10 de agosto de 2018 em Fortaleza

Prefeito Roberto Cláudio fala sobre Infraestrutura, Educação e Saúde em programa de rádio

Gestor também respondeu a perguntas dos ouvintes


Rádio
O Prefeito participou do Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares (Foto: Thiago Gaspar)
O prefeito Roberto Cláudio concedeu, na manhã desta sexta-feira (10/08), entrevista ao Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares (Verdinha 810). O gestor respondeu a perguntas de ouvintes, dos radialistas e falou sobre os projetos em andamento na Capital. Foram abordados assuntos relacionados às obras de nfraestrutura e urbanização, saúde, educação e mobilidade. O prefeito Roberto Cláudio destacou a criação de quatro mini terminais para ampliar a integração dos usuários do transporte público.

Mobilidade
O primeiro mini terminal, será instalado no Centro da Cidade ainda neste ano. O segundo equipamento será construído na Avenida Bernardo Manuel logo após a Avenida Perimetral, no bairro José Walter. A previsão é até março de 2019. Outros dois projetos de mini terminais estão sendo estudados para implantação. Um na Avenida Washington Soares, dos dois lados da via, beneficiando os moradores dos bairros: Lagoa Redonda, Sapiranga, Curió e São Miguel; o outro na Barra do Ceará, uma das áreas mais populosas de Fortaleza.

Questionado sobre a Avenida Aguanambi, o Prefeito explicou que até o fim de agosto, todo o trânsito será liberado na via. As obras secundárias que incluem padronização de calçadas, arborização e construção de praças serão concluídas no final de setembro.

“Três questões pontuais aconteceram e atrasaram em dois meses, o prazo original da obra da Avenida Aguanambi. Houve uma transição dentro da própria empresa responsável pelas intervenções que mudou a gestão local da obra; tivemos também uma greve dos trabalhadores da construção civil e encontramos interferências durante o processo, que precisou de reparos paralelos à obra principal, das companhias de água, gás e luz”, explicou o gestor.

Educação
Cinco novas Escolas de Tempo Integral (ETI) estão previstas para o fim de 2018, contemplando as comunidades do Planalto Ayrton Senna, Siqueira, Conjunto Ceará, Curió, Vila Velha. Além disso, por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs), deverão ser viabilizadas, até 2020, 19 Escolas de Tempo Integral e 19 Centros de Educação Infantil.

“Temos que falar sobre a mudança de comportamento da criança e do jovem matriculado em tempo integral. Essas escolas são instaladas, prioritariamente, em locais com baixo IDH para dar mais oportunidade e estimular os estudos dessas crianças. É o legado mais importante”, comentou o Prefeito.

Saúde
Perguntando sobre as ações na saúde de Fortaleza, Roberto Cláudio destacou a entrega da primeira etapa do Instituto doutor José Frota (IJF 2) até o início de setembro, transformando o Hospital na maior emergência traumatológica do Brasil. Em junho, prefeitura e governo entregaram o novo Centro de Assistência Materno-Infantil do Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará destinada à obstetrícia e à clínica médica adulta e pediátrica.

Outras intervenções no setor estão previstas para esse ano. O Frotinha de Messejana, que passa por reformas infraestruturais, deverão ser concluídas em setembro deste ano, enquanto o setor de emergência será entregue à população em maio de 2019. A reforma dos Frotinhas de Antônio Bezerra e da Parangaba deverão ser concluídas, respectivamente, em janeiro e maio de 2019.

O Gonzaguinha da Barra do Ceará, que contará com a conclusão das intervenções da parte coberta em novembro deste ano, receberá um moderno centro obstétrico em agosto de 2019. A entrega do Gonzaguinha da Messejana está prevista para fevereiro de 2019.

A entrega da obra da Policlínica do Jóquei Clube está prevista para setembro deste ano. Já as policlínicas do Passaré e do Bonsucesso entrarão em fase de licitação e deverão ser entregues em dezembro de 2019.

Ainda na área da Saúde, o gestor destacou os investimentos na Rede de Saúde Mental de Fortaleza, como a contratação de 133 servidores, por meio do primeiro concurso público do setor. Outra melhoria à rede diz respeito a otimização da assistência farmacêutica, a exemplo do que já acontece na atenção primária. O objetivo é disponibilizar 24 medicamentos prioritários para a saúde mental em equipamentos semelhantes às Centrais de Medicamentos instaladas nos terminais de ônibus.

