14 de julho de 2017 em Saúde

Prefeito Roberto Cláudio anuncia reforço e metas para a Rede Municipal de Saúde

Gestor empossou membros da diretoria de hospitais do Município


Posse
Foram apresentados profissionais que compõem a diretoria dos hospitais da Rede Municipal (Foto: Queiroz Netto)

O prefeito Roberto Cláudio empossou, na manhã desta sexta-feira (14/07), os novos diretores executivos dos hospitais da Rede Municipal em solenidade no Paço Municipal. A cerimônia apresentou os diretores dos Gonzaguinhas de Messejana, Barra do Ceará e José Walter; dos Frotinhas de Messejana, Antônio Bezerra e Parangaba; do Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição e do Hospital e Maternidade Dra Zilda Arns; e do Centro de Assistência à Criança Lúcia de Fátima (CROA). Foram apresentados também os demais profissionais que compõem a diretoria destas unidades, assim como os diretores do Instituto Dr José Frota (IJF), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (CEMJA).

A rede secundária ganha reforço e metas com a posse da nova diretoria. “Ainda neste ano, iniciaremos a reforma do Frotinha da Parangaba. Ano que vem, teremos a entrega do IJF 2 e da ampliação do Hospital Zilda Arns. Mas até o fim da gestão, os dez hospitais de Fortaleza irão passar pelo processo de reforma e expansão da Rede”, afirmou o Prefeito. 

Durante a solenidade, o Prefeito estabeleceu três metas para a Rede de Atendimento Secundário. A primeira delas é traçar um diagnóstico de cada unidade para otimizar a gestão e humanizar o atendimento. A segunda orientação diz respeito às reformas e ampliações das unidades. Já a terceira trata do processo de acreditação do IJF e do Hospital e Maternidade Dra Zilda Arns. “Com a acreditação dessas unidades, teremos mais investimento nos equipamentos, em recursos humanos e em insumos, mas para isso precisamos resignificar o atendimento e integrar todas as unidades hospitalares e temos um time de diretores excelente para isso acontecer”, explicou a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Na primeira gestão de Roberto Cláudio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realizou uma série de ações para melhorar a atenção primária na Capital. De acordo com o gestor, nos quatro primeiros anos, 27% do orçamento do Município foram destinados ao setor.

Prefeito Roberto Cláudio anuncia reforço e metas para a Rede Municipal de Saúde

Gestor empossou membros da diretoria de hospitais do Município

Posse
Foram apresentados profissionais que compõem a diretoria dos hospitais da Rede Municipal (Foto: Queiroz Netto)

O prefeito Roberto Cláudio empossou, na manhã desta sexta-feira (14/07), os novos diretores executivos dos hospitais da Rede Municipal em solenidade no Paço Municipal. A cerimônia apresentou os diretores dos Gonzaguinhas de Messejana, Barra do Ceará e José Walter; dos Frotinhas de Messejana, Antônio Bezerra e Parangaba; do Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição e do Hospital e Maternidade Dra Zilda Arns; e do Centro de Assistência à Criança Lúcia de Fátima (CROA). Foram apresentados também os demais profissionais que compõem a diretoria destas unidades, assim como os diretores do Instituto Dr José Frota (IJF), do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Centro de Especialidades Médicas José de Alencar (CEMJA).

A rede secundária ganha reforço e metas com a posse da nova diretoria. “Ainda neste ano, iniciaremos a reforma do Frotinha da Parangaba. Ano que vem, teremos a entrega do IJF 2 e da ampliação do Hospital Zilda Arns. Mas até o fim da gestão, os dez hospitais de Fortaleza irão passar pelo processo de reforma e expansão da Rede”, afirmou o Prefeito. 

Durante a solenidade, o Prefeito estabeleceu três metas para a Rede de Atendimento Secundário. A primeira delas é traçar um diagnóstico de cada unidade para otimizar a gestão e humanizar o atendimento. A segunda orientação diz respeito às reformas e ampliações das unidades. Já a terceira trata do processo de acreditação do IJF e do Hospital e Maternidade Dra Zilda Arns. “Com a acreditação dessas unidades, teremos mais investimento nos equipamentos, em recursos humanos e em insumos, mas para isso precisamos resignificar o atendimento e integrar todas as unidades hospitalares e temos um time de diretores excelente para isso acontecer”, explicou a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Na primeira gestão de Roberto Cláudio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), realizou uma série de ações para melhorar a atenção primária na Capital. De acordo com o gestor, nos quatro primeiros anos, 27% do orçamento do Município foram destinados ao setor.