23 de abril de 2020 em Saúde

Terminal do Papicu recebe ação de desinfecção por militares para combate ao coronavírus

Iniciativa contou com o trabalho de 15 militares especialistas que atuaram em locais de uso coletivo


homems fazem a desinfecção do terminal do papicu
A operação contou com o trabalho de 15 militares especialistas em Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) (Crédito: Divulgação/10ª Região Militar)

O Terminal do Papicu recebeu, na madrugada desta terça-feira (22), uma ação de desinfecção, realizada pelos militares da 10ª Região Militar (10ª RM), Região Martim Soares Moreno. A Operação é resultado da parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a 10ª Região Militar e o Governo do Estado do Ceará.

A iniciativa teve como objetivo contribuir para a contenção e mitigação dos impactos causados pelo coronavírus no local, consolidada área de grande fluxo de pessoas.

A operação contou com o trabalho de 15 militares especialistas em Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN), que atuaram nas plataformas do terminal, em locais de uso coletivo, e receberam apoio logístico e de segurança de outros militares.

Na ocasião, agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e agentes do terminal também participaram da ação como observadores.

banner do canal coronavírus fortaleza

Terminal do Papicu recebe ação de desinfecção por militares para combate ao coronavírus

Iniciativa contou com o trabalho de 15 militares especialistas que atuaram em locais de uso coletivo

homems fazem a desinfecção do terminal do papicu
A operação contou com o trabalho de 15 militares especialistas em Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN) (Crédito: Divulgação/10ª Região Militar)

O Terminal do Papicu recebeu, na madrugada desta terça-feira (22), uma ação de desinfecção, realizada pelos militares da 10ª Região Militar (10ª RM), Região Martim Soares Moreno. A Operação é resultado da parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a 10ª Região Militar e o Governo do Estado do Ceará.

A iniciativa teve como objetivo contribuir para a contenção e mitigação dos impactos causados pelo coronavírus no local, consolidada área de grande fluxo de pessoas.

A operação contou com o trabalho de 15 militares especialistas em Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear (DQBRN), que atuaram nas plataformas do terminal, em locais de uso coletivo, e receberam apoio logístico e de segurança de outros militares.

Na ocasião, agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE) e agentes do terminal também participaram da ação como observadores.

banner do canal coronavírus fortaleza