Prefeito Roberto Cláudio fala sobre Infraestrutura, Educação e Saúde em programa de rádio

Gestor também respondeu a perguntas dos ouvintes

Rádio
O Prefeito participou do Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares (Foto: Thiago Gaspar)
O prefeito Roberto Cláudio concedeu, na manhã desta sexta-feira (10/08), entrevista ao Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares (Verdinha 810). O gestor respondeu a perguntas de ouvintes, dos radialistas e falou sobre os projetos em andamento na Capital. Foram abordados assuntos relacionados às obras de nfraestrutura e urbanização, saúde, educação e mobilidade. O prefeito Roberto Cláudio destacou a criação de quatro mini terminais para ampliar a integração dos usuários do transporte público.

Mobilidade
O primeiro mini terminal, será instalado no Centro da Cidade ainda neste ano. O segundo equipamento será construído na Avenida Bernardo Manuel logo após a Avenida Perimetral, no bairro José Walter. A previsão é até março de 2019. Outros dois projetos de mini terminais estão sendo estudados para implantação. Um na Avenida Washington Soares, dos dois lados da via, beneficiando os moradores dos bairros: Lagoa Redonda, Sapiranga, Curió e São Miguel; o outro na Barra do Ceará, uma das áreas mais populosas de Fortaleza.

Questionado sobre a Avenida Aguanambi, o Prefeito explicou que até o fim de agosto, todo o trânsito será liberado na via. As obras secundárias que incluem padronização de calçadas, arborização e construção de praças serão concluídas no final de setembro.

“Três questões pontuais aconteceram e atrasaram em dois meses, o prazo original da obra da Avenida Aguanambi. Houve uma transição dentro da própria empresa responsável pelas intervenções que mudou a gestão local da obra; tivemos também uma greve dos trabalhadores da construção civil e encontramos interferências durante o processo, que precisou de reparos paralelos à obra principal, das companhias de água, gás e luz”, explicou o gestor.

Educação
Cinco novas Escolas de Tempo Integral (ETI) estão previstas para o fim de 2018, contemplando as comunidades do Planalto Ayrton Senna, Siqueira, Conjunto Ceará, Curió, Vila Velha. Além disso, por meio de Parcerias Público-Privadas (PPPs), deverão ser viabilizadas, até 2020, 19 Escolas de Tempo Integral e 19 Centros de Educação Infantil.

“Temos que falar sobre a mudança de comportamento da criança e do jovem matriculado em tempo integral. Essas escolas são instaladas, prioritariamente, em locais com baixo IDH para dar mais oportunidade e estimular os estudos dessas crianças. É o legado mais importante”, comentou o Prefeito.

Saúde
Perguntando sobre as ações na saúde de Fortaleza, Roberto Cláudio destacou a entrega da primeira etapa do Instituto doutor José Frota (IJF 2) até o início de setembro, transformando o Hospital na maior emergência traumatológica do Brasil. Em junho, prefeitura e governo entregaram o novo Centro de Assistência Materno-Infantil do Hospital Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará destinada à obstetrícia e à clínica médica adulta e pediátrica.

Outras intervenções no setor estão previstas para esse ano. O Frotinha de Messejana, que passa por reformas infraestruturais, deverão ser concluídas em setembro deste ano, enquanto o setor de emergência será entregue à população em maio de 2019. A reforma dos Frotinhas de Antônio Bezerra e da Parangaba deverão ser concluídas, respectivamente, em janeiro e maio de 2019.

O Gonzaguinha da Barra do Ceará, que contará com a conclusão das intervenções da parte coberta em novembro deste ano, receberá um moderno centro obstétrico em agosto de 2019. A entrega do Gonzaguinha da Messejana está prevista para fevereiro de 2019.

A entrega da obra da Policlínica do Jóquei Clube está prevista para setembro deste ano. Já as policlínicas do Passaré e do Bonsucesso entrarão em fase de licitação e deverão ser entregues em dezembro de 2019.

Ainda na área da Saúde, o gestor destacou os investimentos na Rede de Saúde Mental de Fortaleza, como a contratação de 133 servidores, por meio do primeiro concurso público do setor. Outra melhoria à rede diz respeito a otimização da assistência farmacêutica, a exemplo do que já acontece na atenção primária. O objetivo é disponibilizar 24 medicamentos prioritários para a saúde mental em equipamentos semelhantes às Centrais de Medicamentos instaladas nos terminais de ônibus.