09 de agosto de 2019 em Educação

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para novo CEI no Edson Queiroz

O equipamento faz parte do Proinfância e conta com investimento total de R$ 2.504.036,62


Prefeito falando em palco ao lado de pessoas e público embaixo assistindo
Para Roberto Cláudio, novas unidades de creches são essenciais para proteger a primeira infância, ainda mais em locais com uma realidade social desafiadora como na comunidade Edson Queiroz
O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta sexta-feira (09/08), a ordem de serviço para a construção de um novo Centro de Educação Infantil do bairro Edson Queiroz (Distrito de Educação II). O equipamento faz parte do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância) e conta com investimento total de R$ 2.504.036,62, sendo R$ 635.321,01 oriundos do Município.

A unidade, que atenderá cerca de 200 crianças do bairro Edson Queiroz e adjacências, contará com salas de aula, banheiros com acessibilidade, cozinha, refeitório, despensa, lavanderia com depósito para material de limpeza, fraldário, lactário, secretaria, coordenação, sala de professores, entre outros espaços. O projeto contempla, ainda, brinquedoteca (sala multiuso), área de lazer com playground e solarium.

Para o prefeito Roberto Cláudio, novas unidades de creches são essenciais para proteger a primeira infância, ainda mais em locais com uma realidade social desafiadora como na comunidade Edson Queiroz. “Uma criança que passa por um CEI de tempo integral vai ser alfabetizada na idade certa, vai ter menos chances de abandonar o Ensino Médio e terá maior possibilidade de ser um adulto com vidas familiar e profissional equilibradas”, destacou.

O Gestor ressalta também que Fortaleza é a capital brasileira que mais abriu vagas públicas de creche, com professores e pedagogos concursados e estrutura própria do Município. “Abrimos mais que o dobro das vagas que existiam antes de assumirmos a Prefeitura. Até o final de 2020, 36 novos CEIs devem ser entregues também nas áreas mais vulneráveis”, disse.

O secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, afirma que em Fortaleza se vive uma revolução na educação, a começar pela Educação Infantil, por meio de profissionais que trabalham continuamente para fazer com que a política possa trazer cada vez mais benefícios para a população. “A gente atesta que se trata de um equipamento de ponta, com todo o conforto e segurança para as crianças, além das melhores condições de trabalho que podemos ofertar para os profissionais qualificados”, ressalta.

A auxiliar de produção Danielle Evangelista, moradora do bairro há 18 anos, é mãe da pequena Bruna Vitória, de 1 ano. Para ela, a construção do CEI chegou na hora certa. “É a melhor coisa que aconteceu, vai ajudar muito as mães não só para que a gente possa trabalhar, mas também estimular a criança. Ela estudando, lá na frente vai querer ser alguém na vida", pontuou.

Mais informações

Entre equipamentos construídos, reformados, municipalizados e parcerias, a Prefeitura de Fortaleza chega a 117 unidades de Educação Infantil entregues à população na gestão do prefeito Roberto Cláudio. Só em 2017 e 2018, foram inaugurados 19 novos CEIs.

Em 2019, a Rede Municipal de Ensino passa a contar com 160 Centros de Educação Infantil, mais 95 creches parceiras, totalizando 255 equipamentos atendendo às famílias fortalezenses. Além disso, Fortaleza também possui 145 escolas municipais com turmas de pré-escola.

Censo

A Rede de Ensino segue com as atividades escolares em 573 unidades, atendendo mais de 221 mil estudantes do Infantil I ao 9º ano e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Reconhecida como a quarta maior rede do Brasil em número de matrículas no Censo Escolar da Educação Básica 2018, Fortaleza também é destaque em inclusão, sendo a terceira maior rede do País e a primeira do Norte e Nordeste em Educação Inclusiva. O estudo aponta ainda que a Capital é a primeira do Brasil em ampliação de matrículas na Educação Infantil, e primeira do Norte e Nordeste em matrículas na etapa creche.

