02 de outubro de 2018 em Juventude

Prefeitura promove final do III Festival de Música da Juventude

Evento ocorre na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará (UFC), neste sábado (06/10), a partir das 17h


Festival de música
Entre 141 inscritos, foram selecionados 36 projetos musicais

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), promoverá a final do III Festival de Música da Juventude, na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará (UFC), neste sábado (06/10), a partir das 17h.  O evento, que é totalmente gratuito, contará com show da banda Selvagens à Procura de Lei.

Os artistas finalistas, selecionados por um júri que incluiu os músicos Aparecida Silvino, Marcos Maia, Haroldo Holanda e Mimi Rocha, são Alumiário, Berlim Tropical, Gravatas Borboletas, Lascaux, Matu Miranda e Outragalera. Ao todo, dentre 141 inscritos, foram selecionados 36 projetos musicais para participação nas seis seletivas realizadas na cidade entre os meses de agosto e setembro.

As três primeiras seletivas do festival aconteceram na Rede Cuca Jangurussu, Barra e Mondubim, no mês de agosto, integradas à programação dos Viradões da Juventude.
 
A quarta etapa foi realizada no Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), no bairro José Walter e a quinta no CCDH do bairro Pici, locais onde serão instalados os novos equipamentos da Rede Cuca. Já, a sexta e última seletiva ocorreu no Estoril, local icônico e tradicionalmente inspirador para os músicos da cidade. Todas estas, durante o mês de setembro.

Os três primeiros colocados receberão trófeu e a seguinte premiação: 1º lugar, R$ 10 mil; 2º lugar, R$ 7 mil e o 3º lugar, R$ 5 mil. Os demais participantes que se apresentarem durante a etapa final receberão a premiação de R$ 1 mil e troféu. Todos os 36 projetos musicais que se apresentaram nas seletivas receberão, à título de ajuda de custo, o valor de R $ 500,00 (quinhentos reais) por apresentação.

O secretário de Juventude, Julio Brizzi, destaca a importância do evento para a Capital. “A terceira edição do Festival de Música consolida um grande marco para a cultura e para a juventude de Fortaleza. Fico muito feliz por saber que novos talentos da música cearense estão sendo formados neste festival. As bandas apresentaram trabalhos de excelente qualidade”, afirma.

Conheça os finalistas

Alumiário: é uma banda autoral instrumental cearense formada em 2016. Com referências peculiares, a banda apresenta em suas performances uma proposta que mescla elementos contemporâneos, jazz, noise, rock e música regional.

Belim Tropical:  grupo musical e coletivo que agora junta forças para formar um show marcado pelo estilo Pop-DiscoPunk com referências do New Wave e Dance Music, dos projetos New Model e Intuición.

Gravatas Borboletas: banda surgiu quando os dois amigos de infância Diego Barros (guitarra) e João Pedro (voz) decidiram começar a praticar guitarra. Após três anos de preparação e um EP gravado, a banda se sente com a confiança necessária para realizar apresentações marcantes.

Lascaux: é uma banda de Fortaleza que apresenta composições autorais há pouco mais de um ano. Revirando os detritos da vida urbana e nostalgias coletivas, os integrantes cantam as dores e delícias de se viver, intensamente, o agora.

Outragalera: é um experimento de cultura digital que dialoga com diversos gêneros musicais. A sonoridade, feita a partir de beats, explora o dub, reggae e hip-hop/rap com samples e outros elementos, sempre dialogando com os instrumentos tocados pelo Trio.

Matu Miranda: jovem cantor, compositor e violonista que vem lapidando e apresentando ao público seu primeiro trabalho. Aos 23 anos de idade sua personalidade musical propõe novos caminhos harmônicos e melódicos em suas canções.

Mais informações
O Festival de Música da Juventude busca resgatar os grandes festivais de música da cidade. Além de relevar novos talentos, a iniciativa contribui para a formação dos jovens por meio da promoção de workshows, cursos e oficinas voltadas para temas específicos do segmento da música.

Os artistas selecionados no Festival de Música da Juventude tiveram acesso à formação modular, palestras e workshops que abordaram diferentes temas a respeito do mercado da música, cadeia produtiva, direitos autorais, produção musical e gestão da carreira.

