31 de maio de 2019 em Servidor

Prefeitura de Fortaleza prepara novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários para o IPM

Gestão tem investido no contínuo fortalecimento do Instituto de Previdência


A Prefeitura de Fortaleza iniciou a criação de um novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para o Instituto de Previdência do Município (IPM), visando promover um contínuo processo de melhoria e fortalecimento do órgão, que cuida também da saúde do servidor. “Estamos definindo parâmetros para eliminar incongruências e modernizar o IPM, fortalecê-lo, melhorar a qualidade da gestão e do atendimento”, afirmou o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Philipe Nottingham, que conduz o processo ao lado do superintendente do IPM, Ricardo Santiago, e de representantes do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort).

Em encontro realizado na manhã desta quinta-feira (30/05), o grupo teve acesso ao diagnóstico elaborado pelo IPM, que iniciou o processo de definição das atividades desempenhadas, das funções que demandam servidores de carreira e das distorções que podem ser eliminadas com o novo PCCS. “Desde que assumi a superintendência me preocupo com a revisão do PCCS do IPM como forma de valorizar nosso servidor”, afirmou Ricardo Santiago.

O próximo passo é definir as carreiras que integrarão a lei para realizar uma pesquisa salarial no mercado, buscando informações em outros institutos previdenciários e entes públicos. O resultado desse estudo preliminar será discutido pelo grupo no dia 4 de julho em nova reunião.

Números
Beneficiários do IPM Saúde: 81.424
41.581 titulares e 39.843 dependentes

Rede Credenciada
349 profissionais
168 clinicas
22 hospitais
24 laboratórios
9 cooperativas

Prefeitura de Fortaleza prepara novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários para o IPM

Gestão tem investido no contínuo fortalecimento do Instituto de Previdência

A Prefeitura de Fortaleza iniciou a criação de um novo Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para o Instituto de Previdência do Município (IPM), visando promover um contínuo processo de melhoria e fortalecimento do órgão, que cuida também da saúde do servidor. “Estamos definindo parâmetros para eliminar incongruências e modernizar o IPM, fortalecê-lo, melhorar a qualidade da gestão e do atendimento”, afirmou o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Philipe Nottingham, que conduz o processo ao lado do superintendente do IPM, Ricardo Santiago, e de representantes do Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza (Sindifort).

Em encontro realizado na manhã desta quinta-feira (30/05), o grupo teve acesso ao diagnóstico elaborado pelo IPM, que iniciou o processo de definição das atividades desempenhadas, das funções que demandam servidores de carreira e das distorções que podem ser eliminadas com o novo PCCS. “Desde que assumi a superintendência me preocupo com a revisão do PCCS do IPM como forma de valorizar nosso servidor”, afirmou Ricardo Santiago.

O próximo passo é definir as carreiras que integrarão a lei para realizar uma pesquisa salarial no mercado, buscando informações em outros institutos previdenciários e entes públicos. O resultado desse estudo preliminar será discutido pelo grupo no dia 4 de julho em nova reunião.

Números
Beneficiários do IPM Saúde: 81.424
41.581 titulares e 39.843 dependentes

Rede Credenciada
349 profissionais
168 clinicas
22 hospitais
24 laboratórios
9 cooperativas