14 de julho de 2021 em Juventude

Prefeitura lança pesquisa para avaliar impacto da pandemia nas juventudes de Fortaleza

Resultado servirá para definir estratégias de atuação para o setor juvenil


A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, está realizando uma pesquisa para analisar o impacto da pandemia no estilo de vida das juventudes de Fortaleza e definir estratégias de atuação e políticas públicas para o setor.

A análise busca compreender de que forma os jovens de 15 a 29 anos têm sido afetados pela pandemia da Covid-19 em áreas como saúde, educação, trabalho, renda e expectativas sobre o futuro. O questionário da pesquisa “Fortaleza: Pandemia e as Juventudes” está disponível até o dia 24 de julho em formulário on-line.

Para o secretário de Juventude de Fortaleza, Davi Gomes, ouvir os jovens da cidade será fundamental para o planejamento de ações futuras. "Queremos entender o que tem acontecido com vocês para elaborarmos projetos já pensando no contexto da pós-pandemia", afirma Davi.

Os jovens não precisam se identificar e a pesquisa leva, aproximadamente, 15 minutos para ser respondida. Os resultados serão apresentados no dia 12 de agosto, Dia Internacional da Juventude.

 

Prefeitura lança pesquisa para avaliar impacto da pandemia nas juventudes de Fortaleza

Resultado servirá para definir estratégias de atuação para o setor juvenil

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, está realizando uma pesquisa para analisar o impacto da pandemia no estilo de vida das juventudes de Fortaleza e definir estratégias de atuação e políticas públicas para o setor.

A análise busca compreender de que forma os jovens de 15 a 29 anos têm sido afetados pela pandemia da Covid-19 em áreas como saúde, educação, trabalho, renda e expectativas sobre o futuro. O questionário da pesquisa “Fortaleza: Pandemia e as Juventudes” está disponível até o dia 24 de julho em formulário on-line.

Para o secretário de Juventude de Fortaleza, Davi Gomes, ouvir os jovens da cidade será fundamental para o planejamento de ações futuras. "Queremos entender o que tem acontecido com vocês para elaborarmos projetos já pensando no contexto da pós-pandemia", afirma Davi.

Os jovens não precisam se identificar e a pesquisa leva, aproximadamente, 15 minutos para ser respondida. Os resultados serão apresentados no dia 12 de agosto, Dia Internacional da Juventude.