 24h por dia com equipes compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor de veículo de urgência.

Serviço
Inauguração da Base Descentralizada do Samu
Data: terça-feira (06/11)
Hora: 9h
Local: Rua dos Encontros, esquina com a Rua Brisa Leste – Cajazeiras