29 de novembro de 2021 em Esporte e Lazer

Prefeitura de Fortaleza e Governo do Ceará inauguram areninha no bairro Coaçu

Na ocasião, o prefeito José Sarto anunciou a realização da Copa Areninha em janeiro de 2022


grupo de pessoas num palco
Segundo Sarto, além dos benefícios do esporte promovidos pelo espaço, a areninha eleva o potencial da região, favorecendo toda a comunidade (Foto: Marcos Moura)

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, participou da entrega da nova areninha do bairro Coaçu, juntamente com o governador Camilo Santana, na manhã desta segunda-feira (29/11). A entrega do equipamento é mais um resultado da parceria entre Prefeitura de Fortaleza e Governo do Ceará, por meio do Juntos por Fortaleza.

Segundo Sarto, além dos benefícios do esporte promovidos pelo espaço, a areninha eleva o potencial da região, favorecendo toda a comunidade.

"A areninha deixou de ser, há muito tempo, um território apenas desportista. Há toda uma revitalização que é feita no seu entorno. A areninha incrementa a microeconomia e dinamiza a economia local, e, com ela, talentos podem ser descobertos e garimpados. Portanto, aproveitem esse equipamento, ele é de vocês", salientou o prefeito, durante a entrega.

O gestor Municipal também comunicou a realização da Copa Areninha, em janeiro de 2022, que vai contar com cerca de 15 mil atletas.

O Ceará chega a 246 campos de grama sintética implantados pelo poder público.

As Areninhas são equipamentos multifuncionais em formato de campo de jogo society com grama sintética, alambrados e rede, vestiários com banheiros, acessos pavimentados e torres de iluminação.

De acordo com o governador Camilo Santana, elas são certificadas pela CBF, levando o que há de melhor em material e estrutura para a comunidade. E tornando-se elementos de transformação social onde são instaladas.

"Não é só uma área para a descoberta de novos talentos, mas de encontro das famílias e da juventude do entorno. O grande desafio de combatermos a violência e garantirmos a segurança se enfrenta também com prevenção, tirando a meninada da rua, protegendo essas crianças e a juventude. Quem ganha com essa parceria é a população de Fortaleza, e vamos continuar unidos superando dificuldades, mantendo o olhar sobre as pessoas que mais precisam", destacou o governador.

Cada Areninha é resultado de parceria entre Governo do Ceará e prefeituras municipais. Através de orçamentos de secretarias como a do Esporte e Juventude (Sejuv), e a Superintendência de Obras Públicas (SOP), que executa a construção. Cabe a cada prefeitura indicar e doar o terreno para a construção do campo.

A Prefeitura de Fortaleza tem como parte da política municipal de valorização e incentivo à prática esportiva, em todas as Areninhas, núcleos esportivos do Projeto Atleta Cidadão, da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel), com aulas gratuitas de futebol. O projeto contempla pessoas na faixa etária de 8 a 29 anos, com a realização de aulas três vezes por semana, usando o esporte como ferramenta de inclusão social e construção da cidadania.

Histórico

Os primeiros equipamentos implantados pelo Governo do Ceará contemplavam os municípios de médio e grande porte com maior número de jovens em zona urbana, de acordo com o Censo Demográfico 2010. As arenas são compostas de campo society com grama sintética, vestiários com banheiro, acessos pavimentados, calçada com piso intertravado, torres de iluminação, alambrado e rede, bancos de reserva e depósito para materiais esportivos.

Após o lançamento do projeto Areninhas do Interior, foi lançada a segunda etapa do programa para contemplar municípios com população inferior a 50 mil habitantes.

A elaboração dos projetos técnicos de Engenharia e Arquitetura para construção das areninhas é de responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP), órgão vinculado à Secretaria das Cidades (SCidades). A SOP ainda faz o acompanhamento e fiscaliza as obras de cada areninha construída.

Concluídas as etapas de obra, estes equipamentos esportivos são entregues para gestão de comitês municipais formados pelas prefeituras e representantes das comunidades locais, ao passo que a Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) fica a cargo de implementar políticas públicas de incentivo ao esporte e lazer nas arenas.

