06 de junho de 2020 em Social

Campanha O Amor Alimenta chega aos bairros com os mais baixos IDH da Regional I

As pessoas atendidas pela ação residem na Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Cristo Redentor, Pirambu, Monte Castelo e Álvaro Weyne


mulher com máscara pega uma cesta báscia
As entregas ocorreram sem aglomeração

A Campanha O Amor Alimenta atingiu, na primeira semana de junho, a marca de 967 famílias beneficiadas com doações de cestas básicas concedidas por funcionários municipais e da Procuradoria-Geral Federal (PGF), pelo Movimento Supera Fortaleza, por empresários e sociedade civil em geral. As pessoas atendidas pela ação foram afetadas economicamente pela Covid-19 e residem na Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Cristo Redentor, Pirambu, Monte Castelo e Álvaro Weyne, bairros com os mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) da Regional I. A iniciativa é da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional I.

A listagem dos beneficiários foi repassada por líderes das comunidades. “O sentimento de solidariedade é algo de suma importância, sobretudo em momento feito este. A pandemia deixou muita gente sem serviço, necessitando de acolhida. O Amor Alimenta veio em hora certa para diversas famílias, é um abraço, um acalento. Nossa comunidade é muito grata”, explica líder comunitária da Barra do Ceará, Regina Couto.

As entregas ocorreram sem aglomeração, com cuidados à vida de todos os envolvidos - beneficiários e equipe de trabalho. Os moradores das comunidades atendidas foram organizados em grupos de 10 pessoas, formados a cada 30 minutos. “Neste momento em que a quantidade de desempregados cresceu muito, estas cestas que recebemos colaboram demais. Ajudam a salvar vidas e trazem alívio”, ressalta o agente de cidadania e controle social Gerlan Barbosa.

Importante frisar que a iniciativa cruza os dados das pessoas que já receberam doações por outras frentes solidárias, para que não haja duplicidade e para que o maior quantitativo de famílias seja beneficiado. As cestas são concedidas a famílias que não recebem auxílio governamental. “Com esta situação que o mundo esta vivendo, muitas famílias ficaram sem renda. Mas, durante os próximos dias, muitos cidadãos dormirão um pouco mais tranquilos, com esperança renovada, jantando de modo mais saudável”, conta liderança do Grande Pirambu, Nadilson Paiva.

Atualmente, são cerca de três mil inscrições. “Quase um terço do total de cadastrados na ação foi atendido. É uma satisfação ajudar a tornar mais leve este momento de pandemia. Precisamos continuar com este ato de solidariedade e cidadania. Muitos seguem aguardando por nós”, pontua o secretário da Regional I, Rennys Frota.

Ouça Rennys Frota destaca a importância da Campanha:

Para doar, basta entrar em contato com o número (85) 98513.5290. A equipe da Secretaria Regional I busca a doação ou repassa dados bancários para transferência da contribuição.

Sopa para mais de 600 pessoas

Outra atividade significativa da campanha O Amor Alimenta foi a contribuição para que fossem produzidos mais de 140 litros de sopa. Em parceria com os permissionários do Mercado Carlito Pamplona, a Secretaria Regional I forneceu carnes, vegetais, legumes e temperos à ONG Caminhando na Mão Certa, que ofertou, durante a pandemia, sopa a mais de 600 residentes da comunidade Tirol e do Conjunto Dom Hélder Câmara.

banner do canal coronavírus fortaleza

Campanha O Amor Alimenta chega aos bairros com os mais baixos IDH da Regional I

As pessoas atendidas pela ação residem na Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Cristo Redentor, Pirambu, Monte Castelo e Álvaro Weyne

mulher com máscara pega uma cesta báscia
As entregas ocorreram sem aglomeração

A Campanha O Amor Alimenta atingiu, na primeira semana de junho, a marca de 967 famílias beneficiadas com doações de cestas básicas concedidas por funcionários municipais e da Procuradoria-Geral Federal (PGF), pelo Movimento Supera Fortaleza, por empresários e sociedade civil em geral. As pessoas atendidas pela ação foram afetadas economicamente pela Covid-19 e residem na Barra do Ceará, Floresta, Vila Velha, Farias Brito, Cristo Redentor, Pirambu, Monte Castelo e Álvaro Weyne, bairros com os mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) da Regional I. A iniciativa é da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional I.

A listagem dos beneficiários foi repassada por líderes das comunidades. “O sentimento de solidariedade é algo de suma importância, sobretudo em momento feito este. A pandemia deixou muita gente sem serviço, necessitando de acolhida. O Amor Alimenta veio em hora certa para diversas famílias, é um abraço, um acalento. Nossa comunidade é muito grata”, explica líder comunitária da Barra do Ceará, Regina Couto.

As entregas ocorreram sem aglomeração, com cuidados à vida de todos os envolvidos - beneficiários e equipe de trabalho. Os moradores das comunidades atendidas foram organizados em grupos de 10 pessoas, formados a cada 30 minutos. “Neste momento em que a quantidade de desempregados cresceu muito, estas cestas que recebemos colaboram demais. Ajudam a salvar vidas e trazem alívio”, ressalta o agente de cidadania e controle social Gerlan Barbosa.

Importante frisar que a iniciativa cruza os dados das pessoas que já receberam doações por outras frentes solidárias, para que não haja duplicidade e para que o maior quantitativo de famílias seja beneficiado. As cestas são concedidas a famílias que não recebem auxílio governamental. “Com esta situação que o mundo esta vivendo, muitas famílias ficaram sem renda. Mas, durante os próximos dias, muitos cidadãos dormirão um pouco mais tranquilos, com esperança renovada, jantando de modo mais saudável”, conta liderança do Grande Pirambu, Nadilson Paiva.

Atualmente, são cerca de três mil inscrições. “Quase um terço do total de cadastrados na ação foi atendido. É uma satisfação ajudar a tornar mais leve este momento de pandemia. Precisamos continuar com este ato de solidariedade e cidadania. Muitos seguem aguardando por nós”, pontua o secretário da Regional I, Rennys Frota.

Ouça Rennys Frota destaca a importância da Campanha:

Para doar, basta entrar em contato com o número (85) 98513.5290. A equipe da Secretaria Regional I busca a doação ou repassa dados bancários para transferência da contribuição.

Sopa para mais de 600 pessoas

Outra atividade significativa da campanha O Amor Alimenta foi a contribuição para que fossem produzidos mais de 140 litros de sopa. Em parceria com os permissionários do Mercado Carlito Pamplona, a Secretaria Regional I forneceu carnes, vegetais, legumes e temperos à ONG Caminhando na Mão Certa, que ofertou, durante a pandemia, sopa a mais de 600 residentes da comunidade Tirol e do Conjunto Dom Hélder Câmara.

banner do canal coronavírus fortaleza