09 de agosto de 2019 em Finanças

Prefeitura abre inscrições para a 12ª edição do Prêmio Sefin para escolas públicas e particulares

Podem participar estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio


Secretário em pé ao lado de alunos em quadra de esportes
O secretário das Finanças, Jurandir Gurgel, destacou que este ano o Prêmio Sefin estende a participação também para os estudantes do Ensino Médio

A Prefeitura de Fortaleza lançou, na manhã desta sexta-feira (09/08), a 12ª edição do Prêmio Sefin de Finanças Públicas, na Escola Municipal de Tempo Integral Maria Odete da Silva Colares, em Messejana. Com o tema “Tributação e Políticas Públicas”, a iniciativa busca promover e estimular a construção de uma consciência cidadã e fiscal. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo professor no site www.premiosefin.com.br. Podem participar os alunos de escolas públicas e particulares do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio.

Mais de 400 alunos e professores da Escola Maria Odete da Silva Colares participaram do evento de lançamento e assistiram a apresentações de teatro de fantoche, grupo musical e recital de poesia, tendo como foco principal a educação fiscal. Na ocasião, o secretário das Finanças, Jurandir Gurgel, destacou que este ano o Prêmio Sefin estende a participação também para os estudantes do Ensino Médio. “A Secretaria das Finanças acredita que é por meio da educação que é possível transformar realidades. Por isso, fizemos uma reestruturação para que chegue cada vez mais às escolas e impacte no dia a dia dos alunos e professores, para que eles compreendam a importância da cidadania fiscal”, disse.

Para Jefferson de Queiroz, secretário adjunto da Secretaria Municipal de Educação (SME), o projeto é uma parceria consolidada entre a Sefin e a Rede Municipal de Ensino, que possibilita a reflexão da educação fiscal e a construção de uma juventude mais consciente, por isso a importância do aprendizado desde cedo. “Jovens mais conscientes do papel do Município, do papel fiscal, da importância da arrecadação e da regularidade fiscal da cidade se tornam adultos mais articulados, que sabem do papel que cada um tem e dos seus direitos”, afirmou.

Secretario adjunto da Educação em pé falando ao microfone e pessoas ao lado sentadas em mesa
Para Jefferson de Queiroz, secretário adjunto da SME, o projeto possibilita a reflexão da educação fiscal e a construção de uma juventude mais consciente

Com o Prêmio, a temática da educação fiscal é levada à sala de aula. Para a diretora da Escola Maria Odete da Silva Colares, Ienatla Lima, é estimulante receber uma iniciativa que fortalece a educação municipal. “Trabalhar a educação fiscal é muito da nossa realidade. Nós entendemos que ao cuidar do patrimônio da escola, estamos ensinando o aluno a valorizar tudo o que ele tem. Explicamos que isso vem através dos impostos pagos pelos pais e é revertido em benefício deles com uma educação de qualidade”, declarou.

A aluna do 8º ano, Mariana Maia, conta que foi uma das ganhadoras do Prêmio Sefin 2018, sendo premiada com um smartphone. “Este Prêmio é importante para a gente se conscientizar de como funcionam os impostos e como ele retorna para a gente. Eu aprendi muito no ano passado e espero aprender ainda mais este ano”, ressaltou a estudante.

O prêmio é composto por três categorias: Desenho para alunos do 1º ao 4º ano; Poema para estudantes do 5º ao 8º; e uma Redação (texto dissertativo-argumentativo) para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio.

As inscrições devem ser feitas somente pelo professor no site www.premiosefin.com.br.

Os estudantes dos três melhores trabalhos de cada ano, de cada categoria, receberão um smartphone. Ao todo, serão 36 alunos ganhadores. Os professores responsáveis por cada aluno também serão contemplados com prêmio em dinheiro no valor de R$ 1.000,00 cada um.

O evento de lançamento também contou com a presença do secretário executivo da Educação, Joaquim Aristides, do secretário executivo da Cultura, Gilvan Paiva, e da coordenadora do Grupo de Educação Fiscal do Estado do Ceará, Imaculada Vidal, além das representantes da Secretaria da Educação do Estado do Ceará, Stella Cavalcante, e da Receita Federal do Brasil, Joselice Lopes.

