27 de junho de 2020 em Saúde

Prefeito Roberto Cláudio autoriza início das obras do novo Gonzaguinha do José Walter

Hospital terá investimento de R$ 20 milhões e a primeira etapa está prevista para ser entregue em seis meses


paulinho leme em pé em frente a púlpito, prefeito e secretárias sentados em cadeiras ao lado e usando máscaras
A assinatura foi transmitida ao vivo pela TV Terra do Sol (canal 42.1) e pelas redes sociais

O prefeito Roberto Cláudio assinou, na manhã deste sábado (27/06), a ordem de serviço para a construção do novo Hospital Distrital Gonzaga Mota do bairro José Walter (Gonzaguinha do José Walter). A unidade de saúde irá ampliar o atendimento materno-infantil e os serviços de clínica médica e emergência em Fortaleza. A assinatura foi transmitida ao vivo pela TV Terra do Sol (canal 42.1) e pelas redes sociais.

Conforme Roberto Cláudio, a estrutura física, elétrica e sanitária do Gonzaguinha estava muito precária e, por isso, a solução encontrada foi construir uma nova unidade no terreno de trás. Os serviços do atual hospital não serão interrompidos até que a obra seja concluída. “O antigo Gonzaguinha do José Walter já foi objeto de várias reformas e conta com problemas crônicos e estruturais. Iríamos fazer uma outra reforma, mas conseguimos novos recursos e decidimos fazer um hospital do zero, que será um ganho para a população”, disse

vista aérea do hospital e do terro atrás ainda sem obras
Ao todo, o terreno possui 12.418 m², dos quais 6.000 m² serão de área construída

Ao todo, o terreno possui 12.418 m², dos quais 6.000 m² serão de área construída. Serão investidos mais de R$ 20 milhões e a expectativa é que as obras durem aproximadamente 18 meses.

Conforme a secretária de Infraestrutura, Manuela Nogueira, a obra foi modulada em três etapas para que, dentro do prazo de seis meses, seja possível entregar a primeira parte da construção e os profissionais comecem a atuar no novo hospital. “A nova unidade irá beneficiar e se tornar um ponto de referência para toda a população do bairro José Walter e de seu entorno”, ressaltou.

O novo Gonzaguinha contará com 154 novos leitos, centro cirúrgico, Centro de Parto Normal, urgência obstétrica, internação conjunta, internação clínica e atuará na saúde materno-infantil e clínica médica, com leitos psicossociais, além dos atendimentos de emergência.

diretor João Batista Lins em cima de palco assinando documento e quatro homens em pé ao fundo
O diretor do Hospital, João Batista Lins, participou da assinatura no terreno onde será construída a nova unidade de saúde

De acordo com o diretor do Hospital, João Batista Lins, que estava no terreno onde será construída a nova unidade, dos novos leitos, 60 serão destinados ao alojamento conjunto materno-infantil, 30 para cirurgia ginecológica e 30 para clínica médica, dos quais 10 serão para internação psicossocial, um dos diferenciais da unidade. “Trabalhamos com a Secretaria Municipal de Saúde para garantir o conforto não só do paciente, mas uma estrutura que permita aos profissionais de saúde darem o melhor de si”, afirmou.

A secretária adjunta da Saúde, Ana Estela Fernandes, destacou que os investimentos da Prefeitura na área, além da Atenção Primária, atualmente contemplam reforma e ampliação de nove hospitais municipais e o Instituto Dr. José Frota (IJF). “O Gonzaguinha há muito tempo não recebia investimentos e hoje iniciamos uma nova era naquela região, considerada de alta vulnerabilidade, e quem tem a ganhar é a população do entorno”, comentou.

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA - PARTE 1

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA - PARTE 2

Prefeito Roberto Cláudio autoriza início das obras do novo Gonzaguinha do José Walter

Hospital terá investimento de R$ 20 milhões e a primeira etapa está prevista para ser entregue em seis meses

paulinho leme em pé em frente a púlpito, prefeito e secretárias sentados em cadeiras ao lado e usando máscaras
A assinatura foi transmitida ao vivo pela TV Terra do Sol (canal 42.1) e pelas redes sociais

O prefeito Roberto Cláudio assinou, na manhã deste sábado (27/06), a ordem de serviço para a construção do novo Hospital Distrital Gonzaga Mota do bairro José Walter (Gonzaguinha do José Walter). A unidade de saúde irá ampliar o atendimento materno-infantil e os serviços de clínica médica e emergência em Fortaleza. A assinatura foi transmitida ao vivo pela TV Terra do Sol (canal 42.1) e pelas redes sociais.

Conforme Roberto Cláudio, a estrutura física, elétrica e sanitária do Gonzaguinha estava muito precária e, por isso, a solução encontrada foi construir uma nova unidade no terreno de trás. Os serviços do atual hospital não serão interrompidos até que a obra seja concluída. “O antigo Gonzaguinha do José Walter já foi objeto de várias reformas e conta com problemas crônicos e estruturais. Iríamos fazer uma outra reforma, mas conseguimos novos recursos e decidimos fazer um hospital do zero, que será um ganho para a população”, disse

vista aérea do hospital e do terro atrás ainda sem obras
Ao todo, o terreno possui 12.418 m², dos quais 6.000 m² serão de área construída

Ao todo, o terreno possui 12.418 m², dos quais 6.000 m² serão de área construída. Serão investidos mais de R$ 20 milhões e a expectativa é que as obras durem aproximadamente 18 meses.

Conforme a secretária de Infraestrutura, Manuela Nogueira, a obra foi modulada em três etapas para que, dentro do prazo de seis meses, seja possível entregar a primeira parte da construção e os profissionais comecem a atuar no novo hospital. “A nova unidade irá beneficiar e se tornar um ponto de referência para toda a população do bairro José Walter e de seu entorno”, ressaltou.

O novo Gonzaguinha contará com 154 novos leitos, centro cirúrgico, Centro de Parto Normal, urgência obstétrica, internação conjunta, internação clínica e atuará na saúde materno-infantil e clínica médica, com leitos psicossociais, além dos atendimentos de emergência.

diretor João Batista Lins em cima de palco assinando documento e quatro homens em pé ao fundo
O diretor do Hospital, João Batista Lins, participou da assinatura no terreno onde será construída a nova unidade de saúde

De acordo com o diretor do Hospital, João Batista Lins, que estava no terreno onde será construída a nova unidade, dos novos leitos, 60 serão destinados ao alojamento conjunto materno-infantil, 30 para cirurgia ginecológica e 30 para clínica médica, dos quais 10 serão para internação psicossocial, um dos diferenciais da unidade. “Trabalhamos com a Secretaria Municipal de Saúde para garantir o conforto não só do paciente, mas uma estrutura que permita aos profissionais de saúde darem o melhor de si”, afirmou.

A secretária adjunta da Saúde, Ana Estela Fernandes, destacou que os investimentos da Prefeitura na área, além da Atenção Primária, atualmente contemplam reforma e ampliação de nove hospitais municipais e o Instituto Dr. José Frota (IJF). “O Gonzaguinha há muito tempo não recebia investimentos e hoje iniciamos uma nova era naquela região, considerada de alta vulnerabilidade, e quem tem a ganhar é a população do entorno”, comentou.

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA - PARTE 1

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA - PARTE 2