26 de outubro de 2021 em Esporte e Lazer

Durante entrega da Areninha Alvorada, prefeito lança Novo Atleta Cidadão, que está sendo ampliado e passa a ter artes marciais

Ao todo, 10.600 crianças e jovens de 8 a 29 anos serão contemplados. Nesta edição, passam a ser ofertadas oito modalidades de artes marciais, com incremento de 1.600 beneficiados


prefeito cumprimenta crianças na areninha
"Até o fim do meu mandato, meu desejo é de que sejamos reconhecidos como a maior Capital do esporte no Brasil", projetou Sarto (Fotos: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (26/10), a Areninha Alvorada, a quinta entregue neste ano. Durante o evento, o prefeito José Sarto lançou o novo Atleta Cidadão, que terá agora o Atleta Cidadão Lutas. O projeto contará com oito novas modalidades na categoria artes marciais e um aumento de 20% no total de beneficiados. O investimento total é de R$ 6,1 milhões e serão contemplados 10.600 crianças e jovens de 8 a 29 anos.

O prefeito Sarto destacou que o programa Atleta Cidadão tem o objetivo de estimular a convivência social e a formação cidadã. Ao todo, são 150 núcleos esportivos instalados em Areninhas, praças, equipamentos de esporte e lazer e associações da Capital.

"É um equipamento que promove a inclusão social. Observei a demonstração das artes marciais, que ensina a competir com respeito, aprender a perder, aprender a jogar em equipe, isso é um aprendizado para a vida. Nós, com o mesmo recurso, estamos fazendo uma ampliação dos beneficiários do programa e vamos atingir 10.600 atletas. Com todo esse trabalho, Fortaleza está sendo referencial para o Brasil nas políticas públicas para juventude, esporte e lazer. Até o fim do meu mandato, meu desejo é de que sejamos reconhecidos como a maior Capital do esporte no Brasil", projetou Sarto.

Os núcleos do projeto são implantados preferencialmente em comunidades de maior vulnerabilidade. São oferecidas 16 modalidades no total: oito na categoria geral (futebol, futsal, voleibol, basquete, duathlon, beach soccer, atletismo e natação) e oito na categoria artes marciais (boxe, capoeira, jiu-jitsu, karatê, kickboxing, muay thai, judô e luta olímpica). O Atleta Cidadão Lutas irá beneficiar 1.600 crianças e jovens em 40 núcleos.

"Realizamos uma mudança na gestão de pessoal e de recursos e conseguimos criar o projeto Atleta Cidadão Lutas, totalmente voltado para as modalidades de artes marciais. Dessa forma, pudemos ter mais modalidades, mais profissionais e também conseguimos ampliar o número de beneficiados", destacou Ozires Pontes, titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel).

Ainda de acordo com ele, nenhum estado brasileiro oferece a quantidade de Areninhas que Fortaleza possui, o que está levando gestores de outros estados a procurar a Capital para reproduzir a iniciativa.

"Isso mudou a vida das famílias, não só a dos jovens que praticam o esporte. Muitas coisas são agregadas, como o comércio, urbanização, lazer, os projetos sociais, como o Atleta Cidadão. Considero uma das maiores políticas públicas de Fortaleza", frisou.

roda de capoeira
A capoeira é uma das oito categorias incluídas no Atleta Cidadão Lutas

O neto de Ângela Paula de Abreu, João Pablo de Abreu Mendes, 8 anos, é uma das crianças beneficiadas pelo programa. "É muito importante ter um lugar desse na comunidade, é um esporte pra criança, tá tirando a criança da rua e ocupa a mente da criança e dos jovens. Meu neto adora, quando ele chega do colégio a primeira coisa que fala é que quer ir pro treino", comentou a moradora.

Para seguir os protocolos de atendimento, foram investidos R$ 250 mil em insumos de combate ao Covid-19.

O Atleta Cidadão e Atleta Cidadão Lutas conta com 241 profissionais e é realizado em parceria com a Federação de Triathon do Estado do Ceará (Fetriece), que venceu o chamamento público.

A Prefeitura, por meio da Secel, também irá oferecer, a partir de novembro, bolsas para atletas por meio do projeto Bolsa Esporte. O programa irá oferecer 700 bolsas de R$ 300 para a categoria iniciante; 300 bolsas de R$ 600 para a categoria intermediário; e 75 bolsas de R$ 1.200 para a categoria avançado. Serão distribuídas ainda 80 bolsas de R$ 400 na categoria técnico intermediário e 20 bolsas de R$ 800 na categoria técnico avançado.

Areninha Alvorada

Com a inauguração da Areninha Alvorada, Fortaleza totaliza 83 equipamentos do tipo. Com investimento de R$ 1,2 milhão, o espaço conta com 3.959 m2 de campo em grama sintética, duas arquibancadas, dois vestiários, passeio com intertravado, bicicletário, paisagismo, acessibilidade, mobiliários urbanos, acesso para ambulância e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O espaço também tem um Núcleo do Atleta Cidadão.

O projeto Areninhas foi iniciado pela Prefeitura de Fortaleza em 2014 e está requalificando campos de futebol em bairros com alto índice de vulnerabilidade social. O objetivo é entregar à população equipamentos esportivos de qualidade, onde a comunidade possa, além de praticar atividade física, ter um espaço seguro de convivência, lazer e formação cidadã.

