10 de agosto de 2019 em Juventude

Público lota Cuca Mondubim na abertura do Viradão do Juventude 2019

A iniciativa, considerada a maior virada cultural de Fortaleza, promove quase 120 horas e mais de 300 atividades gratuitas abertas ao público em geral


palco onde uma banda se apresenta
O Viradão toma conta dos equipamentos da Rede Cuca de Fortaleza neste mês de agosto

Teve início na noite desta sexta-feira (09/08), no Cuca do Mondubim, a quarta edição do Viradão da Juventude. A iniciativa, considerada a maior virada cultural da Capital, promove quase 120 horas e mais de 300 atividades gratuitas abertas ao público em geral, que envolvem experiências culturais e esportivas, além de ações voltadas ao mercado de trabalho, empregabilidade e empreendedorismo. O evento reúne esforços da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ).

O Viradão toma conta dos equipamentos da Rede Cuca de Fortaleza neste mês de agosto. A Rede Cuca Mondubim é o palco de abertura nesta sexta e sábado (09 e 10/08) A segunda etapa da programação acontecerá nos dias 16 e 17 de agosto na Rede Cuca Barra. Já última etapa está prevista para os dias 23 e 24 de agosto na Rede Cuca Jangurussu. Confira a programação completa.

A expectativa para 2019 é receber um público de mais de 12 mil pessoas de diferentes comunidades nos três equipamentos da Rede. Em 2018, nos três Cucas, foram 180 atividades com um público participante estimado em 11 mil pessoas. Já em 2019, há, basicamente, o triplo dessa oferta

O titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, ressalta a importância desse evento por ser a culminância do que os jovens da periferia de Fortaleza realizam dentro da Rede Cuca. “É um evento em três etapas que reúne diversas oportunidades. Todo ano, a Prefeitura vem investindo cada vez mais em juventude, novos projetos e editais são criados, e vem apenas confirmando a o sucesso das políticas públicas implantadas”, ressaltou.

Talentos no Viradão

Iago Gadelha, de 25 anos, fez parte da apresentação do "Cuca Band", com repertório que contempla o tema diversidade. O projeto reúne cerca de 10 jovens que realizam performances, tributos e se integram em prol da arte. "É importante ter um espaço nos bairros para que a juventude possa se expressar, praticar e se encontrar, até mesmo dentro do mercado de trabalho. Esse evento reúne tudo que nós somos", disse.

Performando acrobacias nos espaços da festa do Viradão também estava Rafaely Santos, de 24 anos. Ela entrou na Rede Cuca aos 14, onde fez cursos de produção, iluminação e outros temas relacionados ao teatro, além de onde se descobriu dentro das artes circenses, onde hoje apresenta o mostra Andaime do curso de formação Co Laboratorio em Artes Circenses.

Sobre o Viradão da Juventude, para ela, “é muito importante porque a gente troca, conhece outras linguagens e outras pessoas da cidade. Reafirma o que a gente acredita no fazer teatro porque outras pessoas também acreditam”, afirmou.

Viradão da Juventude 2019
Datas:
- 09 e 10 (Cuca Mondubim)
- 16 e 17 (Cuca Barra)
- 23 e 24 (Cuca Jangurussu)
Horário: a partir das 8h da sexta-feira até as 23h do sábado
Locais:
- Rede Cuca Barra (Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará)
- Rede Cuca Mondubim (Av. Governador Leonel Brizola, S/N - Jangurussu)
- Rede Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, S/N - Mondubim)

Público lota Cuca Mondubim na abertura do Viradão do Juventude 2019

A iniciativa, considerada a maior virada cultural de Fortaleza, promove quase 120 horas e mais de 300 atividades gratuitas abertas ao público em geral

palco onde uma banda se apresenta
O Viradão toma conta dos equipamentos da Rede Cuca de Fortaleza neste mês de agosto

Teve início na noite desta sexta-feira (09/08), no Cuca do Mondubim, a quarta edição do Viradão da Juventude. A iniciativa, considerada a maior virada cultural da Capital, promove quase 120 horas e mais de 300 atividades gratuitas abertas ao público em geral, que envolvem experiências culturais e esportivas, além de ações voltadas ao mercado de trabalho, empregabilidade e empreendedorismo. O evento reúne esforços da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ).

O Viradão toma conta dos equipamentos da Rede Cuca de Fortaleza neste mês de agosto. A Rede Cuca Mondubim é o palco de abertura nesta sexta e sábado (09 e 10/08) A segunda etapa da programação acontecerá nos dias 16 e 17 de agosto na Rede Cuca Barra. Já última etapa está prevista para os dias 23 e 24 de agosto na Rede Cuca Jangurussu. Confira a programação completa.

A expectativa para 2019 é receber um público de mais de 12 mil pessoas de diferentes comunidades nos três equipamentos da Rede. Em 2018, nos três Cucas, foram 180 atividades com um público participante estimado em 11 mil pessoas. Já em 2019, há, basicamente, o triplo dessa oferta

O titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, ressalta a importância desse evento por ser a culminância do que os jovens da periferia de Fortaleza realizam dentro da Rede Cuca. “É um evento em três etapas que reúne diversas oportunidades. Todo ano, a Prefeitura vem investindo cada vez mais em juventude, novos projetos e editais são criados, e vem apenas confirmando a o sucesso das políticas públicas implantadas”, ressaltou.

Talentos no Viradão

Iago Gadelha, de 25 anos, fez parte da apresentação do "Cuca Band", com repertório que contempla o tema diversidade. O projeto reúne cerca de 10 jovens que realizam performances, tributos e se integram em prol da arte. "É importante ter um espaço nos bairros para que a juventude possa se expressar, praticar e se encontrar, até mesmo dentro do mercado de trabalho. Esse evento reúne tudo que nós somos", disse.

Performando acrobacias nos espaços da festa do Viradão também estava Rafaely Santos, de 24 anos. Ela entrou na Rede Cuca aos 14, onde fez cursos de produção, iluminação e outros temas relacionados ao teatro, além de onde se descobriu dentro das artes circenses, onde hoje apresenta o mostra Andaime do curso de formação Co Laboratorio em Artes Circenses.

Sobre o Viradão da Juventude, para ela, “é muito importante porque a gente troca, conhece outras linguagens e outras pessoas da cidade. Reafirma o que a gente acredita no fazer teatro porque outras pessoas também acreditam”, afirmou.

Viradão da Juventude 2019
Datas:
- 09 e 10 (Cuca Mondubim)
- 16 e 17 (Cuca Barra)
- 23 e 24 (Cuca Jangurussu)
Horário: a partir das 8h da sexta-feira até as 23h do sábado
Locais:
- Rede Cuca Barra (Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará)
- Rede Cuca Mondubim (Av. Governador Leonel Brizola, S/N - Jangurussu)
- Rede Cuca Mondubim (Rua Santa Marlúcia, S/N - Mondubim)