10 de setembro de 2021 em Juventude

Prefeitura lança edição 2021 da campanha "Jovem Vivo" na Rede Cuca

A programação é gratuita e será realizada durante todo o mês de setembro


Em alusão ao Setembro Amarelo, campanha nacional que visa conscientizar as pessoas sobre o suicídio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), lança, nesta segunda-feira (13/09), às 9h, no Cuca Mondubim, a campanha "Jovem Vivo". O tema do webinário que marca o início das atividades é "A Saúde Mental da Juventude de Fortaleza: Covid-19 e seus Impactos".

O objetivo da ação é promover atividades de valorização a saúde mental dos jovens que frequentam ou são atendidos em territórios próximo à Rede Cuca, propondo reflexões sobre a vida e importância do autocuidado.

A campanha "Jovem Vivo", que aconteceu pela primeira vez em 2019, surgiu por meio do olhar das equipes da Rede Cuca sobre os fatores geradores de transtornos psicológicos.

A programação, que é gratuita, ocorre nos equipamentos localizados na Barra do Ceará, Jangurussu, Mondubim e José Walter, durante todo o mês de setembro e contará com oficinas artesanais, rodas de conversas, blitz de saúde mental, intervenção artísticas, cine debates, além de um webinário com o tema "Pandemia e a Saúde Menual das Juventudes".

Confira a programação completa

Saiba mais

Recentemente, foi divulgada a pesquisa realizada pela Coordenadoria de Juventude que apresentou dados de como a crise sanitária impactou a vida dos jovens.

Para 85% da população jovem de Fortaleza, a saúde emocional piorou na pandemia

Sobre a Rede Cuca

É uma rede de proteção social e oportunidades formada por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.

Geridos pelo Instituto Cuca, os Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também visa levar para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.

 

Prefeitura lança edição 2021 da campanha "Jovem Vivo" na Rede Cuca

A programação é gratuita e será realizada durante todo o mês de setembro

Em alusão ao Setembro Amarelo, campanha nacional que visa conscientizar as pessoas sobre o suicídio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), lança, nesta segunda-feira (13/09), às 9h, no Cuca Mondubim, a campanha "Jovem Vivo". O tema do webinário que marca o início das atividades é "A Saúde Mental da Juventude de Fortaleza: Covid-19 e seus Impactos".

O objetivo da ação é promover atividades de valorização a saúde mental dos jovens que frequentam ou são atendidos em territórios próximo à Rede Cuca, propondo reflexões sobre a vida e importância do autocuidado.

A campanha "Jovem Vivo", que aconteceu pela primeira vez em 2019, surgiu por meio do olhar das equipes da Rede Cuca sobre os fatores geradores de transtornos psicológicos.

A programação, que é gratuita, ocorre nos equipamentos localizados na Barra do Ceará, Jangurussu, Mondubim e José Walter, durante todo o mês de setembro e contará com oficinas artesanais, rodas de conversas, blitz de saúde mental, intervenção artísticas, cine debates, além de um webinário com o tema "Pandemia e a Saúde Menual das Juventudes".

Confira a programação completa

Saiba mais

Recentemente, foi divulgada a pesquisa realizada pela Coordenadoria de Juventude que apresentou dados de como a crise sanitária impactou a vida dos jovens.

Para 85% da população jovem de Fortaleza, a saúde emocional piorou na pandemia

Sobre a Rede Cuca

É uma rede de proteção social e oportunidades formada por quatro Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), mantidos pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude.

Geridos pelo Instituto Cuca, os Cucas Barra, Mondubim, Jangurussu e José Walter atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e a garantia de direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também visa levar para a periferia de Fortaleza possibilidades e alternativas de fruição cultural por meio da realização de eventos estratégicos, festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.