21 de maio de 2022 em Esporte e Lazer

Prefeitura de Fortaleza realiza visita técnica no Presidente Vargas para recebimento da primeira partida após reformas

Reformado e com novo gramado, o equipamento recebe sua primeira partida na tarde deste sábado (21/05): Ferroviário x Botafogo-SP pela Série C do Campeonato Brasileiro


gramado do PV
O PV recebeu a grama bermuda celebration, que está de acordo com os padrões da Fifa (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, na manhã deste sábado (21/05), visita técnica junto à imprensa e representantes dos principais clubes de futebol da Capital ao Estádio Presidente Vargas (PV), no bairro Benfica. Reformado e com novo gramado, o PV receberá, às 15h, a primeira partida após a requalificação. A disputa será entre Ferroviário e Botafogo-SP pela Série C do Campeonato Brasileiro.

A visita técnica foi conduzida pelo secretário municipal do Esporte e Lazer (Secel), Ozires Pontes, e pelo secretário da Infraestrutura (Seinf), Samuel Dias. O PV recebeu diversas melhorias, tanto dentro, como fora do gramado. As obras, foram responsáveis pela requalificação completa do campo, com serviços de terraplanagem, drenagem, instalação de sistema automatizado de irrigação e novo gramado.

De acordo com Ozires Pontes, um dos atuais destaques do PV é seu gramado. Foram aplicados mais de 8 mil m² de grama do tipo bermuda celebration, de acordo com o padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa), trazendo ao campo mais qualidade para os jogos e sanando os problemas de desnível.

“Demos uma atenção especial ao gramado, o coração do estádio. O PV recebeu a grama bermuda celebration, que está de acordo com os padrões da Fifa. A alteração era extremamente necessária, pois o gramado antigo do PV já tinha quase 40 anos e quatro tipos de grama misturados. O sistema de irrigação atual também é bastante moderno. Automatizado, ele reconhece quando o gramado está seco ou úmido, para regar apenas quando mais precisa ”, comentou o secretário.

O novo campo recebeu ainda tratamento para controle de pragas, corte, demarcação e instalação de novas traves e redes. O secretário Ozires Pontes frisou ainda que as reformas no PV não foram decorrentes da utilização do estádio como Hospital de Campanha durante a primeira fase da pandemia de Covid-19, mas realizadas a fim de trazer melhorias estruturais e preventivas ao PV.

“A reforma do PV em nada teve a ver com o Hospital de Campanha. O gramado realmente precisava dessas intervenções, por conta da sua idade e da mistura de espécies de grama, ou seja, seriam aconteceriam com ou sem o hospital. As outras reformas foram de caráter corretivo e preventivo, já que fazia mais de 10 anos que o estádio não passava por uma grande requalificação”, expos o titular da Secel.

As áreas internas da praça esportiva também foram contempladas pelas obras. O secretário Samuel Dias, titular da Seinf, comentou que o PV recebeu diversas melhorias para melhor receber os torcedores, principalmente nas arquibancadas, que receberam nova pintura, recuperação de assentos, demarcação nos setores e acessibilidade.

“Foi feita toda uma manutenção no estádio. Trocamos cadeiras que estavam quebradas, pintamos os corrimãos e acessos. Restauramos toda a estrutura de coberta metálica, com troca de telhas e vazamentos. As cabines de imprensa também estão reestruturadas, corrigimos goteiras, infiltrações e instalamos novo piso. É o mesmo PV, mas mais moderno, mais tecnológico e com um gramado de primeira linha”, apontou Samuel Dias.

Com investimento de, aproximadamente, R$ 10,5 milhões, a obra de requalificação do Estádio Presidente Vargas foi responsável também pelo pela troca de placar eletrônico e catracas, modernização da rede elétrica e hidráulica de todo o prédio, bancos de reserva acolchoados e a substituição dos revestimentos dos vestiários, lanchonetes e banheiro.

Prefeitura de Fortaleza realiza visita técnica no Presidente Vargas para recebimento da primeira partida após reformas

Reformado e com novo gramado, o equipamento recebe sua primeira partida na tarde deste sábado (21/05): Ferroviário x Botafogo-SP pela Série C do Campeonato Brasileiro

gramado do PV
O PV recebeu a grama bermuda celebration, que está de acordo com os padrões da Fifa (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, na manhã deste sábado (21/05), visita técnica junto à imprensa e representantes dos principais clubes de futebol da Capital ao Estádio Presidente Vargas (PV), no bairro Benfica. Reformado e com novo gramado, o PV receberá, às 15h, a primeira partida após a requalificação. A disputa será entre Ferroviário e Botafogo-SP pela Série C do Campeonato Brasileiro.

A visita técnica foi conduzida pelo secretário municipal do Esporte e Lazer (Secel), Ozires Pontes, e pelo secretário da Infraestrutura (Seinf), Samuel Dias. O PV recebeu diversas melhorias, tanto dentro, como fora do gramado. As obras, foram responsáveis pela requalificação completa do campo, com serviços de terraplanagem, drenagem, instalação de sistema automatizado de irrigação e novo gramado.

De acordo com Ozires Pontes, um dos atuais destaques do PV é seu gramado. Foram aplicados mais de 8 mil m² de grama do tipo bermuda celebration, de acordo com o padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa), trazendo ao campo mais qualidade para os jogos e sanando os problemas de desnível.

“Demos uma atenção especial ao gramado, o coração do estádio. O PV recebeu a grama bermuda celebration, que está de acordo com os padrões da Fifa. A alteração era extremamente necessária, pois o gramado antigo do PV já tinha quase 40 anos e quatro tipos de grama misturados. O sistema de irrigação atual também é bastante moderno. Automatizado, ele reconhece quando o gramado está seco ou úmido, para regar apenas quando mais precisa ”, comentou o secretário.

O novo campo recebeu ainda tratamento para controle de pragas, corte, demarcação e instalação de novas traves e redes. O secretário Ozires Pontes frisou ainda que as reformas no PV não foram decorrentes da utilização do estádio como Hospital de Campanha durante a primeira fase da pandemia de Covid-19, mas realizadas a fim de trazer melhorias estruturais e preventivas ao PV.

“A reforma do PV em nada teve a ver com o Hospital de Campanha. O gramado realmente precisava dessas intervenções, por conta da sua idade e da mistura de espécies de grama, ou seja, seriam aconteceriam com ou sem o hospital. As outras reformas foram de caráter corretivo e preventivo, já que fazia mais de 10 anos que o estádio não passava por uma grande requalificação”, expos o titular da Secel.

As áreas internas da praça esportiva também foram contempladas pelas obras. O secretário Samuel Dias, titular da Seinf, comentou que o PV recebeu diversas melhorias para melhor receber os torcedores, principalmente nas arquibancadas, que receberam nova pintura, recuperação de assentos, demarcação nos setores e acessibilidade.

“Foi feita toda uma manutenção no estádio. Trocamos cadeiras que estavam quebradas, pintamos os corrimãos e acessos. Restauramos toda a estrutura de coberta metálica, com troca de telhas e vazamentos. As cabines de imprensa também estão reestruturadas, corrigimos goteiras, infiltrações e instalamos novo piso. É o mesmo PV, mas mais moderno, mais tecnológico e com um gramado de primeira linha”, apontou Samuel Dias.

Com investimento de, aproximadamente, R$ 10,5 milhões, a obra de requalificação do Estádio Presidente Vargas foi responsável também pelo pela troca de placar eletrônico e catracas, modernização da rede elétrica e hidráulica de todo o prédio, bancos de reserva acolchoados e a substituição dos revestimentos dos vestiários, lanchonetes e banheiro.