Primeira colheita da Horta Social em 2021 será doada para entidades que atendem pessoas idosas em Fortaleza

02 de fevereiro de 2021 em Social

Primeira colheita da Horta Social em 2021 será doada para entidades que atendem pessoas idosas em Fortaleza

O alimento, produzido de forma 100% natural, beneficiará cerca de mil idosos


mulhr com máscara colher uma couve manteiga dentro da estufa da horta social
Por conta da pandemia, as atividades presenciais da Horta Social estão suspensas desde de março de 2020. Mas o projeto continua com as doações às entidades beneficentes (Foto: SDHDS/divulgação)

Nesta quinta-feira (04/02), a partir das 7h, a Prefeitura de Fortaleza fará a distribuição da primeira colheita em 2021 da Horta Social do Conjunto Ceará. Cinco entidades que atendem o público idoso na cidade serão beneficiadas. A ação é articulada pela Coordenadoria de Políticas Públicas Para Pessoa Idosa, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), e faz parte do projeto Fortaleza Cidade Amiga do Idoso.

Serão distribuídos 567 quilos de hortaliças (322 kg de alface, 205 kg de coentro e 40 kg de couve). O alimento, produzido de forma 100% natural, será distribuído para a Santa Casa de Misericórdia, Unidade Abrigo de Idoso Olavo Bilac, Instituto Hesed, Lar Torres de Melo e Associação Casa de Abrigo do Idoso Três Irmãs, beneficiando cerca de mil idosos. É importante salientar que os carros que vão transportar os alimentos até as entidades serão desinfectados.

Por conta da pandemia da Covid-19, as atividades presenciais do Projeto Horta Social estão suspensas desde de março de 2020. Mesmo assim, a coordenação do projeto continua com as doações de hortaliças às entidades beneficentes e, durante o ano de 2020, distribuiu cerca de 13,5 toneladas de alimentos.

Sobre as Hortas Sociais

Instituído em junho de 2016, o Projeto Hortas Sociais da Prefeitura de Fortaleza tem contribuído para melhorar a vida de milhares de pessoas idosas em situação de vulnerabilidade social, ao mesmo tempo em que incentiva a agricultura urbana e estímulo ao convívio social de famílias em situação de vulnerabilidade social.

As três estufas mantidas pelo projeto estão localizadas nos bairros Conjunto Ceará e Granja Portugal. Nas unidades são produzidas hortaliças, como couve manteiga, alface, coentro, pimentinha de cheiro, tomate cereja, pimentão vermelho, pimentão verde, pimentão amarelo, maxixe e quiabo.

O Projeto Hortas Sociais é executado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio do Núcleo de Produções Culturais e Esportivas (Nuproce), instituição sem fins lucrativos que capta recursos via Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Fortaleza.

Primeira colheita da Horta Social em 2021 será doada para entidades que atendem pessoas idosas em Fortaleza

O alimento, produzido de forma 100% natural, beneficiará cerca de mil idosos

mulhr com máscara colher uma couve manteiga dentro da estufa da horta social
Por conta da pandemia, as atividades presenciais da Horta Social estão suspensas desde de março de 2020. Mas o projeto continua com as doações às entidades beneficentes (Foto: SDHDS/divulgação)

Nesta quinta-feira (04/02), a partir das 7h, a Prefeitura de Fortaleza fará a distribuição da primeira colheita em 2021 da Horta Social do Conjunto Ceará. Cinco entidades que atendem o público idoso na cidade serão beneficiadas. A ação é articulada pela Coordenadoria de Políticas Públicas Para Pessoa Idosa, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), e faz parte do projeto Fortaleza Cidade Amiga do Idoso.

Serão distribuídos 567 quilos de hortaliças (322 kg de alface, 205 kg de coentro e 40 kg de couve). O alimento, produzido de forma 100% natural, será distribuído para a Santa Casa de Misericórdia, Unidade Abrigo de Idoso Olavo Bilac, Instituto Hesed, Lar Torres de Melo e Associação Casa de Abrigo do Idoso Três Irmãs, beneficiando cerca de mil idosos. É importante salientar que os carros que vão transportar os alimentos até as entidades serão desinfectados.

Por conta da pandemia da Covid-19, as atividades presenciais do Projeto Horta Social estão suspensas desde de março de 2020. Mesmo assim, a coordenação do projeto continua com as doações de hortaliças às entidades beneficentes e, durante o ano de 2020, distribuiu cerca de 13,5 toneladas de alimentos.

Sobre as Hortas Sociais

Instituído em junho de 2016, o Projeto Hortas Sociais da Prefeitura de Fortaleza tem contribuído para melhorar a vida de milhares de pessoas idosas em situação de vulnerabilidade social, ao mesmo tempo em que incentiva a agricultura urbana e estímulo ao convívio social de famílias em situação de vulnerabilidade social.

As três estufas mantidas pelo projeto estão localizadas nos bairros Conjunto Ceará e Granja Portugal. Nas unidades são produzidas hortaliças, como couve manteiga, alface, coentro, pimentinha de cheiro, tomate cereja, pimentão vermelho, pimentão verde, pimentão amarelo, maxixe e quiabo.

O Projeto Hortas Sociais é executado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio do Núcleo de Produções Culturais e Esportivas (Nuproce), instituição sem fins lucrativos que capta recursos via Fundo Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Fortaleza.