Prefeitura de Fortaleza e Governo do Ceará inauguram areninha no bairro Coaçu

Na ocasião, o prefeito José Sarto anunciou a realização da Copa Areninha em janeiro de 2022

grupo de pessoas num palco
Segundo Sarto, além dos benefícios do esporte promovidos pelo espaço, a areninha eleva o potencial da região, favorecendo toda a comunidade (Foto: Marcos Moura)

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, participou da entrega da nova areninha do bairro Coaçu, juntamente com o governador Camilo Santana, na manhã desta segunda-feira (29/11). A entrega do equipamento é mais um resultado da parceria entre Prefeitura de Fortaleza e Governo do Ceará, por meio do Juntos por Fortaleza.

Segundo Sarto, além dos benefícios do esporte promovidos pelo espaço, a areninha eleva o potencial da região, favorecendo toda a comunidade.

"A areninha deixou de ser, há muito tempo, um território apenas desportista. Há toda uma revitalização que é feita no seu entorno. A areninha incrementa a microeconomia e dinamiza a economia local, e, com ela, talentos podem ser descobertos e garimpados. Portanto, aproveitem esse equipamento, ele é de vocês", salientou o prefeito, durante a entrega.

O gestor Municipal também comunicou a realização da Copa Areninha, em janeiro de 2022, que vai contar com cerca de 15 mil atletas.

O Ceará chega a 246 campos de grama sintética implantados pelo poder público.

As Areninhas são equipamentos multifuncionais em formato de campo de jogo society com grama sintética, alambrados e rede, vestiários com banheiros, acessos pavimentados e torres de iluminação.

De acordo com o governador Camilo Santana, elas são certificadas pela CBF, levando o que há de melhor em material e estrutura para a comunidade. E tornando-se elementos de transformação social onde são instaladas.

"Não é só uma área para a descoberta de novos talentos, mas de encontro das famílias e da juventude do entorno. O grande desafio de combatermos a violência e garantirmos a segurança se enfrenta também com prevenção, tirando a meninada da rua, protegendo essas crianças e a juventude. Quem ganha com essa parceria é a população de Fortaleza, e vamos continuar unidos superando dificuldades, mantendo o olhar sobre as pessoas que mais precisam", destacou o governador.

Cada Areninha é resultado de parceria entre Governo do Ceará e prefeituras municipais. Através de orçamentos de secretarias como a do Esporte e Juventude (Sejuv), e a Superintendência de Obras Públicas (SOP), que executa a construção. Cabe a cada prefeitura indicar e doar o terreno para a construção do campo.

A Prefeitura de Fortaleza tem como parte da política municipal de valorização e incentivo à prática esportiva, em todas as Areninhas, núcleos esportivos do Projeto Atleta Cidadão, da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel), com aulas gratuitas de futebol. O projeto contempla pessoas na faixa etária de 8 a 29 anos, com a realização de aulas três vezes por semana, usando o esporte como ferramenta de inclusão social e construção da cidadania.

Histórico

Os primeiros equipamentos implantados pelo Governo do Ceará contemplavam os municípios de médio e grande porte com maior número de jovens em zona urbana, de acordo com o Censo Demográfico 2010. As arenas são compostas de campo society com grama sintética, vestiários com banheiro, acessos pavimentados, calçada com piso intertravado, torres de iluminação, alambrado e rede, bancos de reserva e depósito para materiais esportivos.

Após o lançamento do projeto Areninhas do Interior, foi lançada a segunda etapa do programa para contemplar municípios com população inferior a 50 mil habitantes.

A elaboração dos projetos técnicos de Engenharia e Arquitetura para construção das areninhas é de responsabilidade da Superintendência de Obras Públicas (SOP), órgão vinculado à Secretaria das Cidades (SCidades). A SOP ainda faz o acompanhamento e fiscaliza as obras de cada areninha construída.

Concluídas as etapas de obra, estes equipamentos esportivos são entregues para gestão de comitês municipais formados pelas prefeituras e representantes das comunidades locais, ao passo que a Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) fica a cargo de implementar políticas públicas de incentivo ao esporte e lazer nas arenas.