01 de julho de 2022 em Saúde

Prefeitura empossa 775 novos conselheiros municipais de saúde para o biênio 2022-2024

As eleições aconteceram em 109 dos 151 equipamentos de saúde municipais e a oficialização foi feita por meio do Diário Oficial do Município


grupo de pessoas no auditório da SMS
A solenidade aconteceu na sede da SMS, com a presença do prefeito Sarto, da secretária da saúde Ana Estela Leite, além da participação presencial e virtual dos conselheiros de saúde (Foto: Kiko Silva)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, nesta sexta-feira (01/07), a posse do novo Conselho Municipal de Saúde. A solenidade aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com a presença do prefeito José Sarto, da secretária da saúde Ana Estela Leite, além da participação presencial e virtual dos conselheiros de saúde nas esferas local, regional e municipal eleitos para o biênio 2022-2024.

Dos 151 equipamentos de saúde de Fortaleza, divididos em seis Regionais, um total de 109 participaram das eleições, que resultaram no total de 775 novos conselheiros no município para o período. A oficialização foi feita por meio de publicação no Diário Oficial do Município.

"Os conselheiros são agentes de saúde no sentido mais amplo da palavra, pois eles transformam a saúde de Fortaleza. Desejo aos 775 eleitos sucesso para que possam ajudar a gestão a apontar as dificuldades que temos, além de priorizar a elencarização de prioridades e informações sobre o serviço de saúde, que muitas vezes não conseguimos acesso tão rapidamente. No debate e na divergência, o conselho possui o desafio de propiciar aos fortalezenses uma saúde de qualidade", disse o prefeito.

O Conselho Municipal de Saúde é formado por 24 titulares e 24 suplentes. Além disso, Fortaleza possui conselhos locais em cada uma das unidades de saúde e com representação dentro das seis regionais.

"O Conselho Municipal é um órgão fiscalizador e deliberativo que acompanha todos os atos da gestão, e que tem um papel importante de controle social dentro do Sistema Único de Saúde. Possui composição paritária, com 50% de usuários, 25% de profissionais da saúde e 25% pela gestão. As eleições ocorreram sem interferência e vamos seguir acompanhando o Conselho no que precisarem", detalhou a titular da SMS, Ana Estela Leite.

A vice presidente do Conselho, Maria Ozaneide de Paulo, destacou que a transparência marcou o processo de eleição, além da participação popular. "Com esse tempo de pandemia que estamos vivendo, precisamos recomeçar os trabalhos e o Conselho Municipal tem essa fundamental importância de trazer o controle social para quem realmente precisa", ressaltou.

Prefeitura empossa 775 novos conselheiros municipais de saúde para o biênio 2022-2024

As eleições aconteceram em 109 dos 151 equipamentos de saúde municipais e a oficialização foi feita por meio do Diário Oficial do Município

grupo de pessoas no auditório da SMS
A solenidade aconteceu na sede da SMS, com a presença do prefeito Sarto, da secretária da saúde Ana Estela Leite, além da participação presencial e virtual dos conselheiros de saúde (Foto: Kiko Silva)

A Prefeitura de Fortaleza realizou, nesta sexta-feira (01/07), a posse do novo Conselho Municipal de Saúde. A solenidade aconteceu na sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com a presença do prefeito José Sarto, da secretária da saúde Ana Estela Leite, além da participação presencial e virtual dos conselheiros de saúde nas esferas local, regional e municipal eleitos para o biênio 2022-2024.

Dos 151 equipamentos de saúde de Fortaleza, divididos em seis Regionais, um total de 109 participaram das eleições, que resultaram no total de 775 novos conselheiros no município para o período. A oficialização foi feita por meio de publicação no Diário Oficial do Município.

"Os conselheiros são agentes de saúde no sentido mais amplo da palavra, pois eles transformam a saúde de Fortaleza. Desejo aos 775 eleitos sucesso para que possam ajudar a gestão a apontar as dificuldades que temos, além de priorizar a elencarização de prioridades e informações sobre o serviço de saúde, que muitas vezes não conseguimos acesso tão rapidamente. No debate e na divergência, o conselho possui o desafio de propiciar aos fortalezenses uma saúde de qualidade", disse o prefeito.

O Conselho Municipal de Saúde é formado por 24 titulares e 24 suplentes. Além disso, Fortaleza possui conselhos locais em cada uma das unidades de saúde e com representação dentro das seis regionais.

"O Conselho Municipal é um órgão fiscalizador e deliberativo que acompanha todos os atos da gestão, e que tem um papel importante de controle social dentro do Sistema Único de Saúde. Possui composição paritária, com 50% de usuários, 25% de profissionais da saúde e 25% pela gestão. As eleições ocorreram sem interferência e vamos seguir acompanhando o Conselho no que precisarem", detalhou a titular da SMS, Ana Estela Leite.

A vice presidente do Conselho, Maria Ozaneide de Paulo, destacou que a transparência marcou o processo de eleição, além da participação popular. "Com esse tempo de pandemia que estamos vivendo, precisamos recomeçar os trabalhos e o Conselho Municipal tem essa fundamental importância de trazer o controle social para quem realmente precisa", ressaltou.