09 de março de 2017 em Mobilidade

Prefeito Roberto Cláudio anuncia pacote de melhorias para uso de carros compartilhados

Além da redução das tarifas, duas novas estações foram inauguradas em Fortaleza


Estação
Fortaleza conta com dez estações e 20 veículos 100% elétricos (Foto: Marcos Moura)

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, nesta quinta–feira (09/03), um pacote de medidas para estimular o uso dos Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), em Fortaleza. Além disso, o prefeito assinou um Convênio de Cooperação Técnica entre a Prefeitura, a Universidade de Fortaleza (Unifor) e a Enel Distribuição Ceará (Enel) para um Centro de Pesquisa em Mobilidade Elétrica.

O Pacote VAMO 2017 inclui parcerias com estabelecimentos públicos e privados para a criação de, inicialmente, 10 locais que ofertarão vagas para os veículos elétricos. A partir do dia 20 de março, inicia-se, também, a redução das tarifas para o uso dos veículos. O preço vai sair de R$ 20 para R$ 15 por 30 minutos. Outra ação de incentivo é a criação da função “Carona” no app do VAMO para incentivar o compartilhamento dos carros entre os moradores da Cidade. Na ocasião, foi inaugurada uma nova estação dos veículos elétricos, localizada ao lado da Unifor, na Avenida Valmir Pontes. Outra unidade foi entregue no Bairro Parangaba. Agora, Fortaleza conta com dez estações e 20 veículos 100% elétricos.

No mesmo evento, o prefeito Roberto Cláudio participou da inauguração do Laboratório de Pesquisa e Inovação em Cidades (LAPIN) e assinou o termo de cooperação para a criação do Centro de Pesquisa em Mobilidade Elétrica (CPqMEL). O objetivo do CPqMEL é desenvolver modelos de negócios para aplicações nas instituições públicas e privadas e disseminar o uso da mobilidade elétrica para a população, levando em consideração os impactos sociais e ambientais na Cidade. “O uso dos carros elétricos é uma ação inovadora no País e estamos aprimorando. O laboratório, além de entender o funcionamento dos carros elétricos, vai estudar a possibilidade de ampliarmos essas ações para ônibus elétricos e táxis elétricos. É um laboratório para produzir conhecimento prático que melhore o dia a dia da Cidade”, explicou o prefeito.

Outros aplicativos estão sendo desenvolvidos no LAPIN com o objetivo de trazer economia ao cidadão e melhorias ao meio ambiente. Entre eles, a produção do “Minha Bike”, que vai mostrar ao ciclista onde existem bicicletas compartilhadas, as melhores rotas para seguir, o tempo da viagem e nível de segurança do trajeto. O aplicativo deve ser lançado ainda no primeiro semestre de 2017.

Prefeito Roberto Cláudio anuncia pacote de melhorias para uso de carros compartilhados

Além da redução das tarifas, duas novas estações foram inauguradas em Fortaleza

Estação
Fortaleza conta com dez estações e 20 veículos 100% elétricos (Foto: Marcos Moura)

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, nesta quinta–feira (09/03), um pacote de medidas para estimular o uso dos Veículos Alternativos para Mobilidade (VAMO), em Fortaleza. Além disso, o prefeito assinou um Convênio de Cooperação Técnica entre a Prefeitura, a Universidade de Fortaleza (Unifor) e a Enel Distribuição Ceará (Enel) para um Centro de Pesquisa em Mobilidade Elétrica.

O Pacote VAMO 2017 inclui parcerias com estabelecimentos públicos e privados para a criação de, inicialmente, 10 locais que ofertarão vagas para os veículos elétricos. A partir do dia 20 de março, inicia-se, também, a redução das tarifas para o uso dos veículos. O preço vai sair de R$ 20 para R$ 15 por 30 minutos. Outra ação de incentivo é a criação da função “Carona” no app do VAMO para incentivar o compartilhamento dos carros entre os moradores da Cidade. Na ocasião, foi inaugurada uma nova estação dos veículos elétricos, localizada ao lado da Unifor, na Avenida Valmir Pontes. Outra unidade foi entregue no Bairro Parangaba. Agora, Fortaleza conta com dez estações e 20 veículos 100% elétricos.

No mesmo evento, o prefeito Roberto Cláudio participou da inauguração do Laboratório de Pesquisa e Inovação em Cidades (LAPIN) e assinou o termo de cooperação para a criação do Centro de Pesquisa em Mobilidade Elétrica (CPqMEL). O objetivo do CPqMEL é desenvolver modelos de negócios para aplicações nas instituições públicas e privadas e disseminar o uso da mobilidade elétrica para a população, levando em consideração os impactos sociais e ambientais na Cidade. “O uso dos carros elétricos é uma ação inovadora no País e estamos aprimorando. O laboratório, além de entender o funcionamento dos carros elétricos, vai estudar a possibilidade de ampliarmos essas ações para ônibus elétricos e táxis elétricos. É um laboratório para produzir conhecimento prático que melhore o dia a dia da Cidade”, explicou o prefeito.

Outros aplicativos estão sendo desenvolvidos no LAPIN com o objetivo de trazer economia ao cidadão e melhorias ao meio ambiente. Entre eles, a produção do “Minha Bike”, que vai mostrar ao ciclista onde existem bicicletas compartilhadas, as melhores rotas para seguir, o tempo da viagem e nível de segurança do trajeto. O aplicativo deve ser lançado ainda no primeiro semestre de 2017.