20 de setembro de 2021 em Educação

Prefeitura e Governo entregam Centro de Educação Infantil no Residencial Miguel Arraes

A unidade foi construída pelo Governo do Ceará e equipada pela Prefeitura, que ficará responsável pela gestão


dois meninos em uma mesinha na sala de aula do centro de educação infantil
Os alunos matriculados no CEI recebem todo o material da Prefeitura: fardamento, mochila, kit pedagógico e material de higiene para uso no Centro, além de cinco refeições diárias (Fotos: Marcos Moura)

Com capacidade para atender 100 crianças em tempo integral, o Centro de Educação Infantil (CEI) do Residencial Miguel Arraes foi inaugurado nesta segunda-feira (20/09), no Grande Bom Jardim, em evento com a presença do governador Camilo Santana e da primeira-dama, Onélia Santana, do prefeito de Fortaleza, José Sarto, e das secretárias da Educação Estadual, Eliane Estrela, e Municipal, Dalila Saldanha.

Com área construída de 670m², em terreno cedido pelo Governo do Ceará, o CEI teve investimento de R$ 1.445.194,365, construído por meio da Secretaria das Cidades com verba do Orçamento Geral da União (Ministério do Desenvolvimento Regional). Com termo de cessão, a responsabilidade sobre o equipamento passou para a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), responsável por aplicar R$ 58.259,22 para equipar e iniciar a operação do CEI.

"Quando Governo e Prefeitura estão juntos, quem ganha é a população de Fortaleza. Temos percorrido Fortaleza para observar as ações, principalmente no sentido de buscar recuperar o emprego das pessoas. Em breve, eu e Sarto vamos lançar um programa importante para as mulheres de Fortaleza. E nós acreditamos que é através da educação que transformamos a vida das pessoas. Se olharmos para esse CEI, não deixa a desejar a nenhuma creche particular, aqui tem o que há de melhor, e uma coisa que significa muito mais, que é a equipe de profissionais", declarou o governador Camilo Santana.

Somente neste ano, a Prefeitura entregou dois novos Centros de Educação Infantil, um no bairro São Bento e outro no Planalto Ayrton Senna. Os dois contam com atendimento de berçário, promessa de campanha do prefeito José Sarto. Com a unidade entregue nesta segunda-feira, no Grande Bom Jardim, este passa a ser o terceiro CEI com berçário na Capital.

"Externo meu sentimento de gratidão ao governador Camilo Santana. Todos os dias temos nos reunido e trabalhado juntos por Fortaleza. Acompanho e vejo Fortaleza crescer. Hoje, é a economia mais forte do Nordeste. E ao lado do crescimento estão as demandas, construção de escolas, creches, areninhas e postos de saúde. E vocês estão vendo o resultado dessa parceria, comprovando que juntos nós podemos fazer muito mais. Aqui, não temos só um equipamento, mas vidas, professores, cuidadores que vão dar o melhor de si para formar nossas crianças", enfatizou Sarto.

A unidade de atendimento para crianças de 1 a 3 anos conta com cinco salas de aula, laboratório de informática, refeitório, cozinha, berçário, fraldário, banheiro, dormitório, copa, brinquedoteca e playground; setor administrativo, recepção, secretaria, sala de coordenação; ambulatório e almoxarifado.

Os alunos matriculados no CEI, denominado Professor Genuíno Francisco de Sales, recebem cinco refeições diárias e todo o material da Prefeitura: fardamento, mochila, kit pedagógico e material de higiene para uso no Centro.

governador e prefeito descerram a placa do cei
Inauguração do CEI ocorreu nesta segunda-feira (20/09)

"Este CEI é o segundo fruto de doação do Estado ao Município, e temos um terceiro para receber daqui a pouco. O Estado entrega o prédio para a Prefeitura e a Secretaria Municipal da Educação faz toda a concepção de equipar e mobiliar de acordo com nossa proposta pedagógica. Aqui, vamos atender 100 crianças em tempo integral desde o berçário até o Infantil III. Ele se soma a todo nosso parque de unidades de ensino, todo gerenciado dentro da nossa política, com professores qualificados, selecionados por prova e títulos, assim como toda a gestão do centro", salientou a secretária Dalila Saldanha.

A expectativa é de que as aulas da unidade iniciem na próxima semana, informou Saldanha.

O CEI construído no Residencial Miguel Arraes atenderá também os moradores do Residencial Rachel de Queiroz, beneficiando 1.500 famílias, sendo 1.200 do Residencial Miguel Arraes e 300 do Residencial Rachel de Queiroz. Os dois integram o conjunto de 13 residenciais que compõem o Projeto Rio Maranguapinho, uma das maiores iniciativas do País a reunir habitação, saneamento, estrutura de mobilidade urbana, intervenções de urbanização e preservação ambiental.

Outros equipamentos no Miguel Arraes

Além do Centro de Educação Infantil (CEI), uma Unidade Básica de Saúde (UBS), uma Escola de Ensino Médio em Tempo Integral e rede de tratamento de esgoto no local fizeram parte das intervenções de melhoria no Residencial. O investimento na ordem de R$ 11.000.000,00 contempla o conjunto de obras, com recurso do Orçamento Geral da União.

A UBS está com a construção concluída, restando agora a montagem de equipamentos e organização de operação para abrir as portas para atender à população.

Rio Maranguapinho

O projeto Rio Maranguapinho tem como área de intervenção a Região Metropolitana de Fortaleza, mais especificamente os municípios de Fortaleza, Maranguape, Maracanaú e Caucaia.

São intervenções que incluem obras de controle e amortecimento de ondas de cheias, dragagem do rio, obras de urbanização e saneamento e obras de habitação popular.