Prefeitura abre inscrições para a 12ª edição do Prêmio Sefin para escolas públicas e particulares

Podem participar estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio

Secretário em pé ao lado de alunos em quadra de esportes
O secretário das Finanças, Jurandir Gurgel, destacou que este ano o Prêmio Sefin estende a participação também para os estudantes do Ensino Médio

A Prefeitura de Fortaleza lançou, na manhã desta sexta-feira (09/08), a 12ª edição do Prêmio Sefin de Finanças Públicas, na Escola Municipal de Tempo Integral Maria Odete da Silva Colares, em Messejana. Com o tema “Tributação e Políticas Públicas”, a iniciativa busca promover e estimular a construção de uma consciência cidadã e fiscal. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo professor no site www.premiosefin.com.br. Podem participar os alunos de escolas públicas e particulares do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio.

Mais de 400 alunos e professores da Escola Maria Odete da Silva Colares participaram do evento de lançamento e assistiram a apresentações de teatro de fantoche, grupo musical e recital de poesia, tendo como foco principal a educação fiscal. Na ocasião, o secretário das Finanças, Jurandir Gurgel, destacou que este ano o Prêmio Sefin estende a participação também para os estudantes do Ensino Médio. “A Secretaria das Finanças acredita que é por meio da educação que é possível transformar realidades. Por isso, fizemos uma reestruturação para que chegue cada vez mais às escolas e impacte no dia a dia dos alunos e professores, para que eles compreendam a importância da cidadania fiscal”, disse.

Para Jefferson de Queiroz, secretário adjunto da Secretaria Municipal de Educação (SME), o projeto é uma parceria consolidada entre a Sefin e a Rede Municipal de Ensino, que possibilita a reflexão da educação fiscal e a construção de uma juventude mais consciente, por isso a importância do aprendizado desde cedo. “Jovens mais conscientes do papel do Município, do papel fiscal, da importância da arrecadação e da regularidade fiscal da cidade se tornam adultos mais articulados, que sabem do papel que cada um tem e dos seus direitos”, afirmou.

Secretario adjunto da Educação em pé falando ao microfone e pessoas ao lado sentadas em mesa
Para Jefferson de Queiroz, secretário adjunto da SME, o projeto possibilita a reflexão da educação fiscal e a construção de uma juventude mais consciente

Com o Prêmio, a temática da educação fiscal é levada à sala de aula. Para a diretora da Escola Maria Odete da Silva Colares, Ienatla Lima, é estimulante receber uma iniciativa que fortalece a educação municipal. “Trabalhar a educação fiscal é muito da nossa realidade. Nós entendemos que ao cuidar do patrimônio da escola, estamos ensinando o aluno a valorizar tudo o que ele tem. Explicamos que isso vem através dos impostos pagos pelos pais e é revertido em benefício deles com uma educação de qualidade”, declarou.

A aluna do 8º ano, Mariana Maia, conta que foi uma das ganhadoras do Prêmio Sefin 2018, sendo premiada com um smartphone. “Este Prêmio é importante para a gente se conscientizar de como funcionam os impostos e como ele retorna para a gente. Eu aprendi muito no ano passado e espero aprender ainda mais este ano”, ressaltou a estudante.

O prêmio é composto por três categorias: Desenho para alunos do 1º ao 4º ano; Poema para estudantes do 5º ao 8º; e uma Redação (texto dissertativo-argumentativo) para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio.

As inscrições devem ser feitas somente pelo professor no site www.premiosefin.com.br.

Os estudantes dos três melhores trabalhos de cada ano, de cada categoria, receberão um smartphone. Ao todo, serão 36 alunos ganhadores. Os professores responsáveis por cada aluno também serão contemplados com prêmio em dinheiro no valor de R$ 1.000,00 cada um.

O evento de lançamento também contou com a presença do secretário executivo da Educação, Joaquim Aristides, do secretário executivo da Cultura, Gilvan Paiva, e da coordenadora do Grupo de Educação Fiscal do Estado do Ceará, Imaculada Vidal, além das representantes da Secretaria da Educação do Estado do Ceará, Stella Cavalcante, e da Receita Federal do Brasil, Joselice Lopes.