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para novo CEI no Edson Queiroz

O equipamento faz parte do Proinfância e conta com investimento total de R$ 2.504.036,62

Prefeito falando em palco ao lado de pessoas e público embaixo assistindo
Para Roberto Cláudio, novas unidades de creches são essenciais para proteger a primeira infância, ainda mais em locais com uma realidade social desafiadora como na comunidade Edson Queiroz
O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta sexta-feira (09/08), a ordem de serviço para a construção de um novo Centro de Educação Infantil do bairro Edson Queiroz (Distrito de Educação II). O equipamento faz parte do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância) e conta com investimento total de R$ 2.504.036,62, sendo R$ 635.321,01 oriundos do Município.

A unidade, que atenderá cerca de 200 crianças do bairro Edson Queiroz e adjacências, contará com salas de aula, banheiros com acessibilidade, cozinha, refeitório, despensa, lavanderia com depósito para material de limpeza, fraldário, lactário, secretaria, coordenação, sala de professores, entre outros espaços. O projeto contempla, ainda, brinquedoteca (sala multiuso), área de lazer com playground e solarium.

Para o prefeito Roberto Cláudio, novas unidades de creches são essenciais para proteger a primeira infância, ainda mais em locais com uma realidade social desafiadora como na comunidade Edson Queiroz. “Uma criança que passa por um CEI de tempo integral vai ser alfabetizada na idade certa, vai ter menos chances de abandonar o Ensino Médio e terá maior possibilidade de ser um adulto com vidas familiar e profissional equilibradas”, destacou.

O Gestor ressalta também que Fortaleza é a capital brasileira que mais abriu vagas públicas de creche, com professores e pedagogos concursados e estrutura própria do Município. “Abrimos mais que o dobro das vagas que existiam antes de assumirmos a Prefeitura. Até o final de 2020, 36 novos CEIs devem ser entregues também nas áreas mais vulneráveis”, disse.

O secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, afirma que em Fortaleza se vive uma revolução na educação, a começar pela Educação Infantil, por meio de profissionais que trabalham continuamente para fazer com que a política possa trazer cada vez mais benefícios para a população. “A gente atesta que se trata de um equipamento de ponta, com todo o conforto e segurança para as crianças, além das melhores condições de trabalho que podemos ofertar para os profissionais qualificados”, ressalta.

A auxiliar de produção Danielle Evangelista, moradora do bairro há 18 anos, é mãe da pequena Bruna Vitória, de 1 ano. Para ela, a construção do CEI chegou na hora certa. “É a melhor coisa que aconteceu, vai ajudar muito as mães não só para que a gente possa trabalhar, mas também estimular a criança. Ela estudando, lá na frente vai querer ser alguém na vida", pontuou.

Mais informações

Entre equipamentos construídos, reformados, municipalizados e parcerias, a Prefeitura de Fortaleza chega a 117 unidades de Educação Infantil entregues à população na gestão do prefeito Roberto Cláudio. Só em 2017 e 2018, foram inaugurados 19 novos CEIs.

Em 2019, a Rede Municipal de Ensino passa a contar com 160 Centros de Educação Infantil, mais 95 creches parceiras, totalizando 255 equipamentos atendendo às famílias fortalezenses. Além disso, Fortaleza também possui 145 escolas municipais com turmas de pré-escola.

Censo

A Rede de Ensino segue com as atividades escolares em 573 unidades, atendendo mais de 221 mil estudantes do Infantil I ao 9º ano e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Reconhecida como a quarta maior rede do Brasil em número de matrículas no Censo Escolar da Educação Básica 2018, Fortaleza também é destaque em inclusão, sendo a terceira maior rede do País e a primeira do Norte e Nordeste em Educação Inclusiva. O estudo aponta ainda que a Capital é a primeira do Brasil em ampliação de matrículas na Educação Infantil, e primeira do Norte e Nordeste em matrículas na etapa creche.