Serviço
Final - III Festival de Música da Juventude
Data: 06/10 (sábado)
Horário: 17h
Local: Concha Acústica (UFC) - Av. da Universidade, 2853 - Benfica

Prefeitura promove final do III Festival de Música da Juventude

Evento ocorre na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará (UFC), neste sábado (06/10), a partir das 17h

Festival de música
Entre 141 inscritos, foram selecionados 36 projetos musicais

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ), promoverá a final do III Festival de Música da Juventude, na Concha Acústica da Universidade Federal do Ceará (UFC), neste sábado (06/10), a partir das 17h.  O evento, que é totalmente gratuito, contará com show da banda Selvagens à Procura de Lei.

Os artistas finalistas, selecionados por um júri que incluiu os músicos Aparecida Silvino, Marcos Maia, Haroldo Holanda e Mimi Rocha, são Alumiário, Berlim Tropical, Gravatas Borboletas, Lascaux, Matu Miranda e Outragalera. Ao todo, dentre 141 inscritos, foram selecionados 36 projetos musicais para participação nas seis seletivas realizadas na cidade entre os meses de agosto e setembro.

As três primeiras seletivas do festival aconteceram na Rede Cuca Jangurussu, Barra e Mondubim, no mês de agosto, integradas à programação dos Viradões da Juventude.
 
A quarta etapa foi realizada no Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), no bairro José Walter e a quinta no CCDH do bairro Pici, locais onde serão instalados os novos equipamentos da Rede Cuca. Já, a sexta e última seletiva ocorreu no Estoril, local icônico e tradicionalmente inspirador para os músicos da cidade. Todas estas, durante o mês de setembro.

Os três primeiros colocados receberão trófeu e a seguinte premiação: 1º lugar, R$ 10 mil; 2º lugar, R$ 7 mil e o 3º lugar, R$ 5 mil. Os demais participantes que se apresentarem durante a etapa final receberão a premiação de R$ 1 mil e troféu. Todos os 36 projetos musicais que se apresentaram nas seletivas receberão, à título de ajuda de custo, o valor de R $ 500,00 (quinhentos reais) por apresentação.

O secretário de Juventude, Julio Brizzi, destaca a importância do evento para a Capital. “A terceira edição do Festival de Música consolida um grande marco para a cultura e para a juventude de Fortaleza. Fico muito feliz por saber que novos talentos da música cearense estão sendo formados neste festival. As bandas apresentaram trabalhos de excelente qualidade”, afirma.

Conheça os finalistas

Alumiário: é uma banda autoral instrumental cearense formada em 2016. Com referências peculiares, a banda apresenta em suas performances uma proposta que mescla elementos contemporâneos, jazz, noise, rock e música regional.

Belim Tropical:  grupo musical e coletivo que agora junta forças para formar um show marcado pelo estilo Pop-DiscoPunk com referências do New Wave e Dance Music, dos projetos New Model e Intuición.

Gravatas Borboletas: banda surgiu quando os dois amigos de infância Diego Barros (guitarra) e João Pedro (voz) decidiram começar a praticar guitarra. Após três anos de preparação e um EP gravado, a banda se sente com a confiança necessária para realizar apresentações marcantes.

Lascaux: é uma banda de Fortaleza que apresenta composições autorais há pouco mais de um ano. Revirando os detritos da vida urbana e nostalgias coletivas, os integrantes cantam as dores e delícias de se viver, intensamente, o agora.

Outragalera: é um experimento de cultura digital que dialoga com diversos gêneros musicais. A sonoridade, feita a partir de beats, explora o dub, reggae e hip-hop/rap com samples e outros elementos, sempre dialogando com os instrumentos tocados pelo Trio.

Matu Miranda: jovem cantor, compositor e violonista que vem lapidando e apresentando ao público seu primeiro trabalho. Aos 23 anos de idade sua personalidade musical propõe novos caminhos harmônicos e melódicos em suas canções.

Mais informações
O Festival de Música da Juventude busca resgatar os grandes festivais de música da cidade. Além de relevar novos talentos, a iniciativa contribui para a formação dos jovens por meio da promoção de workshows, cursos e oficinas voltadas para temas específicos do segmento da música.

Os artistas selecionados no Festival de Música da Juventude tiveram acesso à formação modular, palestras e workshops que abordaram diferentes temas a respeito do mercado da música, cadeia produtiva, direitos autorais, produção musical e gestão da carreira.

Serviço
Final - III Festival de Música da Juventude
Data: 06/10 (sábado)
Horário: 17h
Local: Concha Acústica (UFC) - Av. da Universidade, 2853 - Benfica