23 de dezembro de 2020 em Mobilidade

Binários e faixas exclusivas ordenam o trânsito em mais de 50 bairros

Além dos novos sentidos em diversas vias, as ações integradas incluem sinalização, iluminação, calçadas prolongadas, redução do limite de velocidade, entre outras


cruzando na Avenida Duque de Caxias com faixa de pedestres transversais e carro passando em cima
Trinário da Avenida Duque de Caxias

A Prefeitura de Fortaleza implantou, de 2014 a 2020, 33 binários e 1 trinário em áreas estratégicas da Cidade. A iniciativa vem ordenando o fluxo de trânsito em todas as Regionais da Capital, otimizando a circulação viária, reduzindo o tempo de viagem do fortalezense e estabelecendo a harmonia entre os mais diversos modais de deslocamento.

Além dos novos sentidos em diversas vias, as ações integradas incluem sinalização, iluminação, calçadas prolongadas, redução do limite de velocidade, travessias elevadas, faixas em diagonal e infraestrutura cicloviária.

Mais de 116 km de faixas exclusivas de ônibus foram implantados, garantindo até 207% de ganho de velocidade operacional do transporte público, conforme registrado na Avenida Santos Dumont, por exemplo.

vista aérea da Avenida Santos Dumont com carros passando
Binário da Avenida Santos Dumont

“Por meio de uma estrutura de governança, estruturamos um plano para responder às insatisfações do cidadão que enfrentava engarrafamentos imensos ou que pedalava pela Cidade em uma jornada de perigo, sem qualquer atenção. Partindo de experiências-piloto, chegamos a indicadores expressivos”, explica o secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia.

Implantado em 2019, o trinário do Centro, incluindo a Av. Duque de Caxias e as ruas Meton de Alencar e Clarindo de Queiroz, vem beneficiando cerca de 180 mil usuários de transporte público, que circulam diariamente em 41 linhas de ônibus pela região.

Há sete anos, Karolina Sousa trabalha em uma banca de jornais na Praça do Carmo e destaca as mudanças observadas. "Aumentou muito o movimento. As calçadas estão mais largas e o pedestre caminha com mais segurança. Minha mãe é idosa e até para trazê-la aqui ficou melhor porque as calçadas têm rampas de acesso", disse.

Binários e faixas exclusivas ordenam o trânsito em mais de 50 bairros

Além dos novos sentidos em diversas vias, as ações integradas incluem sinalização, iluminação, calçadas prolongadas, redução do limite de velocidade, entre outras

cruzando na Avenida Duque de Caxias com faixa de pedestres transversais e carro passando em cima
Trinário da Avenida Duque de Caxias

A Prefeitura de Fortaleza implantou, de 2014 a 2020, 33 binários e 1 trinário em áreas estratégicas da Cidade. A iniciativa vem ordenando o fluxo de trânsito em todas as Regionais da Capital, otimizando a circulação viária, reduzindo o tempo de viagem do fortalezense e estabelecendo a harmonia entre os mais diversos modais de deslocamento.

Além dos novos sentidos em diversas vias, as ações integradas incluem sinalização, iluminação, calçadas prolongadas, redução do limite de velocidade, travessias elevadas, faixas em diagonal e infraestrutura cicloviária.

Mais de 116 km de faixas exclusivas de ônibus foram implantados, garantindo até 207% de ganho de velocidade operacional do transporte público, conforme registrado na Avenida Santos Dumont, por exemplo.

vista aérea da Avenida Santos Dumont com carros passando
Binário da Avenida Santos Dumont

“Por meio de uma estrutura de governança, estruturamos um plano para responder às insatisfações do cidadão que enfrentava engarrafamentos imensos ou que pedalava pela Cidade em uma jornada de perigo, sem qualquer atenção. Partindo de experiências-piloto, chegamos a indicadores expressivos”, explica o secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos, Luiz Alberto Sabóia.

Implantado em 2019, o trinário do Centro, incluindo a Av. Duque de Caxias e as ruas Meton de Alencar e Clarindo de Queiroz, vem beneficiando cerca de 180 mil usuários de transporte público, que circulam diariamente em 41 linhas de ônibus pela região.

Há sete anos, Karolina Sousa trabalha em uma banca de jornais na Praça do Carmo e destaca as mudanças observadas. "Aumentou muito o movimento. As calçadas estão mais largas e o pedestre caminha com mais segurança. Minha mãe é idosa e até para trazê-la aqui ficou melhor porque as calçadas têm rampas de acesso", disse.