Prefeitura e Governo entregam Centro de Educação Infantil no Residencial Miguel Arraes

A unidade foi construída pelo Governo do Ceará e equipada pela Prefeitura, que ficará responsável pela gestão

dois meninos em uma mesinha na sala de aula do centro de educação infantil
Os alunos matriculados no CEI recebem todo o material da Prefeitura: fardamento, mochila, kit pedagógico e material de higiene para uso no Centro, além de cinco refeições diárias (Fotos: Marcos Moura)

Com capacidade para atender 100 crianças em tempo integral, o Centro de Educação Infantil (CEI) do Residencial Miguel Arraes foi inaugurado nesta segunda-feira (20/09), no Grande Bom Jardim, em evento com a presença do governador Camilo Santana e da primeira-dama, Onélia Santana, do prefeito de Fortaleza, José Sarto, e das secretárias da Educação Estadual, Eliane Estrela, e Municipal, Dalila Saldanha.

Com área construída de 670m², em terreno cedido pelo Governo do Ceará, o CEI teve investimento de R$ 1.445.194,365, construído por meio da Secretaria das Cidades com verba do Orçamento Geral da União (Ministério do Desenvolvimento Regional). Com termo de cessão, a responsabilidade sobre o equipamento passou para a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), responsável por aplicar R$ 58.259,22 para equipar e iniciar a operação do CEI.

"Quando Governo e Prefeitura estão juntos, quem ganha é a população de Fortaleza. Temos percorrido Fortaleza para observar as ações, principalmente no sentido de buscar recuperar o emprego das pessoas. Em breve, eu e Sarto vamos lançar um programa importante para as mulheres de Fortaleza. E nós acreditamos que é através da educação que transformamos a vida das pessoas. Se olharmos para esse CEI, não deixa a desejar a nenhuma creche particular, aqui tem o que há de melhor, e uma coisa que significa muito mais, que é a equipe de profissionais", declarou o governador Camilo Santana.

Somente neste ano, a Prefeitura entregou dois novos Centros de Educação Infantil, um no bairro São Bento e outro no Planalto Ayrton Senna. Os dois contam com atendimento de berçário, promessa de campanha do prefeito José Sarto. Com a unidade entregue nesta segunda-feira, no Grande Bom Jardim, este passa a ser o terceiro CEI com berçário na Capital.

"Externo meu sentimento de gratidão ao governador Camilo Santana. Todos os dias temos nos reunido e trabalhado juntos por Fortaleza. Acompanho e vejo Fortaleza crescer. Hoje, é a economia mais forte do Nordeste. E ao lado do crescimento estão as demandas, construção de escolas, creches, areninhas e postos de saúde. E vocês estão vendo o resultado dessa parceria, comprovando que juntos nós podemos fazer muito mais. Aqui, não temos só um equipamento, mas vidas, professores, cuidadores que vão dar o melhor de si para formar nossas crianças", enfatizou Sarto.

A unidade de atendimento para crianças de 1 a 3 anos conta com cinco salas de aula, laboratório de informática, refeitório, cozinha, berçário, fraldário, banheiro, dormitório, copa, brinquedoteca e playground; setor administrativo, recepção, secretaria, sala de coordenação; ambulatório e almoxarifado.

Os alunos matriculados no CEI, denominado Professor Genuíno Francisco de Sales, recebem cinco refeições diárias e todo o material da Prefeitura: fardamento, mochila, kit pedagógico e material de higiene para uso no Centro.

governador e prefeito descerram a placa do cei
Inauguração do CEI ocorreu nesta segunda-feira (20/09)

"Este CEI é o segundo fruto de doação do Estado ao Município, e temos um terceiro para receber daqui a pouco. O Estado entrega o prédio para a Prefeitura e a Secretaria Municipal da Educação faz toda a concepção de equipar e mobiliar de acordo com nossa proposta pedagógica. Aqui, vamos atender 100 crianças em tempo integral desde o berçário até o Infantil III. Ele se soma a todo nosso parque de unidades de ensino, todo gerenciado dentro da nossa política, com professores qualificados, selecionados por prova e títulos, assim como toda a gestão do centro", salientou a secretária Dalila Saldanha.

A expectativa é de que as aulas da unidade iniciem na próxima semana, informou Saldanha.

O CEI construído no Residencial Miguel Arraes atenderá também os moradores do Residencial Rachel de Queiroz, beneficiando 1.500 famílias, sendo 1.200 do Residencial Miguel Arraes e 300 do Residencial Rachel de Queiroz. Os dois integram o conjunto de 13 residenciais que compõem o Projeto Rio Maranguapinho, uma das maiores iniciativas do País a reunir habitação, saneamento, estrutura de mobilidade urbana, intervenções de urbanização e preservação ambiental.

Outros equipamentos no Miguel Arraes

Além do Centro de Educação Infantil (CEI), uma Unidade Básica de Saúde (UBS), uma Escola de Ensino Médio em Tempo Integral e rede de tratamento de esgoto no local fizeram parte das intervenções de melhoria no Residencial. O investimento na ordem de R$ 11.000.000,00 contempla o conjunto de obras, com recurso do Orçamento Geral da União.

A UBS está com a construção concluída, restando agora a montagem de equipamentos e organização de operação para abrir as portas para atender à população.

Rio Maranguapinho

O projeto Rio Maranguapinho tem como área de intervenção a Região Metropolitana de Fortaleza, mais especificamente os municípios de Fortaleza, Maranguape, Maracanaú e Caucaia.

São intervenções que incluem obras de controle e amortecimento de ondas de cheias, dragagem do rio, obras de urbanização e saneamento e obras de habitação popular.