15 de dezembro de 2021 em Juventude

Alunos do do Laboratório Criativo Experimental (LACRE) da Rede Cuca lançam a exposição “Costurando enquanto o tempo cai”

Os trabalhos ficaram expostos na Casa Barão de Camocim e o público pode conferir a exposição a partir desta quinta-feira (16/12)


Resultado de cinco meses de trabalho vivenciando processos de reflexão e experimentação, o Laboratório Criativo Experimental (LACRE) da Rede Cuca lança, nesta quarta-feira (15/12), a exposição “Costurando enquanto o tempo cai”, na Casa do Barão de Camocim, às 19h. A exposição fica aberta ao público de 16 de dezembro a 16 de janeiro de 2022.

O grupo composto por 10 jovens artistas de Fortaleza foi orientado pelo professor e multiartista Solon Ribeiro. O trabalho desenvolvido durante o LACRE traz um recorte de memórias afetivas que falam do tempo atual e é um convite ao debate a partir de diferentes linguagens como performance, fotografia, vídeo, pintura e desenho. 

A coordenadora de Formação e Tecnologia do Instituto Cuca, Zoraia Nunes, fala um pouco sobre o processo de criação que levou a escolha do nome da exposição. 

“Foi um processo de brainstorming mesmo, de jogar ideias, de palavras chaves, entendendo que o mais importante era se referir ao tempo atual. Falar desse tempo atual, do contemporâneo vivido e também fazer uma relação com vários trabalhos que têm essa perspectiva dessa costura, de variadas formas. Então, o nome da exposição surge de um processo de pensamento coletivo que leva em conta o tempo presente e que leva em conta a temática das obras”, explicou. 

Sobre o Lacre

O Laboratório Criativo (LACRE) da Rede Cuca foi elaborado com a meta de incentivar a criação e a pesquisa em artes visuais na cidade de Fortaleza, tendo como objetivo fornecer subsídios técnicos e teóricos para estimular a produção artística dos participantes por meio da apreciação, reflexão e produção.  

O LACRE surge com o desejo de ser um espaço de reflexão e produção, resultado de um mapeamento antropológico dos espaços periféricos da cidade de Fortaleza e da  construção de uma polifonia de conhecimentos e não apenas uma forma de produzir objetos. 

O objetivo do Laboratório Criativo (LACRE) é de acompanhar o processo de trabalho pessoal em desenvolvimento dos participantes, fomentando a pesquisa e o aprofundamento de temas que envolvem as linguagens das artes contemporâneas, visando propiciar aos participantes o aprimoramento profissional por meio de reflexões e ações de pesquisa.

 

Que sua produção seja o resultado de debates sobre raça, gênero e classe no sistema da arte, pautada por uma pedagogia do afeto, que modelam nossa compreensão e sensibilidade para uma ação afirmativa no mundo.

 

Serviço

Exposição “Costurando enquanto o tempo cai”

Onde: Casa do Barão de Camocim - Rua General Sampaio 1632, Centro;

Lançamento: 15/12 - às 19h;

Aberta ao público:  16/12 à 16/01/2022 - 10h às 17h (exceto feriados e recessos) 

 

Alunos do do Laboratório Criativo Experimental (LACRE) da Rede Cuca lançam a exposição “Costurando enquanto o tempo cai”

Os trabalhos ficaram expostos na Casa Barão de Camocim e o público pode conferir a exposição a partir desta quinta-feira (16/12)

Resultado de cinco meses de trabalho vivenciando processos de reflexão e experimentação, o Laboratório Criativo Experimental (LACRE) da Rede Cuca lança, nesta quarta-feira (15/12), a exposição “Costurando enquanto o tempo cai”, na Casa do Barão de Camocim, às 19h. A exposição fica aberta ao público de 16 de dezembro a 16 de janeiro de 2022.

O grupo composto por 10 jovens artistas de Fortaleza foi orientado pelo professor e multiartista Solon Ribeiro. O trabalho desenvolvido durante o LACRE traz um recorte de memórias afetivas que falam do tempo atual e é um convite ao debate a partir de diferentes linguagens como performance, fotografia, vídeo, pintura e desenho. 

A coordenadora de Formação e Tecnologia do Instituto Cuca, Zoraia Nunes, fala um pouco sobre o processo de criação que levou a escolha do nome da exposição. 

“Foi um processo de brainstorming mesmo, de jogar ideias, de palavras chaves, entendendo que o mais importante era se referir ao tempo atual. Falar desse tempo atual, do contemporâneo vivido e também fazer uma relação com vários trabalhos que têm essa perspectiva dessa costura, de variadas formas. Então, o nome da exposição surge de um processo de pensamento coletivo que leva em conta o tempo presente e que leva em conta a temática das obras”, explicou. 

Sobre o Lacre

O Laboratório Criativo (LACRE) da Rede Cuca foi elaborado com a meta de incentivar a criação e a pesquisa em artes visuais na cidade de Fortaleza, tendo como objetivo fornecer subsídios técnicos e teóricos para estimular a produção artística dos participantes por meio da apreciação, reflexão e produção.  

O LACRE surge com o desejo de ser um espaço de reflexão e produção, resultado de um mapeamento antropológico dos espaços periféricos da cidade de Fortaleza e da  construção de uma polifonia de conhecimentos e não apenas uma forma de produzir objetos. 

O objetivo do Laboratório Criativo (LACRE) é de acompanhar o processo de trabalho pessoal em desenvolvimento dos participantes, fomentando a pesquisa e o aprofundamento de temas que envolvem as linguagens das artes contemporâneas, visando propiciar aos participantes o aprimoramento profissional por meio de reflexões e ações de pesquisa.

 

Que sua produção seja o resultado de debates sobre raça, gênero e classe no sistema da arte, pautada por uma pedagogia do afeto, que modelam nossa compreensão e sensibilidade para uma ação afirmativa no mundo.

 

Serviço

Exposição “Costurando enquanto o tempo cai”

Onde: Casa do Barão de Camocim - Rua General Sampaio 1632, Centro;

Lançamento: 15/12 - às 19h;

Aberta ao público:  16/12 à 16/01/2022 - 10h às 17h (exceto feriados e recessos)