15 de março de 2019 em Saúde

Unidade Amiga da Primeira Infância é destaque no Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades

Iniciativas voltadas à saúde e ao bem-estar pautaram a programação do terceiro painel do segundo dia do evento, que segue até este sábado (16/03) no Centro de Eventos do Ceará


Painel
A secretária Joana Maciel debateu o assunto com gestores nacionais e internacionais (Foto: Rodrigo Carvalho)

A Unidade Amiga da Primeira Infância, iniciativa que visa ao fortalecimento da puericultura, foi destaque no 3º Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades. Durante o segundo dia do evento, que segue até este sábado (16/03) no Centro de Eventos do Ceará, a secretária da Saúde da Capital, Joana Maciel, apresentou alternativas implantadas pela atual gestão para garantir o desenvolvimento físico e psíquico das crianças fortalezenses desde o período da gestação.

Confira aqui a programação completa

Denominado “Saúde e Políticas Públicas: como sair do estado crítico”, o terceiro painel do dia, cuja temática abordou ações pertinentes ao bem-estar e à qualidade de vida, contou com a participação de Guilherme Schettino, diretor do Instituto de Responsabilidade Social na Sociedade Israelita Albert Einstein, e de Ennio Svitone, consultor independente com atuação no Unicef no Brasil, na Colômbia, na Libéria e na Nicarágua. Na ocasião, enriquecendo a abordagem e o intercâmbio de experiências exitosas, os painelistas expuseram desafios atuais e iniciativas de sucesso em territórios e áreas de atuação diversas.

Na oportunidade, Joana Maciel detalhou, diante de gestores nacionais e internacionais, o intuito e as diretrizes da macropolítica da Prefeitura Municipal de Fortaleza, oriunda do Programa Cresça com seu Filho/Criança Feliz, que desprende esforços para alicerçar a cidadania desde a infância.

“A Unidade Amiga da Primeira Infância incentiva o acompanhamento adequado das nossas crianças desde o pré-natal aos dois anos de vida nas nossas Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS). Para isso, buscamos estimular profissionais de saúde, pais, familiares e cuidadores. Foram definidas dez metas no que tangem aleitamento materno, vacinação, administração de ferro e vitamina A, tudo o que uma criança precisa para crescer e se desenvolver de forma saudável. Das nossas 113 unidades, 30 já se inscreveram e esse número tende a crescer. A primeira avaliação será daqui a 6 meses, a gente espera certificá-las, conseguir a adesão de mais equipes para esse projeto que fará a diferença na vida das crianças”, apontou a Secretária.

As diretrizes das atividades desenvolvidas envolvem grupo de gestantes, testes de triagem neonatal, consultas, preenchimento de curvas de crescimento, marcos do desenvolvimento infantil, aleitamento materno exclusivo até os 6 meses, alimentação saudável complementar, suplementação de ferro e vitamina A, esquema vacinal completo e atenção à saúde bucal, que inclui duas consultas no primeiro ano e uma no segundo ano de vida.

A iniciativa reúne a esforços do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Associação Brasileira de Enfermagem Secção Ceará (ABEn-CE) e da Sociedade Cearense de Pediatria (Socep). “As ações de fortalecimento foram aprimoradas a partir da celebração de um convênio, em fevereiro deste ano, para ações de monitoramento, de avaliação e de certificação de metas programáticas nos Postos de Saúde inscritos no programa”, finalizou Joana Maciel.

3º Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades
Durante a programação, que segue até o dia 16 de março no Centro de Eventos do Ceará, especialistas e líderes políticos nacionais e internacionais vêm compartilhando experiências em diversas áreas da administração pública capazes de transformar positivamente cenários urbanos.

Para a finalidade, estão sendo debatidas iniciativas exitosas implantadas em várias cidades do mundo. O objetivo é alinhar desafios e aprendizados com foco na sustentabilidade e na inovação.

