Prefeito Roberto Cláudio inaugura lote com 10 novas estações do Bicicletar na Regional I

29 de janeiro de 2020 em Mobilidade

Prefeito Roberto Cláudio inaugura lote com 10 novas estações do Bicicletar na Regional I

Neste nova fase, serão atendidos 18 bairros


várias pessoas andando de bicicleta
A ampliação, que leva o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade, passa pelo corredor oeste de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio entregou o segundo lote de novas estações da primeira fase da expansão do Bicicletar, nesta quarta-feira (29/01), no Cuca Barra. A ampliação, que leva o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade, passa pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I), trazendo mais conforto aos usuários, com estações maiores e mais vagas para bicicletas, dentre outras melhorias.

“Começamos este projeto de expansão que vai aumentar em 150% a atual estrutura de bicicletas compartilhadas em Fortaleza. Instalamos, hoje, mais dez estações no sentindo Theberge até a Barra do Ceará, voltando pelo Vila do Mar. Com isso, esta região fica toda contemplada, com aproximadamente 16 novas estações”, informou Roberto Cláudio.

As 10 estações novas fazem parte da Fase 1 de expansão, que prevê um total de 35 estações a serem instaladas até fevereiro na região Oeste da Cidade, com a expectativa de beneficiar mais de 400 mil pessoas nas áreas da Regional I, Regional III e Centro. No início deste mês, seis estações foram implantadas dentro do processo de ampliação.

Nesta fase, a previsão é que sejam atendidos 18 bairros: Barra do Ceará, Cristo Redentor, Pirambu, Jacarecanga, Carlito Pamplona, Álvaro Weyne, Presidente Kennedy, Monte Castelo, São Gerardo, Centro, Farias Brito, Benfica, Parquelândia, Pici, Antônio Bezerra, Padre Andrade, Moura Brasil e Vila Ellery.

De acordo com o secretário-executivo da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia, os equipamentos vêm com melhorias, trazendo uma melhor experiência aos ciclistas. “Este novo lote vem com uma série de novas características. O cesto é maior, a bicicleta é monitorada via GPS, as estações têm videomonitoramento, as mulheres terão mais conforto para pedalar, pois o assento é ergonômico e mais baixo, e conta ainda com LED de segurança”, explicou.

Para Mauro Florindo, professor de Educação Física do Cuca Barra, a novidade chega em boa hora e só trará benefícios. “É uma iniciativa muito boa, até para facilitar a vida dos alunos. Muitos deles terão a facilidade de pegar a bicicleta de graça com o Bilhete Único para se locomover. Eles poderão vir não só ao Cuca, mas para também se deslocar para outros locais da Cidade, além de realizarem atividade física”, disse.

Até o final deste semestre, Fortaleza passará das atuais 86 estações do Bicicletar para um total de 210. Também como novidade, o sistema Mini Bicicletar, que oferece estações para bicicletas infantis em praças, será expandido em breve, saindo de cinco para 14 estações.

O investimento na ampliação será custeado com recursos municipais da arrecadação da Zona Azul e as 80 estações já existentes no sistema permanecem sendo patrocinadas pela Unimed Fortaleza. Na medida que as novas estações forem implantadas, as já existentes também serão gradativamente renovadas e ampliadas, resultando num sistema completamente renovado.

Melhorias no sistema Bicicletar

Novidades como câmeras de videomonitoramento e alarme sonoro em todas as estações, botões individuais para solicitar conserto de bicicletas, escolha de bicicleta a partir da modalidade Bilhete Único, monitoramento de bicicletas por GPS e central de atendimento gratuito por telefone estão entre as melhorias. O sistema permanece gratuito para quem utiliza Bilhete Único para viagens até 1 hora de segunda a sábado ou 1 hora e 30 minutos aos domingos e feriados.

