Avenida Augusto dos Anjos recebe pacote de segurança viária

19 de novembro de 2019 em Mobilidade

Avenida Augusto dos Anjos recebe pacote de segurança viária

Intervenções iniciam nesta quarta-feira (20/11) e incluem novos semáforos, prolongamento de calçadas, readequação de velocidade, entre outras mudanças


homem atravesando rua e semáforo com luz verde acesa ao fundo
No cruzamento da Av. Augusto dos Anjos com a Rua Perdigão de Oliveira será implantado um estágio para pedestres

A partir desta quarta-feira (20/11), a Prefeitura de Fortaleza inicia a implantação de um pacote de intervenções na Av. Augusto dos Anjos como parte do programa de segurança viária adotado na Cidade que já reduziu em 40% o número de mortes no trânsito. O objetivo é garantir um ir e vir mais seguro na via, que é conhecida pela alta taxa de acidentalidade.

Estudo realizado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) apontou que de 2015 a 2019 foram registrados 43 atropelamentos, 510 colisões, cinco vítimas fatais e 396 feridas ao longo da via no trecho compreendido entre as avenidas Sen. Fernandes Távora e Osório de Paiva. Além do alto quantitativo, o conjunto de medidas se justifica por ser uma região com uma população adensada com 2,5 km de extensão.


As intervenções, que serão concluídas até o final deste mês, incluem implantação de novos semáforos, inclusão de estágio para pedestres com botoeiras sonoras, prolongamento de calçadas e canteiros centrais e readequação de velocidade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a velocidade elevada provoca um efeito de afunilamento no campo visual, ou visão periférica do condutor, o que prejudica a percepção de pedestres e outros obstáculos nas ruas. Sem conseguir uma clara imagem do que está ao seu redor, o motorista eleva as chances de um atropelamento ou acidentes em geral.

ônibus saindo de terminal
A saída do Terminal da Lagoa também receberá estágio para pedestres

O médico e cirurgião do trauma do Instituto Dr. José Frota (IJF), Daniel Lima, que participou voluntariamente da campanha, explica que as lesões nos órgãos internos do abdômen e crânio, bem como o rompimento de tecidos musculares e dos ossos são comuns em vítimas que chegam todos os dias à unidade. “Nos atropelamentos, a energia do impacto causa danos terríveis ao corpo humano e quanto maior a velocidade, mais grave o trauma, que muitas vezes leva à morte da vítima ainda no local do acidente”, alerta o especialista.

Um estudo realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) compara o impacto de um veículo no corpo de uma pessoa em diferentes velocidades com a queda livre de um edifício. Em caso de um atropelamento à 80 km/h os danos causados ao corpo humano seriam equivalentes a despencar do 9° andar de um prédio, praticamente anulando as chances de a vítima escapar com vida. Já se o veículo estiver a 50km/h, as chances de sobrevivência seriam maiores, similares a uma queda do 4° andar.

Ainda de acordo com a OMS, o reajuste da velocidade de 60 para 50 km/h aumenta em dez vezes a chance da pessoa atropelada de sobreviver. “Os pedestres representaram um total de 39,8% das mortes ocorridas em 2018. Como eles são a parte mais vulnerável no trânsito, devem ser tratados como prioridade e ao órgão de trânsito cabe garantir condições seguras para que possam realizar suas travessias”, explica Arcelino Lima, superintendente da AMC.

Cronograma de implantação:

Dia 20/11 (quarta-feira):
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Rua Perdigão de Oliveira
- Implantação de semáforo no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Rua 1º de Maio

Dia 22/11 (sexta-feira):
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Av. Aluízio Azevedo
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Saída do Terminal da Lagoa

Dia 27/11 (quarta-feira):
- Implantação de semáforo no cruzamento da Av. Gomes Brasil X Rua Maracanã

Dia 29/11 (sexta-feira)
- Implantação de semáforo no cruzamento da Rua Rio Grande do Sul X Rua Mário da Silveira
- Alteração de configuração no cruzamento da Av. Gomes Brasil X Av. Augusto dos Anjos (retirada de estágio de esquerda do norte e implantação de tempo para travessia de pedestre)

