10 de julho de 2019 em Esporte e Lazer

Irmãos do Projeto Atleta Cidadão da Prefeitura disputam campeonato nacional de karatê em São Paulo

Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim há cinco anos


dois meninos com roupa de karatê posam para a foto
Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim do Atleta Cidadão há cinco anos

Os irmãos Thiago e Felipe Nogueira Martins da Rocha, de 17 e 15 anos, respectivamente, disputarão, nos dias 13 e 14 de julho, do 2º Campeonato Nacional Karatê Unificado, que será realizado em São Paulo. A convocação da dupla, que participa do Programa Atleta Cidadão da Prefeitura de Fortaleza, é resultado do desempenho de ambos em competições locais e regionais nos últimos anos.

Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim do Atleta Cidadão há cinco anos. Nesse período, eles se destacaram em torneios como Copa Pacajus, Copa do BNB e Brasileiro Norte e Nordeste, disputado em Belém (PA) em 2017. No último mês de junho, os irmãos trouxeram nove medalhas de ouro e uma de prata do Campeonato Norte-Nordeste de Karate-Dô Tradicional, em São Luís (MA).

A mãe dos meninos, Cristina Budok, explica que o karatê tem mudado a realidade dos seus filhos e de tantas outras crianças e adolescentes do bairro Mondubim. “No tatame e com os professores, eles aprendem valores como respeito, educação e disciplina. E, como moramos em um bairro perigoso, se não fosse o karatê, os meninos ficariam dentro de casa ou sairiam de casa para escola e só. Foi no esporte, que eles fizeram amizades e aprenderam tantas coisas boas”, afirma.

A expectativa para o campeonato em São Paulo está grande e, além de buscar patrocínio, Cristina procura outras fontes de renda extra para custear a participação de Thiago e Felipe. “Eu faço de tudo, vendo tapioca, faço bolos e realizo bazar aqui em casa”, conta.

Para o secretário de esporte, Ronaldo Martins, é uma inspiração ver os irmãos construindo uma nova história pelo esporte. “O Atleta Cidadão possibilita que os meninos e tantas outras crianças possam ter novas oportunidades, conheçam mais sobre o esporte e o lazer e façam boas amizades. Quem sabe se alguns deles não vão se transformar em atletas profissionais e seguir carreira. De toda forma, o esporte está aí para mostrar que é uma ferramenta única e essencial na vida das crianças e jovens”, diz.

Atualmente, o Programa Atleta Cidadão conta com 17 modalidades e atende mais de 5 mil crianças, ofertando esporte e lazer de maneira totalmente gratuita.

Irmãos do Projeto Atleta Cidadão da Prefeitura disputam campeonato nacional de karatê em São Paulo

Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim há cinco anos

dois meninos com roupa de karatê posam para a foto
Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim do Atleta Cidadão há cinco anos

Os irmãos Thiago e Felipe Nogueira Martins da Rocha, de 17 e 15 anos, respectivamente, disputarão, nos dias 13 e 14 de julho, do 2º Campeonato Nacional Karatê Unificado, que será realizado em São Paulo. A convocação da dupla, que participa do Programa Atleta Cidadão da Prefeitura de Fortaleza, é resultado do desempenho de ambos em competições locais e regionais nos últimos anos.

Thiago e Felipe treinam no núcleo Cuca Mondubim do Atleta Cidadão há cinco anos. Nesse período, eles se destacaram em torneios como Copa Pacajus, Copa do BNB e Brasileiro Norte e Nordeste, disputado em Belém (PA) em 2017. No último mês de junho, os irmãos trouxeram nove medalhas de ouro e uma de prata do Campeonato Norte-Nordeste de Karate-Dô Tradicional, em São Luís (MA).

A mãe dos meninos, Cristina Budok, explica que o karatê tem mudado a realidade dos seus filhos e de tantas outras crianças e adolescentes do bairro Mondubim. “No tatame e com os professores, eles aprendem valores como respeito, educação e disciplina. E, como moramos em um bairro perigoso, se não fosse o karatê, os meninos ficariam dentro de casa ou sairiam de casa para escola e só. Foi no esporte, que eles fizeram amizades e aprenderam tantas coisas boas”, afirma.

A expectativa para o campeonato em São Paulo está grande e, além de buscar patrocínio, Cristina procura outras fontes de renda extra para custear a participação de Thiago e Felipe. “Eu faço de tudo, vendo tapioca, faço bolos e realizo bazar aqui em casa”, conta.

Para o secretário de esporte, Ronaldo Martins, é uma inspiração ver os irmãos construindo uma nova história pelo esporte. “O Atleta Cidadão possibilita que os meninos e tantas outras crianças possam ter novas oportunidades, conheçam mais sobre o esporte e o lazer e façam boas amizades. Quem sabe se alguns deles não vão se transformar em atletas profissionais e seguir carreira. De toda forma, o esporte está aí para mostrar que é uma ferramenta única e essencial na vida das crianças e jovens”, diz.

Atualmente, o Programa Atleta Cidadão conta com 17 modalidades e atende mais de 5 mil crianças, ofertando esporte e lazer de maneira totalmente gratuita.