05 de fevereiro de 2019 em Juventude

Atletas da Rede Cuca participam do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu em Florianópolis

As competições acontecem neste fim de semana (09 e 10/02)


jovens competidores
Jovens competidores do jiu-jitsu da Rede Cuca

Cinco atletas da Rede Cuca participarão do Campeonato Sul-Brasileiro, promovido pela Confederação Brasileira de Jiu-jitsu, em Florianópolis, no sábado (09/02) e domingo (10/02).

Os atletas Paulo Henrique (21), conhecido como Bebê, categoria pesadíssimo/roxa adulto; Leandro Holanda (23), categoria pluma/azul adulto; Gabriel Araújo (18), categoria, pena/azul adulto; Valério Eduardo (24), categoria leve/azul adulto e Jackson Machado (21), categoria médio/azul adulto.

A equipe, que recebeu passagens aéreas, translado e hospedagem da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, conta com uma rotina de treinos realizados de terça a sexta-feira, na Rede Cuca Mondubim e Barra, além do acesso à seminários e também participação na primeira etapa do Campeonato Cearense, que aconteceu no fim de janeiro deste ano.

“Em 2018 tive muitos desafios. Tive que treinar todos os dias para manter minha alta performance. Quando 2019 chegou também não foi diferente. O ano mal começou e já estávamos ali treinando duro”, comenta Paulo Henrique (BB), que se consagrou campeão mundial pela Confederação Brasileira de Jiu-jitsu Esportivo, no ano passado. O jovem também fala sobre a competição do próximo fim de semana. “Estou confiante, treinei  muito para esta competição como todos os outros atletas da Rede Cuca que irão. Então, faça chuva ou faça sol, vamos literalmente para a luta e conquistaremos esse título para nossa casa”, finaliza.

Saiba mais
A Rede Cuca conta com três equipamentos localizados nos bairros Jangurussu, Mondubim e Barra do Ceará e oferece, todos os meses, uma média de cinco mil vagas entre as 27 modalidades esportivas e mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas formação, para jovens entre 15 e 29 anos.

A Rede também traz para a periferia de Fortaleza a oportunidade de participação em eventos culturais como festivais, mostras, exposições, sessões de cinema e apresentação de espetáculos.

Atletas da Rede Cuca participam do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu em Florianópolis

As competições acontecem neste fim de semana (09 e 10/02)

jovens competidores
Jovens competidores do jiu-jitsu da Rede Cuca

Cinco atletas da Rede Cuca participarão do Campeonato Sul-Brasileiro, promovido pela Confederação Brasileira de Jiu-jitsu, em Florianópolis, no sábado (09/02) e domingo (10/02).

Os atletas Paulo Henrique (21), conhecido como Bebê, categoria pesadíssimo/roxa adulto; Leandro Holanda (23), categoria pluma/azul adulto; Gabriel Araújo (18), categoria, pena/azul adulto; Valério Eduardo (24), categoria leve/azul adulto e Jackson Machado (21), categoria médio/azul adulto.

A equipe, que recebeu passagens aéreas, translado e hospedagem da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, conta com uma rotina de treinos realizados de terça a sexta-feira, na Rede Cuca Mondubim e Barra, além do acesso à seminários e também participação na primeira etapa do Campeonato Cearense, que aconteceu no fim de janeiro deste ano.

“Em 2018 tive muitos desafios. Tive que treinar todos os dias para manter minha alta performance. Quando 2019 chegou também não foi diferente. O ano mal começou e já estávamos ali treinando duro”, comenta Paulo Henrique (BB), que se consagrou campeão mundial pela Confederação Brasileira de Jiu-jitsu Esportivo, no ano passado. O jovem também fala sobre a competição do próximo fim de semana. “Estou confiante, treinei  muito para esta competição como todos os outros atletas da Rede Cuca que irão. Então, faça chuva ou faça sol, vamos literalmente para a luta e conquistaremos esse título para nossa casa”, finaliza.

Saiba mais
A Rede Cuca conta com três equipamentos localizados nos bairros Jangurussu, Mondubim e Barra do Ceará e oferece, todos os meses, uma média de cinco mil vagas entre as 27 modalidades esportivas e mais de 60 cursos distribuídos em oito áreas formação, para jovens entre 15 e 29 anos.

A Rede também traz para a periferia de Fortaleza a oportunidade de participação em eventos culturais como festivais, mostras, exposições, sessões de cinema e apresentação de espetáculos.