Avenida Augusto dos Anjos recebe pacote de segurança viária

Intervenções iniciam nesta quarta-feira (20/11) e incluem novos semáforos, prolongamento de calçadas, readequação de velocidade, entre outras mudanças

homem atravesando rua e semáforo com luz verde acesa ao fundo
No cruzamento da Av. Augusto dos Anjos com a Rua Perdigão de Oliveira será implantado um estágio para pedestres

A partir desta quarta-feira (20/11), a Prefeitura de Fortaleza inicia a implantação de um pacote de intervenções na Av. Augusto dos Anjos como parte do programa de segurança viária adotado na Cidade que já reduziu em 40% o número de mortes no trânsito. O objetivo é garantir um ir e vir mais seguro na via, que é conhecida pela alta taxa de acidentalidade.

Estudo realizado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) apontou que de 2015 a 2019 foram registrados 43 atropelamentos, 510 colisões, cinco vítimas fatais e 396 feridas ao longo da via no trecho compreendido entre as avenidas Sen. Fernandes Távora e Osório de Paiva. Além do alto quantitativo, o conjunto de medidas se justifica por ser uma região com uma população adensada com 2,5 km de extensão.


As intervenções, que serão concluídas até o final deste mês, incluem implantação de novos semáforos, inclusão de estágio para pedestres com botoeiras sonoras, prolongamento de calçadas e canteiros centrais e readequação de velocidade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a velocidade elevada provoca um efeito de afunilamento no campo visual, ou visão periférica do condutor, o que prejudica a percepção de pedestres e outros obstáculos nas ruas. Sem conseguir uma clara imagem do que está ao seu redor, o motorista eleva as chances de um atropelamento ou acidentes em geral.

ônibus saindo de terminal
A saída do Terminal da Lagoa também receberá estágio para pedestres

O médico e cirurgião do trauma do Instituto Dr. José Frota (IJF), Daniel Lima, que participou voluntariamente da campanha, explica que as lesões nos órgãos internos do abdômen e crânio, bem como o rompimento de tecidos musculares e dos ossos são comuns em vítimas que chegam todos os dias à unidade. “Nos atropelamentos, a energia do impacto causa danos terríveis ao corpo humano e quanto maior a velocidade, mais grave o trauma, que muitas vezes leva à morte da vítima ainda no local do acidente”, alerta o especialista.

Um estudo realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) compara o impacto de um veículo no corpo de uma pessoa em diferentes velocidades com a queda livre de um edifício. Em caso de um atropelamento à 80 km/h os danos causados ao corpo humano seriam equivalentes a despencar do 9° andar de um prédio, praticamente anulando as chances de a vítima escapar com vida. Já se o veículo estiver a 50km/h, as chances de sobrevivência seriam maiores, similares a uma queda do 4° andar.

Ainda de acordo com a OMS, o reajuste da velocidade de 60 para 50 km/h aumenta em dez vezes a chance da pessoa atropelada de sobreviver. “Os pedestres representaram um total de 39,8% das mortes ocorridas em 2018. Como eles são a parte mais vulnerável no trânsito, devem ser tratados como prioridade e ao órgão de trânsito cabe garantir condições seguras para que possam realizar suas travessias”, explica Arcelino Lima, superintendente da AMC.

Cronograma de implantação:

Dia 20/11 (quarta-feira):
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Rua Perdigão de Oliveira
- Implantação de semáforo no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Rua 1º de Maio

Dia 22/11 (sexta-feira):
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Av. Aluízio Azevedo
- Implantação de estágio para pedestres no cruzamento da Av. Augusto dos Anjos X Saída do Terminal da Lagoa

Dia 27/11 (quarta-feira):
- Implantação de semáforo no cruzamento da Av. Gomes Brasil X Rua Maracanã

Dia 29/11 (sexta-feira)
- Implantação de semáforo no cruzamento da Rua Rio Grande do Sul X Rua Mário da Silveira
- Alteração de configuração no cruzamento da Av. Gomes Brasil X Av. Augusto dos Anjos (retirada de estágio de esquerda do norte e implantação de tempo para travessia de pedestre)