15 de dezembro de 2018 em Esporte e Lazer

Prefeitura promove finais da CopArena Fortaleza da Juventude

O evento encerra a sua terceira edição com a mobilização de mais de 10.500 atletas da Cidade


Premio
O Papão Futebol Clube levou o troféu de campeão da CopArena na categoria masculina (Foto: Marcos Moura)
A terceira edição da CopArena Fortaleza da Juventude consagrou, neste sábado (15/12), na Areninha do Pirambu, os times campeões das categorias feminina e masculina de futebol amador da Capital. A iniciativa da Prefeitura de Fortaleza reuniu esforços da Coordenadoria de Juventude e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel), além de contar com a promoção do Sistema Jangadeiro.

Na categoria feminina, a equipe “Leões do Sítio”, do bairro Planalto Ayrton Senna, venceu, por 4 a 0, as “Meninas da SuperLiga”, garantindo o título de bicampeã da competição.

Já o Papão Futebol Clube, do Vila União, venceu, por 2 a 0, a Associação Esportiva Maria Clara, do bairro Quintino Cunha, e levou o troféu de campeão da CopArena na categoria masculina.

O jogador Pinto, atacante do time vencedor, comemorou a conquista. “Ano passado, nós disputamos esse mesmo jogo, contra essa mesma equipe, e perdemos. Essa vitória foi merecida, fruto da nossa garra, da nossa vontade de vencer. Ano passado, ficamos em segundo, nosso grito de campeão ficou engasgado, mas hoje estamos felizes”, garantiu.

Premiação
Além de trofeus e medalhas, as equipes campeãs receberam uma premiação equivalente a R$ 6 mil. Já as equipes vice-campeãs foram condecoradas com R$ 3 mil.

Alcance
O evento, considerado o principal campeonato de futebol não-profissional de Fortaleza, encerra a sua terceira edição com a mobilização de mais de 10.500 atletas dos mais de 100 bairros da Cidade. Ao todo, em 2018, foram selecionadas 504 equipes, distribuídas nas seguintes categorias: 384 na categoria adulto masculino, 96 na Sub-17 masculino e 24 equipes na categoria adulto feminino.

Os jogos da 3ª Coparena iniciaram no dia 25 de setembro e percorreram as 22 Areninhas de Fortaleza, fortalecendo cada vez mais o esporte, a interação e o lazer.

O coordenador Especial de Políticas de Juventude de Fortaleza, Júlio Brizzi, destacou a relevância da competição para a Capital. “A CopArena está consolidada no calendário da Cidade, valorizando o esporte amador. As Areninhas, palco desta competição, promovem utilização social, lazer, diversão, esporte, estimulam o comércio local e revelam talentos. Nós esperamos que esses jovens despontem no cenário local, nacional e internacional. O prefeito Roberto Cláudio tem isso como missão”, pontuou, acrescentando que, direta ou indiretamente, a CopArena 2018 mobilizou cerca de 45 mil pessoas.

Novas oportunidades
Ainda de acordo com Júlio Brizzi, a competição, a partir de 2018, fortalecerá ainda mais as oportunidades destinadas aos jovens atletas. “Os clubes do campeonato cearense sub-20 vão contratar os 10 melhores atletas da CopArena da categoria sub-17 para jogar o campeonato cearense do próximo ano. Serão dois atletas por time, sendo remunerados para isso. Assim, será possível revelar talentos da periferia de Fortaleza”, disse.

Presente no evento, o diretor de formação, esporte e trabalho da Rede Cuca, Luís Fernando de Freitas, avaliou o sucesso da iniciativa. “O retorno que a gente tem das equipes participantes, por meio do sentimento de gratidão e de organização, é recompensador. Essa parceria com os grandes clubes cearenses irá fortalecer esse cenário de melhorias para a juventude”, finalizou.

Prefeitura promove finais da CopArena Fortaleza da Juventude

O evento encerra a sua terceira edição com a mobilização de mais de 10.500 atletas da Cidade

Premio
O Papão Futebol Clube levou o troféu de campeão da CopArena na categoria masculina (Foto: Marcos Moura)
A terceira edição da CopArena Fortaleza da Juventude consagrou, neste sábado (15/12), na Areninha do Pirambu, os times campeões das categorias feminina e masculina de futebol amador da Capital. A iniciativa da Prefeitura de Fortaleza reuniu esforços da Coordenadoria de Juventude e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel), além de contar com a promoção do Sistema Jangadeiro.

Na categoria feminina, a equipe “Leões do Sítio”, do bairro Planalto Ayrton Senna, venceu, por 4 a 0, as “Meninas da SuperLiga”, garantindo o título de bicampeã da competição.

Já o Papão Futebol Clube, do Vila União, venceu, por 2 a 0, a Associação Esportiva Maria Clara, do bairro Quintino Cunha, e levou o troféu de campeão da CopArena na categoria masculina.

O jogador Pinto, atacante do time vencedor, comemorou a conquista. “Ano passado, nós disputamos esse mesmo jogo, contra essa mesma equipe, e perdemos. Essa vitória foi merecida, fruto da nossa garra, da nossa vontade de vencer. Ano passado, ficamos em segundo, nosso grito de campeão ficou engasgado, mas hoje estamos felizes”, garantiu.

Premiação
Além de trofeus e medalhas, as equipes campeãs receberam uma premiação equivalente a R$ 6 mil. Já as equipes vice-campeãs foram condecoradas com R$ 3 mil.

Alcance
O evento, considerado o principal campeonato de futebol não-profissional de Fortaleza, encerra a sua terceira edição com a mobilização de mais de 10.500 atletas dos mais de 100 bairros da Cidade. Ao todo, em 2018, foram selecionadas 504 equipes, distribuídas nas seguintes categorias: 384 na categoria adulto masculino, 96 na Sub-17 masculino e 24 equipes na categoria adulto feminino.

Os jogos da 3ª Coparena iniciaram no dia 25 de setembro e percorreram as 22 Areninhas de Fortaleza, fortalecendo cada vez mais o esporte, a interação e o lazer.

O coordenador Especial de Políticas de Juventude de Fortaleza, Júlio Brizzi, destacou a relevância da competição para a Capital. “A CopArena está consolidada no calendário da Cidade, valorizando o esporte amador. As Areninhas, palco desta competição, promovem utilização social, lazer, diversão, esporte, estimulam o comércio local e revelam talentos. Nós esperamos que esses jovens despontem no cenário local, nacional e internacional. O prefeito Roberto Cláudio tem isso como missão”, pontuou, acrescentando que, direta ou indiretamente, a CopArena 2018 mobilizou cerca de 45 mil pessoas.

Novas oportunidades
Ainda de acordo com Júlio Brizzi, a competição, a partir de 2018, fortalecerá ainda mais as oportunidades destinadas aos jovens atletas. “Os clubes do campeonato cearense sub-20 vão contratar os 10 melhores atletas da CopArena da categoria sub-17 para jogar o campeonato cearense do próximo ano. Serão dois atletas por time, sendo remunerados para isso. Assim, será possível revelar talentos da periferia de Fortaleza”, disse.

Presente no evento, o diretor de formação, esporte e trabalho da Rede Cuca, Luís Fernando de Freitas, avaliou o sucesso da iniciativa. “O retorno que a gente tem das equipes participantes, por meio do sentimento de gratidão e de organização, é recompensador. Essa parceria com os grandes clubes cearenses irá fortalecer esse cenário de melhorias para a juventude”, finalizou.