22 de dezembro de 2017 em Juventude

Jovens da Rede Cuca são premiados em concurso internacional de curtas-metragens

No total, 11 vídeos da Rede Cuca concorreram à premiação


f
Cena do curta Colorida Heppydemia, segundo colocado no concurso

Alunos da Rede Cuca foram premiados no concurso de curtas-metragens da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, neste mês. Jovens da área de Audiovisual e Comunicação participaram do concurso. No total, 11 projetos concorreram, envolvendo a atuação de aproximadamente 50 jovens.

Os projetos “Sou Puta”, “Colorida Heppydemia” e “Não Me Impeça de Sonhar” foram premiados em primeiro (R$ 800,00), segundo (R$ 400,00) e terceiro lugar (R$ 200,00), respectivamente. Os trabalhos foram julgados usando os critérios de criatividade, qualidade de produção e impacto emocional e social.

Os curtas foram avaliados por um comitê composto por seis profissionais de diversas faixas etárias e atuantes nas áreas de Comunicação e Ciências Sociais, nos Estados Unidos. O processo de inscrição aconteceu em novembro deste ano, e o resultado foi divulgado neste mês. Além disso, todos os projetos foram exibidos no Simpósio Tinker do Centro de Estudos Latino Americanos (LAS), que ocorreu no mês de novembro.

Os jovens premiados foram Bruna Santiago, Iago da Rocha e Rodrigo Celestino em primeiro lugar. Na segunda colocação, Francisco Maycon, Priscila Lima, Erdson Lima e Odilon Júnior e em terceiro lugar, foram premiados Alana Lima, Bruno Wesley, Eli Sousa e Ale Oliveira.

Saiba mais
A Rede Cuca oferta formações na área de audiovisual e comunicação para que os jovens se tornem ainda mais preparados para a realização de produções. Das propostas enviadas para a seleção, os alunos desenvolveram o roteiro, realizaram a filmagem e edição, além de terem criado a discussão conceitual de cada curta.

Jovens da Rede Cuca são premiados em concurso internacional de curtas-metragens

No total, 11 vídeos da Rede Cuca concorreram à premiação

f
Cena do curta Colorida Heppydemia, segundo colocado no concurso

Alunos da Rede Cuca foram premiados no concurso de curtas-metragens da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, neste mês. Jovens da área de Audiovisual e Comunicação participaram do concurso. No total, 11 projetos concorreram, envolvendo a atuação de aproximadamente 50 jovens.

Os projetos “Sou Puta”, “Colorida Heppydemia” e “Não Me Impeça de Sonhar” foram premiados em primeiro (R$ 800,00), segundo (R$ 400,00) e terceiro lugar (R$ 200,00), respectivamente. Os trabalhos foram julgados usando os critérios de criatividade, qualidade de produção e impacto emocional e social.

Os curtas foram avaliados por um comitê composto por seis profissionais de diversas faixas etárias e atuantes nas áreas de Comunicação e Ciências Sociais, nos Estados Unidos. O processo de inscrição aconteceu em novembro deste ano, e o resultado foi divulgado neste mês. Além disso, todos os projetos foram exibidos no Simpósio Tinker do Centro de Estudos Latino Americanos (LAS), que ocorreu no mês de novembro.

Os jovens premiados foram Bruna Santiago, Iago da Rocha e Rodrigo Celestino em primeiro lugar. Na segunda colocação, Francisco Maycon, Priscila Lima, Erdson Lima e Odilon Júnior e em terceiro lugar, foram premiados Alana Lima, Bruno Wesley, Eli Sousa e Ale Oliveira.

Saiba mais
A Rede Cuca oferta formações na área de audiovisual e comunicação para que os jovens se tornem ainda mais preparados para a realização de produções. Das propostas enviadas para a seleção, os alunos desenvolveram o roteiro, realizaram a filmagem e edição, além de terem criado a discussão conceitual de cada curta.