30 de maio de 2022 em Mobilidade

Prefeitura de Fortaleza leva o projeto Praças Vivas ao bairro Vicente Pinzón

Espaço de convivência será entregue à população no entorno da Praça Professor Belarmino Maia


Encerrando a programação do Maio Amarelo, a Prefeitura de Fortaleza beneficia, nesta terça-feira (31/05), a população do bairro Vicente Pinzón com a 16ª edição do projeto Praças Vivas. Desenvolvido por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), em parceria com a Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger), a iniciativa promove uma série de melhorias no entorno da Praça Professor Belarmino Maia, aprimorando o espaço de lazer para a comunidade.

Com a revitalização, o espaço será ampliado de 790m² a 908m². Localizado no cruzamento da rua Valdetário Mota com as ruas Engenheiro Plácido Coelho e Oliveira Viana, a área receberá serviços de alargamento de passeio com pintura, limpeza, capina, reconstrução de calçadas, plantação de mudas e área de lazer com pintura lúdica para crianças e adultos.

Para estimular a convivência entre a comunidade no espaço, a arte a céu aberto leva cor, cultura e diversão ao cotidiano de quem frequenta e reside na região. “A iniciativa garante um ambiente mais amigável, confortável, seguro e divertido para crianças e idosos que moram nas proximidades do local”, desataca Antônio Ferreira Silva, superintendente da AMC.

O projeto

As praças vivas são um conjunto de intervenções de baixo custo que tem como objetivo ocupar de forma democrática espaços atualmente ociosos da malha viária da cidade com requalificação, sinalização, implantação de mobiliários, limpeza, melhoria da iluminação e reordenamento do trânsito, além de ações de urbanismo tático e arte urbana.

Há atualmente 15 praças vivas distribuídas em 13 bairros da cidade, como Rodolfo Teófilo, Parque Iracema, Parque Araxá, Parreão, Montese, Centro e Padre Andrade.

Campanha Maio Amarelo

O projeto Praças Vivas encerra a programação da AMC no movimento nacional Maio Amarelo. Ao longo deste mês foram desenvolvidas diversas ações de educação para o trânsito, fiscalização preventiva e mobilidade urbana para promover a mudança de comportamento e respeito ao próximo no trânsito.

Prefeitura de Fortaleza leva o projeto Praças Vivas ao bairro Vicente Pinzón

Espaço de convivência será entregue à população no entorno da Praça Professor Belarmino Maia

Encerrando a programação do Maio Amarelo, a Prefeitura de Fortaleza beneficia, nesta terça-feira (31/05), a população do bairro Vicente Pinzón com a 16ª edição do projeto Praças Vivas. Desenvolvido por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), em parceria com a Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger), a iniciativa promove uma série de melhorias no entorno da Praça Professor Belarmino Maia, aprimorando o espaço de lazer para a comunidade.

Com a revitalização, o espaço será ampliado de 790m² a 908m². Localizado no cruzamento da rua Valdetário Mota com as ruas Engenheiro Plácido Coelho e Oliveira Viana, a área receberá serviços de alargamento de passeio com pintura, limpeza, capina, reconstrução de calçadas, plantação de mudas e área de lazer com pintura lúdica para crianças e adultos.

Para estimular a convivência entre a comunidade no espaço, a arte a céu aberto leva cor, cultura e diversão ao cotidiano de quem frequenta e reside na região. “A iniciativa garante um ambiente mais amigável, confortável, seguro e divertido para crianças e idosos que moram nas proximidades do local”, desataca Antônio Ferreira Silva, superintendente da AMC.

O projeto

As praças vivas são um conjunto de intervenções de baixo custo que tem como objetivo ocupar de forma democrática espaços atualmente ociosos da malha viária da cidade com requalificação, sinalização, implantação de mobiliários, limpeza, melhoria da iluminação e reordenamento do trânsito, além de ações de urbanismo tático e arte urbana.

Há atualmente 15 praças vivas distribuídas em 13 bairros da cidade, como Rodolfo Teófilo, Parque Iracema, Parque Araxá, Parreão, Montese, Centro e Padre Andrade.

Campanha Maio Amarelo

O projeto Praças Vivas encerra a programação da AMC no movimento nacional Maio Amarelo. Ao longo deste mês foram desenvolvidas diversas ações de educação para o trânsito, fiscalização preventiva e mobilidade urbana para promover a mudança de comportamento e respeito ao próximo no trânsito.