27 de março de 2020 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza tem novo canal para cadastro de vacinação domiciliar contra gripe

Vacinação domiciliar agora pode ser solicitada por um novo endereço eletrônico para idosos com mais de 80 anos ou de 60 a 79 anos que estejam acamados


print de uma tela de computador
No site, é possível solicitar a vacina domiciliar e consultar as rotas diárias da equipe da Prefeitura

A Prefeitura de Fortaleza tem um novo canal, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), para o cadastro de vacinas da gripe (H1N1; H2N3; Influenza B) em domicílio, atendimento disponibilizado para idosos com mais de 80 anos ou de 60 a 79 anos que estejam acamados. No endereço eletrônico  Vacine Já (http://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/) é possível solicitar a vacina domiciliar e consultar as rotas diárias das equipes da Prefeitura, compostas por enfermeiro e técnico de enfermagem.

Quem já realizou o cadastro pelo Whatsapp não precisa se cadastrar novamente, porque os dados foram importados para o novo sistema. Gradativamente, os cidadãos receberão, no número de celular cadastrado, retorno via mensagem de texto (SMS), informando a data da imunização. Agora, a população conta com as duas ferramentas para cadastro: o número de Whatsapp (85) 9.9989-4799 e o endereço eletrônico
Vacine Já, qualificando o retorno das informações.

Vale ressaltar que, à medida que chegam novos endereços, pode haver alteração na rota, já que o sistema considera a proximidade das residências para otimizar o trabalho. Além dos pedidos registrados, serão contemplados os idosos já cadastrados em sua Unidade de Saúde, cadastro que hoje conta com cerca de 7 mil idosos nessa faixa etária. Ao todo, as solicitações para vacina domiciliar somam mais de 25 mil. A previsão é que chegue a 35 mil.

“Se a sua rua não aparecer ainda no sistema, não se preocupe. Garantimos que todos serão vacinados e que os pedidos estão sendo registrados. Pedimos a compreensão dos cidadãos em relação à logística que esse tipo de ação demanda. A meta é vacinar esse grupo até 16 de abril. Estamos empenhando todo o nosso esforço em minimizar a espera pelo atendimento”, afirma a secretária da saúde, Joana Maciel.

As equipes estão vacinando nos domicílios desde segunda-feira (23/03), data de início da campanha de vacinação. Desde quarta-feira (25/03), são 100 equipes com meta de 20 visitas diárias, trabalhando ininterruptamente, inclusive nos fins de semana, totalizando cerca de 2 mil vacinas por dia. A ordem de atendimento depende dos endereços, em virtude da definição das rotas, que agrupam solicitações por proximidade geográfica, agilizando o trabalho.

infográfico de dados

Prefeitura de Fortaleza tem novo canal para cadastro de vacinação domiciliar contra gripe

Vacinação domiciliar agora pode ser solicitada por um novo endereço eletrônico para idosos com mais de 80 anos ou de 60 a 79 anos que estejam acamados

print de uma tela de computador
No site, é possível solicitar a vacina domiciliar e consultar as rotas diárias da equipe da Prefeitura

A Prefeitura de Fortaleza tem um novo canal, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), para o cadastro de vacinas da gripe (H1N1; H2N3; Influenza B) em domicílio, atendimento disponibilizado para idosos com mais de 80 anos ou de 60 a 79 anos que estejam acamados. No endereço eletrônico  Vacine Já (http://vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/) é possível solicitar a vacina domiciliar e consultar as rotas diárias das equipes da Prefeitura, compostas por enfermeiro e técnico de enfermagem.

Quem já realizou o cadastro pelo Whatsapp não precisa se cadastrar novamente, porque os dados foram importados para o novo sistema. Gradativamente, os cidadãos receberão, no número de celular cadastrado, retorno via mensagem de texto (SMS), informando a data da imunização. Agora, a população conta com as duas ferramentas para cadastro: o número de Whatsapp (85) 9.9989-4799 e o endereço eletrônico
Vacine Já, qualificando o retorno das informações.

Vale ressaltar que, à medida que chegam novos endereços, pode haver alteração na rota, já que o sistema considera a proximidade das residências para otimizar o trabalho. Além dos pedidos registrados, serão contemplados os idosos já cadastrados em sua Unidade de Saúde, cadastro que hoje conta com cerca de 7 mil idosos nessa faixa etária. Ao todo, as solicitações para vacina domiciliar somam mais de 25 mil. A previsão é que chegue a 35 mil.

“Se a sua rua não aparecer ainda no sistema, não se preocupe. Garantimos que todos serão vacinados e que os pedidos estão sendo registrados. Pedimos a compreensão dos cidadãos em relação à logística que esse tipo de ação demanda. A meta é vacinar esse grupo até 16 de abril. Estamos empenhando todo o nosso esforço em minimizar a espera pelo atendimento”, afirma a secretária da saúde, Joana Maciel.

As equipes estão vacinando nos domicílios desde segunda-feira (23/03), data de início da campanha de vacinação. Desde quarta-feira (25/03), são 100 equipes com meta de 20 visitas diárias, trabalhando ininterruptamente, inclusive nos fins de semana, totalizando cerca de 2 mil vacinas por dia. A ordem de atendimento depende dos endereços, em virtude da definição das rotas, que agrupam solicitações por proximidade geográfica, agilizando o trabalho.

infográfico de dados