08 de agosto de 2017 em Esporte e Lazer

Prefeito Roberto Cláudio lança nova edição do Projeto Atleta Cidadão

Iniciativa permite que crianças e adolescentes tenham acesso a esporte e lazer


Atleta cidadão
Projeto oferta 14 modalidades para 4.462 jovens de Fortaleza (Foto: Kaio Machado)

O prefeito Roberto Cláudio lançou a 3ª edição do Projeto Atleta Cidadão, permitindo que crianças e adolescentes tenham acesso a uma ampla rede para prática de esporte e de lazer em Fortaleza. O evento ocorreu nesta terça-feira (08/08), na Areninha do Pirambu.

O Projeto Atleta Cidadão é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel) e a Federação de Triathlon do Estado Ceará (Fetriece) e oferta 14 modalidades para 4.462 jovens de Fortaleza.

Para a manutenção do projeto para mais um ciclo anual, a Prefeitura de Fortaleza irá investir R$ 3,4 milhões. “O esporte muda vidas, muda destinos, e é essa nossa aposta. Estamos investindo socialmente em mais de 4 mil jovens no meio de uma crise econômica. O esporte é instrumento de oportunidade, inclusão, realização de sonhos, e é isso que o Projeto Atleta Cidadão ensina. Os professores e educadores físicos acompanham a prática esportiva, o dia a dia escolar, dão suporte pessoal e psicológico para fazer deles, quem sabe, até atletas profissionais”, afirmou o Prefeito.

De acordo com o titular da Secel, Carlos Dutra, o projeto oferece à população acesso gratuito ao esporte e ao lazer. Por meio de aulas regulares dentro das comunidades, com a realização de atividades físicas e brincadeiras, a iniciativa estimula a convivência social e a formação cidadã. "Os 74 núcleos esportivos foram criados em praças, equipamentos esportivos e associações de Fortaleza", afirmou Dutra.

As aulas do programa acontecem com a orientação de profissionais de educação física e incluem futebol, capoeira, hóquei, futsal, judô, duathlon, triathlon, natação, futebol de areia, caratê, caratê olímpico, basquete, badminton e voleibol.

O estudante Davi Pinheiro, de 10 anos, está há seis meses no projeto e já viajou o País para participar de torneios. "Ganhei medalha de bronze em Palmas, no Tocantins, no campeonato de triathlon. O esporte está mudando minha vida, me dando grandes oportunidades", disse.

Prefeito Roberto Cláudio lança nova edição do Projeto Atleta Cidadão

Iniciativa permite que crianças e adolescentes tenham acesso a esporte e lazer

Atleta cidadão
Projeto oferta 14 modalidades para 4.462 jovens de Fortaleza (Foto: Kaio Machado)

O prefeito Roberto Cláudio lançou a 3ª edição do Projeto Atleta Cidadão, permitindo que crianças e adolescentes tenham acesso a uma ampla rede para prática de esporte e de lazer em Fortaleza. O evento ocorreu nesta terça-feira (08/08), na Areninha do Pirambu.

O Projeto Atleta Cidadão é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel) e a Federação de Triathlon do Estado Ceará (Fetriece) e oferta 14 modalidades para 4.462 jovens de Fortaleza.

Para a manutenção do projeto para mais um ciclo anual, a Prefeitura de Fortaleza irá investir R$ 3,4 milhões. “O esporte muda vidas, muda destinos, e é essa nossa aposta. Estamos investindo socialmente em mais de 4 mil jovens no meio de uma crise econômica. O esporte é instrumento de oportunidade, inclusão, realização de sonhos, e é isso que o Projeto Atleta Cidadão ensina. Os professores e educadores físicos acompanham a prática esportiva, o dia a dia escolar, dão suporte pessoal e psicológico para fazer deles, quem sabe, até atletas profissionais”, afirmou o Prefeito.

De acordo com o titular da Secel, Carlos Dutra, o projeto oferece à população acesso gratuito ao esporte e ao lazer. Por meio de aulas regulares dentro das comunidades, com a realização de atividades físicas e brincadeiras, a iniciativa estimula a convivência social e a formação cidadã. "Os 74 núcleos esportivos foram criados em praças, equipamentos esportivos e associações de Fortaleza", afirmou Dutra.

As aulas do programa acontecem com a orientação de profissionais de educação física e incluem futebol, capoeira, hóquei, futsal, judô, duathlon, triathlon, natação, futebol de areia, caratê, caratê olímpico, basquete, badminton e voleibol.

O estudante Davi Pinheiro, de 10 anos, está há seis meses no projeto e já viajou o País para participar de torneios. "Ganhei medalha de bronze em Palmas, no Tocantins, no campeonato de triathlon. O esporte está mudando minha vida, me dando grandes oportunidades", disse.