Regras de uso

1 – Baixe o aplicativo Bicicletar no smartphone e faça o cadastro ou cadastre-se pelo site: www.bicicletar.com.br;

2 – Após o cadastro, habilite seu passe Bicicletar no site ou no aplicativo:

a) Passe com Bilhete Único é gratuito

b) Passe diário: R$ 5,00

c) Passe mensal R$ 20,00

d) Passe anual R$ 80,00

3 – Retire uma bicicleta utilizando o aplicativo, por telefone (08005009901) ou com seu Bilhete Único;

4 – Após utilizar a bicicleta, devolva em uma das posições livres da estação do seu destino;

Podem ser feitas gratuitamente quantas viagens quiser de até 1 hora (segunda a sábado) e até 90 min (domingos e feriados), desde que sejam realizadas com intervalos de pelo menos 15 min entre si.

homem pedalando uma bicicleta
O sistema conta com 260.771 usuários cadastrados

Fortaleza e mobilidade cicloviária

O sistema Bicicletar já possibilitou a realização de 2.897.632 viagens. O sistema conta com 260.771 usuários cadastrados. 91% dos cadastros ativos utilizam o Bilhete Único, 75% utilizam o sistema para deslocamentos diário entre trabalho, compras e estudos, 38% são estudantes. As mulheres representam um de cada três usuários.

O Bicicletar é um dos sistemas mais utilizados do Brasil, apresentando uma maior procura em dias úteis. Após a consolidação do sistema, o sistema já verificou uma média de 3.100 viagens em dias úteis. Já aos finais de semana e feriados, a maior média verificada foi de 2.100 viagens por dia.

Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em cerca de 319% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha apenas 68,2 km de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 286 km de infraestrutura cicloviária, sendo 110,1 km de ciclovias, 169,6 km de ciclofaixas, 6,1 km de ciclorrotas e 0,2 km de passeio compartilhado.

Nesse sentido, em 2018, já havia sido ultrapassada a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas. Dando um passo bem mais à frente, a Prefeitura projeta uma meta maior até o final deste ano, que é chegar a uma marca de cerca de 400 km de malha cicloviária.

Veja a galeria de imagens do evento

Infográfico com dados



Prefeito Roberto Cláudio inaugura lote com 10 novas estações do Bicicletar na Regional I

Neste nova fase, serão atendidos 18 bairros

várias pessoas andando de bicicleta
A ampliação, que leva o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade, passa pelo corredor oeste de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio entregou o segundo lote de novas estações da primeira fase da expansão do Bicicletar, nesta quarta-feira (29/01), no Cuca Barra. A ampliação, que leva o sistema de compartilhamento para novas áreas da Cidade, passa pelo corredor oeste de Fortaleza, do Centro até a Barra do Ceará (Regional I), trazendo mais conforto aos usuários, com estações maiores e mais vagas para bicicletas, dentre outras melhorias.

“Começamos este projeto de expansão que vai aumentar em 150% a atual estrutura de bicicletas compartilhadas em Fortaleza. Instalamos, hoje, mais dez estações no sentindo Theberge até a Barra do Ceará, voltando pelo Vila do Mar. Com isso, esta região fica toda contemplada, com aproximadamente 16 novas estações”, informou Roberto Cláudio.

As 10 estações novas fazem parte da Fase 1 de expansão, que prevê um total de 35 estações a serem instaladas até fevereiro na região Oeste da Cidade, com a expectativa de beneficiar mais de 400 mil pessoas nas áreas da Regional I, Regional III e Centro. No início deste mês, seis estações foram implantadas dentro do processo de ampliação.

Nesta fase, a previsão é que sejam atendidos 18 bairros: Barra do Ceará, Cristo Redentor, Pirambu, Jacarecanga, Carlito Pamplona, Álvaro Weyne, Presidente Kennedy, Monte Castelo, São Gerardo, Centro, Farias Brito, Benfica, Parquelândia, Pici, Antônio Bezerra, Padre Andrade, Moura Brasil e Vila Ellery.

De acordo com o secretário-executivo da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia, os equipamentos vêm com melhorias, trazendo uma melhor experiência aos ciclistas. “Este novo lote vem com uma série de novas características. O cesto é maior, a bicicleta é monitorada via GPS, as estações têm videomonitoramento, as mulheres terão mais conforto para pedalar, pois o assento é ergonômico e mais baixo, e conta ainda com LED de segurança”, explicou.

