20 de janeiro de 2014 em Mobilidade

Prefeitura inaugura primeira etapa do Novo Terminal Antônio Bezerra

O equipamento foi reformado e ampliado, com melhorias como plataformas acessíveis, pistas de concreto, túnel de acesso e bicicletário


Roberto Cláudio explicou que o Novo Terminal Antônio Bezerra servirá como modelo para os demais em termos de infraesrutura (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza entregou, na manhã desta segunda-feira (20/01), a primeira etapa do Novo Terminal Antônio Bezerra, em funcionamento desde a madrugada de hoje. A obra integra o Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e terá sequência com a reconstrução da área antiga do terminal, cuja entrega está prevista para agosto de 2014. Com a requalificação, orçada em aproximadamente R$ 17 milhões, o espaço aumentará de 12 mil m² para 29 mil m².

Quando a segunda etapa do terminal for entregue, a ideia é que esta seção seja somente para ônibus BRT (Bus Rapid Transit) que transitarão nos corredores exclusivos da cidade. “Com a inauguração desse terminal em agosto, a gente irá inaugurar também o primeiro corredor exclusivo real de ônibus em Fortaleza, que será Antônio Bezerra - Centro da Cidade, andando pelo canteiro central à esquerda”, afirmou o Prefeito Roberto Cláudio, apontando que o corredor Antônio Bezerra - Papicu será concluído até dezembro de 2015.

Ele explicou que o Novo Terminal Antônio Bezerra servirá como modelo para os demais em termos de infraesrutura. “Todos os outros terminais passarão por intervenções que não só modernizem e ampliem esses espaços, mas principalmente adaptem a esse novo tipo de realidade”. Ainda no primeiro semestre deste ano serão lançadas as datas de início das obras dos terminais Parangaba e Siqueira. “A Parangaba é um grande desafio e oportunidade, é uma área que tem se consolidado com um ponto comercial com seu entorno. Ali teremos um grande polo de integração de vários modais: van, ônibus, VLT e metrô”, explicou.

Para garantir o funcionamento adequado das 46 linhas de ônibus que passam pelo local, transportando uma média diária de 200 mil passageiros, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) ampliou o número de auxiliares para orientar os passageiros, de 12 para 32 em cada turno. Toda a estrutura de sinalização e operação foi reformulada para atuar provisoriamente em duas plataformas de embarque e desembarque. “A orientação é que os usuários cheguem um pouco mais cedo para se informarem sobre a localização das paradas de ônibus e a qual plataforma devem se dirigir”, pontuou Samuel Dias, titular da Secretaria de Infraestrutura (Seinf)

O novo equipamento conta com plataformas de embarque e desembarque para melhorar a acessibilidade aos ônibus, piso industrial, bicicletário, prédio para a Administração do terminal, posto de controle, cobertura em estrutura metálica, pavimento rígido para circulação de ônibus, auditório, rampas e túnel de acesso às plataformas para evitar o cruzamento entre os pedestres e os ônibus. Além disso, o usuário poderá usufruir dos novos boxes comerciais, entrada de bilheteria para acesso de passageiros, boxes para instalação de serviços e bateria de banheiros acessíveis. Os boxes comerciais continuarão com seu funcionamento normal, mas operando provisoriamente em containers.

Para a estudante Marcela Tomé, a ampliação do terminal Antônio Bezerra era necessária. “Eu acho que melhorou. Por enquanto está um pouco complicado, pois é um momento de adaptação. Mas com o tempo vai melhorando ainda mais, as pessoas vão se acostumando, o comércio vai ficando mais organizado”, disse.

Paralisada desde agosto de 2009 devido a entraves relacionados às desapropriações do entorno e inconsistências no projeto, a obra foi retomada em março de 2013. O projeto de ampliação do equipamento passou por ajustes e adaptações para trazer modernidade e conforto à população. 

Prefeitura inaugura primeira etapa do Novo Terminal Antônio Bezerra

O equipamento foi reformado e ampliado, com melhorias como plataformas acessíveis, pistas de concreto, túnel de acesso e bicicletário

Roberto Cláudio explicou que o Novo Terminal Antônio Bezerra servirá como modelo para os demais em termos de infraesrutura (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza entregou, na manhã desta segunda-feira (20/01), a primeira etapa do Novo Terminal Antônio Bezerra, em funcionamento desde a madrugada de hoje. A obra integra o Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor) e terá sequência com a reconstrução da área antiga do terminal, cuja entrega está prevista para agosto de 2014. Com a requalificação, orçada em aproximadamente R$ 17 milhões, o espaço aumentará de 12 mil m² para 29 mil m².

Quando a segunda etapa do terminal for entregue, a ideia é que esta seção seja somente para ônibus BRT (Bus Rapid Transit) que transitarão nos corredores exclusivos da cidade. “Com a inauguração desse terminal em agosto, a gente irá inaugurar também o primeiro corredor exclusivo real de ônibus em Fortaleza, que será Antônio Bezerra - Centro da Cidade, andando pelo canteiro central à esquerda”, afirmou o Prefeito Roberto Cláudio, apontando que o corredor Antônio Bezerra - Papicu será concluído até dezembro de 2015.

Ele explicou que o Novo Terminal Antônio Bezerra servirá como modelo para os demais em termos de infraesrutura. “Todos os outros terminais passarão por intervenções que não só modernizem e ampliem esses espaços, mas principalmente adaptem a esse novo tipo de realidade”. Ainda no primeiro semestre deste ano serão lançadas as datas de início das obras dos terminais Parangaba e Siqueira. “A Parangaba é um grande desafio e oportunidade, é uma área que tem se consolidado com um ponto comercial com seu entorno. Ali teremos um grande polo de integração de vários modais: van, ônibus, VLT e metrô”, explicou.

Para garantir o funcionamento adequado das 46 linhas de ônibus que passam pelo local, transportando uma média diária de 200 mil passageiros, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) ampliou o número de auxiliares para orientar os passageiros, de 12 para 32 em cada turno. Toda a estrutura de sinalização e operação foi reformulada para atuar provisoriamente em duas plataformas de embarque e desembarque. “A orientação é que os usuários cheguem um pouco mais cedo para se informarem sobre a localização das paradas de ônibus e a qual plataforma devem se dirigir”, pontuou Samuel Dias, titular da Secretaria de Infraestrutura (Seinf)

O novo equipamento conta com plataformas de embarque e desembarque para melhorar a acessibilidade aos ônibus, piso industrial, bicicletário, prédio para a Administração do terminal, posto de controle, cobertura em estrutura metálica, pavimento rígido para circulação de ônibus, auditório, rampas e túnel de acesso às plataformas para evitar o cruzamento entre os pedestres e os ônibus. Além disso, o usuário poderá usufruir dos novos boxes comerciais, entrada de bilheteria para acesso de passageiros, boxes para instalação de serviços e bateria de banheiros acessíveis. Os boxes comerciais continuarão com seu funcionamento normal, mas operando provisoriamente em containers.

Para a estudante Marcela Tomé, a ampliação do terminal Antônio Bezerra era necessária. “Eu acho que melhorou. Por enquanto está um pouco complicado, pois é um momento de adaptação. Mas com o tempo vai melhorando ainda mais, as pessoas vão se acostumando, o comércio vai ficando mais organizado”, disse.

Paralisada desde agosto de 2009 devido a entraves relacionados às desapropriações do entorno e inconsistências no projeto, a obra foi retomada em março de 2013. O projeto de ampliação do equipamento passou por ajustes e adaptações para trazer modernidade e conforto à população.