Unidade Amiga da Primeira Infância é destaque no Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades

Iniciativas voltadas à saúde e ao bem-estar pautaram a programação do terceiro painel do segundo dia do evento, que segue até este sábado (16/03) no Centro de Eventos do Ceará

Painel
A secretária Joana Maciel debateu o assunto com gestores nacionais e internacionais (Foto: Rodrigo Carvalho)

A Unidade Amiga da Primeira Infância, iniciativa que visa ao fortalecimento da puericultura, foi destaque no 3º Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades. Durante o segundo dia do evento, que segue até este sábado (16/03) no Centro de Eventos do Ceará, a secretária da Saúde da Capital, Joana Maciel, apresentou alternativas implantadas pela atual gestão para garantir o desenvolvimento físico e psíquico das crianças fortalezenses desde o período da gestação.

Confira aqui a programação completa

Denominado “Saúde e Políticas Públicas: como sair do estado crítico”, o terceiro painel do dia, cuja temática abordou ações pertinentes ao bem-estar e à qualidade de vida, contou com a participação de Guilherme Schettino, diretor do Instituto de Responsabilidade Social na Sociedade Israelita Albert Einstein, e de Ennio Svitone, consultor independente com atuação no Unicef no Brasil, na Colômbia, na Libéria e na Nicarágua. Na ocasião, enriquecendo a abordagem e o intercâmbio de experiências exitosas, os painelistas expuseram desafios atuais e iniciativas de sucesso em territórios e áreas de atuação diversas.

Na oportunidade, Joana Maciel detalhou, diante de gestores nacionais e internacionais, o intuito e as diretrizes da macropolítica da Prefeitura Municipal de Fortaleza, oriunda do Programa Cresça com seu Filho/Criança Feliz, que desprende esforços para alicerçar a cidadania desde a infância.

“A Unidade Amiga da Primeira Infância incentiva o acompanhamento adequado das nossas crianças desde o pré-natal aos dois anos de vida nas nossas Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS). Para isso, buscamos estimular profissionais de saúde, pais, familiares e cuidadores. Foram definidas dez metas no que tangem aleitamento materno, vacinação, administração de ferro e vitamina A, tudo o que uma criança precisa para crescer e se desenvolver de forma saudável. Das nossas 113 unidades, 30 já se inscreveram e esse número tende a crescer. A primeira avaliação será daqui a 6 meses, a gente espera certificá-las, conseguir a adesão de mais equipes para esse projeto que fará a diferença na vida das crianças”, apontou a Secretária.

As diretrizes das atividades desenvolvidas envolvem grupo de gestantes, testes de triagem neonatal, consultas, preenchimento de curvas de crescimento, marcos do desenvolvimento infantil, aleitamento materno exclusivo até os 6 meses, alimentação saudável complementar, suplementação de ferro e vitamina A, esquema vacinal completo e atenção à saúde bucal, que inclui duas consultas no primeiro ano e uma no segundo ano de vida.

A iniciativa reúne a esforços do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da Associação Brasileira de Enfermagem Secção Ceará (ABEn-CE) e da Sociedade Cearense de Pediatria (Socep). “As ações de fortalecimento foram aprimoradas a partir da celebração de um convênio, em fevereiro deste ano, para ações de monitoramento, de avaliação e de certificação de metas programáticas nos Postos de Saúde inscritos no programa”, finalizou Joana Maciel.

3º Seminário Internacional de Políticas Públicas Inovadoras para Cidades
Durante a programação, que segue até o dia 16 de março no Centro de Eventos do Ceará, especialistas e líderes políticos nacionais e internacionais vêm compartilhando experiências em diversas áreas da administração pública capazes de transformar positivamente cenários urbanos.

Para a finalidade, estão sendo debatidas iniciativas exitosas implantadas em várias cidades do mundo. O objetivo é alinhar desafios e aprendizados com foco na sustentabilidade e na inovação.