14 de dezembro de 2016 em Esporte e Lazer

Bicicletar completa dois anos e se consolida como meio de transporte e lazer

Capital conta com 80 estações, disponibilizando 800 bicicletas


Bicicletar
O sistema possui mais de 160 mil usuários cadastrados (Foto: Thiago Gaspar)

O sistema de bicicletas compartilhadas da Prefeitura de Fortaleza, o Bicicletar, completa dois anos de implantação nesta quinta-feira (15/12), consolidando-se como um meio de transporte seguro, rápido e que não polui o meio ambiente. Atualmente, a Cidade já conta com 80 estações, disponibilizando um total de 800 bicicletas compartilhadas.

Com início em 15 de dezembro de 2014, o sistema Bicicletar, que é patrocinado pela Unimed Fortaleza e tem como operadora e responsável pela manutenção técnica nos equipamentos a empresa Serttel, é avaliado e monitorado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT). O sistema surgiu como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da Cidade. O resultado positivo do Bicicletar também está ligado à acelerada expansão da malha cicloviária da Capital, que hoje conta com 192,4 quilômetros, sendo 90,9 quilômetros de ciclovias, 100,8 quilômetros de ciclofaixas e 0,7 quilômetro de ciclorrota.

Neste período, já foram realizadas mais de 1.300.000 viagens nas 80 estações. O sistema possui mais de 160 mil usuários cadastrados, sendo 87% desse total utilizando o Bilhete Único. Cada bicicleta é utilizada em média 5,3 vezes por dia, contabilizando em torno de 2.600 viagens diariamente, e quase 90% dos usuários avaliam o sistema como ótimo ou bom. Além disso, também deixaram de ser emitidas mais de 475 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas, já que esse seria o montante produzido caso essas viagens fossem realizadas por carros. O Bicicletar é o sistema mais utilizado do Brasil, considerando o número de viagens por bicicleta.

"O Bicicletar se consolidou como uma efetiva opção de deslocamentos de curta e media distância na Cidade. A grande maioria dos usuários é também usuária do Bilhete Único, comprovando o potencial de integração entre esses modais. O grande desafio para os próximos anos é expandir a rede de bicicletas compartilhadas para outras centralidades da Capital, mantendo as características técnicas que garantem o sucesso do sistema”, afirma o secretário executivo da SCSP, Luiz Alberto Saboia, que também é coordenador do PAITT,

Para fazer o cadastro, obter mais informações e conferir o mapa das estações, basta acessar: www.bicicletar.com.br.

 

Bicicletar completa dois anos e se consolida como meio de transporte e lazer

Capital conta com 80 estações, disponibilizando 800 bicicletas

Bicicletar
O sistema possui mais de 160 mil usuários cadastrados (Foto: Thiago Gaspar)

O sistema de bicicletas compartilhadas da Prefeitura de Fortaleza, o Bicicletar, completa dois anos de implantação nesta quinta-feira (15/12), consolidando-se como um meio de transporte seguro, rápido e que não polui o meio ambiente. Atualmente, a Cidade já conta com 80 estações, disponibilizando um total de 800 bicicletas compartilhadas.

Com início em 15 de dezembro de 2014, o sistema Bicicletar, que é patrocinado pela Unimed Fortaleza e tem como operadora e responsável pela manutenção técnica nos equipamentos a empresa Serttel, é avaliado e monitorado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT). O sistema surgiu como uma solução de transporte de pequeno percurso para facilitar o deslocamento das pessoas em Fortaleza, estando as estações distribuídas em pontos estratégicos da Cidade. O resultado positivo do Bicicletar também está ligado à acelerada expansão da malha cicloviária da Capital, que hoje conta com 192,4 quilômetros, sendo 90,9 quilômetros de ciclovias, 100,8 quilômetros de ciclofaixas e 0,7 quilômetro de ciclorrota.

Neste período, já foram realizadas mais de 1.300.000 viagens nas 80 estações. O sistema possui mais de 160 mil usuários cadastrados, sendo 87% desse total utilizando o Bilhete Único. Cada bicicleta é utilizada em média 5,3 vezes por dia, contabilizando em torno de 2.600 viagens diariamente, e quase 90% dos usuários avaliam o sistema como ótimo ou bom. Além disso, também deixaram de ser emitidas mais de 475 toneladas de gás carbônico na atmosfera com a utilização das bicicletas compartilhadas, já que esse seria o montante produzido caso essas viagens fossem realizadas por carros. O Bicicletar é o sistema mais utilizado do Brasil, considerando o número de viagens por bicicleta.

"O Bicicletar se consolidou como uma efetiva opção de deslocamentos de curta e media distância na Cidade. A grande maioria dos usuários é também usuária do Bilhete Único, comprovando o potencial de integração entre esses modais. O grande desafio para os próximos anos é expandir a rede de bicicletas compartilhadas para outras centralidades da Capital, mantendo as características técnicas que garantem o sucesso do sistema”, afirma o secretário executivo da SCSP, Luiz Alberto Saboia, que também é coordenador do PAITT,

Para fazer o cadastro, obter mais informações e conferir o mapa das estações, basta acessar: www.bicicletar.com.br.