Para Mauro Florindo, professor de Educação Física do Cuca Barra, a novidade chega em boa hora e só trará benefícios. “É uma iniciativa muito boa, até para facilitar a vida dos alunos. Muitos deles terão a facilidade de pegar a bicicleta de graça com o Bilhete Único para se locomover. Eles poderão vir não só ao Cuca, mas para também se deslocar para outros locais da Cidade, além de realizarem atividade física”, disse.

Até o final deste semestre, Fortaleza passará das atuais 86 estações do Bicicletar para um total de 210. Também como novidade, o sistema Mini Bicicletar, que oferece estações para bicicletas infantis em praças, será expandido em breve, saindo de cinco para 14 estações.

O investimento na ampliação será custeado com recursos municipais da arrecadação da Zona Azul e as 80 estações já existentes no sistema permanecem sendo patrocinadas pela Unimed Fortaleza. Na medida que as novas estações forem implantadas, as já existentes também serão gradativamente renovadas e ampliadas, resultando num sistema completamente renovado.

Melhorias no sistema Bicicletar

Novidades como câmeras de videomonitoramento e alarme sonoro em todas as estações, botões individuais para solicitar conserto de bicicletas, escolha de bicicleta a partir da modalidade Bilhete Único, monitoramento de bicicletas por GPS e central de atendimento gratuito por telefone estão entre as melhorias. O sistema permanece gratuito para quem utiliza Bilhete Único para viagens até 1 hora de segunda a sábado ou 1 hora e 30 minutos aos domingos e feriados.

Regras de uso

1 – Baixe o aplicativo Bicicletar no smartphone e faça o cadastro ou cadastre-se pelo site: www.bicicletar.com.br;

2 – Após o cadastro, habilite seu passe Bicicletar no site ou no aplicativo:

a) Passe com Bilhete Único é gratuito

b) Passe diário: R$ 5,00

c) Passe mensal R$ 20,00

d) Passe anual R$ 80,00

3 – Retire uma bicicleta utilizando o aplicativo, por telefone (08005009901) ou com seu Bilhete Único;

4 – Após utilizar a bicicleta, devolva em uma das posições livres da estação do seu destino;

Podem ser feitas gratuitamente quantas viagens quiser de até 1 hora (segunda a sábado) e até 90 min (domingos e feriados), desde que sejam realizadas com intervalos de pelo menos 15 min entre si.

homem pedalando uma bicicleta
O sistema conta com 260.771 usuários cadastrados

Fortaleza e mobilidade cicloviária

O sistema Bicicletar já possibilitou a realização de 2.897.632 viagens. O sistema conta com 260.771 usuários cadastrados. 91% dos cadastros ativos utilizam o Bilhete Único, 75% utilizam o sistema para deslocamentos diário entre trabalho, compras e estudos, 38% são estudantes. As mulheres representam um de cada três usuários.

O Bicicletar é um dos sistemas mais utilizados do Brasil, apresentando uma maior procura em dias úteis. Após a consolidação do sistema, o sistema já verificou uma média de 3.100 viagens em dias úteis. Já aos finais de semana e feriados, a maior média verificada foi de 2.100 viagens por dia.

Com o Programa de Expansão da Malha Cicloviária em amplo desenvolvimento, a Prefeitura de Fortaleza, somente no período da atual gestão, bateu um recorde histórico, ampliando em cerca de 319% a rede cicloviária na cidade. Dessa forma, a cidade, que tinha apenas 68,2 km de rede cicloviária ao final de 2012, hoje conta com os atuais 286 km de infraestrutura cicloviária, sendo 110,1 km de ciclovias, 169,6 km de ciclofaixas, 6,1 km de ciclorrotas e 0,2 km de passeio compartilhado.

Nesse sentido, em 2018, já havia sido ultrapassada a meta estabelecida pelo Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) para 2020, que era de cerca de 236 km de rede para deslocamento de ciclistas. Dando um passo bem mais à frente, a Prefeitura projeta uma meta maior até o final deste ano, que é chegar a uma marca de cerca de 400 km de malha cicloviária.

Veja a galeria de imagens do evento

Infográfico com dados