Durante entrega da Areninha Alvorada, prefeito lança Novo Atleta Cidadão, que está sendo ampliado e passa a ter artes marciais

Ao todo, 10.600 crianças e jovens de 8 a 29 anos serão contemplados. Nesta edição, passam a ser ofertadas oito modalidades de artes marciais, com incremento de 1.600 beneficiados

prefeito cumprimenta crianças na areninha
"Até o fim do meu mandato, meu desejo é de que sejamos reconhecidos como a maior Capital do esporte no Brasil", projetou Sarto (Fotos: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, nesta terça-feira (26/10), a Areninha Alvorada, a quinta entregue neste ano. Durante o evento, o prefeito José Sarto lançou o novo Atleta Cidadão, que terá agora o Atleta Cidadão Lutas. O projeto contará com oito novas modalidades na categoria artes marciais e um aumento de 20% no total de beneficiados. O investimento total é de R$ 6,1 milhões e serão contemplados 10.600 crianças e jovens de 8 a 29 anos.

O prefeito Sarto destacou que o programa Atleta Cidadão tem o objetivo de estimular a convivência social e a formação cidadã. Ao todo, são 150 núcleos esportivos instalados em Areninhas, praças, equipamentos de esporte e lazer e associações da Capital.

"É um equipamento que promove a inclusão social. Observei a demonstração das artes marciais, que ensina a competir com respeito, aprender a perder, aprender a jogar em equipe, isso é um aprendizado para a vida. Nós, com o mesmo recurso, estamos fazendo uma ampliação dos beneficiários do programa e vamos atingir 10.600 atletas. Com todo esse trabalho, Fortaleza está sendo referencial para o Brasil nas políticas públicas para juventude, esporte e lazer. Até o fim do meu mandato, meu desejo é de que sejamos reconhecidos como a maior Capital do esporte no Brasil", projetou Sarto.

Os núcleos do projeto são implantados preferencialmente em comunidades de maior vulnerabilidade. São oferecidas 16 modalidades no total: oito na categoria geral (futebol, futsal, voleibol, basquete, duathlon, beach soccer, atletismo e natação) e oito na categoria artes marciais (boxe, capoeira, jiu-jitsu, karatê, kickboxing, muay thai, judô e luta olímpica). O Atleta Cidadão Lutas irá beneficiar 1.600 crianças e jovens em 40 núcleos.

"Realizamos uma mudança na gestão de pessoal e de recursos e conseguimos criar o projeto Atleta Cidadão Lutas, totalmente voltado para as modalidades de artes marciais. Dessa forma, pudemos ter mais modalidades, mais profissionais e também conseguimos ampliar o número de beneficiados", destacou Ozires Pontes, titular da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel).

Ainda de acordo com ele, nenhum estado brasileiro oferece a quantidade de Areninhas que Fortaleza possui, o que está levando gestores de outros estados a procurar a Capital para reproduzir a iniciativa.

"Isso mudou a vida das famílias, não só a dos jovens que praticam o esporte. Muitas coisas são agregadas, como o comércio, urbanização, lazer, os projetos sociais, como o Atleta Cidadão. Considero uma das maiores políticas públicas de Fortaleza", frisou.

roda de capoeira
A capoeira é uma das oito categorias incluídas no Atleta Cidadão Lutas

O neto de Ângela Paula de Abreu, João Pablo de Abreu Mendes, 8 anos, é uma das crianças beneficiadas pelo programa. "É muito importante ter um lugar desse na comunidade, é um esporte pra criança, tá tirando a criança da rua e ocupa a mente da criança e dos jovens. Meu neto adora, quando ele chega do colégio a primeira coisa que fala é que quer ir pro treino", comentou a moradora.

Para seguir os protocolos de atendimento, foram investidos R$ 250 mil em insumos de combate ao Covid-19.

O Atleta Cidadão e Atleta Cidadão Lutas conta com 241 profissionais e é realizado em parceria com a Federação de Triathon do Estado do Ceará (Fetriece), que venceu o chamamento público.

A Prefeitura, por meio da Secel, também irá oferecer, a partir de novembro, bolsas para atletas por meio do projeto Bolsa Esporte. O programa irá oferecer 700 bolsas de R$ 300 para a categoria iniciante; 300 bolsas de R$ 600 para a categoria intermediário; e 75 bolsas de R$ 1.200 para a categoria avançado. Serão distribuídas ainda 80 bolsas de R$ 400 na categoria técnico intermediário e 20 bolsas de R$ 800 na categoria técnico avançado.

Areninha Alvorada

Com a inauguração da Areninha Alvorada, Fortaleza totaliza 83 equipamentos do tipo. Com investimento de R$ 1,2 milhão, o espaço conta com 3.959 m2 de campo em grama sintética, duas arquibancadas, dois vestiários, passeio com intertravado, bicicletário, paisagismo, acessibilidade, mobiliários urbanos, acesso para ambulância e Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O espaço também tem um Núcleo do Atleta Cidadão.

O projeto Areninhas foi iniciado pela Prefeitura de Fortaleza em 2014 e está requalificando campos de futebol em bairros com alto índice de vulnerabilidade social. O objetivo é entregar à população equipamentos esportivos de qualidade, onde a comunidade possa, além de praticar atividade física, ter um espaço seguro de convivência, lazer e formação cidadã.