Equipamentos culturais de Fortaleza têm funcionamento especial em virtude da pandemia da Covid-19

08 de janeiro de 2021 em Cultura

Equipamentos culturais de Fortaleza têm funcionamento especial em virtude da pandemia da Covid-19

Respeitando as orientações sanitárias previstas em decreto, o estímulo à cultura permanece em evidência na Cidade


mulher de costas olha uma obra de arte exposta no Salão de Abril
O 71º Salão de Abril segue com visitação aberta ao público até o dia 12 de fevereiro de 2021, seguindo medidas de prevenção sanitárias (Crédito: Rodrigo Carvalho)

Os desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus seguem motivando a readaptação de diversos eixos da administração pública. Nesse sentido, o estímulo às manifestações culturais permanece em evidência na cidade de Fortaleza. A Secretaria Municipal da Cultura (Secultfor), atenta às orientações sanitárias previstas em decreto, informa a logística especial de funcionamento de diversos equipamentos distribuídos pela Capital, incluindo bibliotecas, teatros, espaços históricos e ambientes de formação.

Sistema Público de Bibliotecas Municipais de Fortaleza

O Sistema Público de Bibliotecas Municipais de Fortaleza está com funcionamento regular para empréstimo de livros, estudo e pesquisa on-line no local, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

As bibliotecas Dolor Barreira, Herbênia Gurgel e Cristina Poeta contam com aferição de temperatura, totens de álcool em gel e controle do número de visitantes para evitar aglomerações.

Sofia Dantas, diretora da biblioteca Herbênia Gurgel, destaca a adesão dos visitantes aos protocolos sanitários. “As crianças, gradualmente, estão retornando ao equipamento acompanhadas de um familiar. Aqui, além da proteção individual e coletiva, estimulamos os cuidados desde a infância. Também é uma maneira educativa de orientar e de se adequar às novas rotinas”, afirma.

fachada do Centro Cultural Belchior
As atividades presenciais do Centro Cultural Belchior estão sendo retomadas gradualmente (Crédito: Carlos Weiber)

Centro Cultural Belchior

O Centro Cultural Belchior está retomando, gradualmente, as suas atividades presenciais. Com funcionamento de terça a sábado, das 10h às 18h, a “Casa de Praia da Música” tem o espaço coworking e a Exposição Belchior acessíveis mediante agendamento pelo e-mail contato@centroculturalbelchior, pelo telefone 3219.0924 ou pelo instagram @centroculturalbelchior.

No local, já estão em pleno funcionamento o restaurante Mira Cozinha e o Mirante, ambos abertos ao público.

Shows e cursos seguem nas plataformas virtuais do equipamento cultural. Entre abril e dezembro de 2020, o cenário de pandemia deu origem ao “Belchior em Casa”, contabilizando 88 shows (lives no Instagram com pocket shows com artistas da cidade), 289 horas de formação, 18 cursos (com um total de 703 inscrições) e 14 workshops.

Centro Cultural Casa do Barão de Camocim

O Centro Cultural Casa Barão de Camocim passou recentemente por obras de manutenção, concluída em novembro de 2020. O espaço recebe, desde 8 de dezembro de 2020, o 71º Salão de Abril, que segue com visitação aberta ao público até o dia 12 de fevereiro de 2021, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, e no sábado, das 9h às 16h.

Em função da pandemia, diversas medidas preventivas foram estabelecidas, como a restrição de um número máximo de 10 visitantes por pavimento do casarão e a disponibilização de totens com álcool em gel em diversos pontos da exposição.

Principal salão de artes do Ceará e um dos mais disputados e reconhecidos do País, o Salão de Abril comemorou 71 edições em 2020, em 77 anos de existência, fazendo uma homenagem ao artista Chico da Silva, pela sua importância na história das artes plásticas em Fortaleza e pela comemoração de seu 110º aniversário.

Estoril

A Prefeitura de Fortaleza entregou, no dia 26 de dezembro passado, a obra de reforma e restauro do prédio do Estoril, ícone da boemia da Praia de Iracema (Regional II). Com investimento de, aproximadamente, R$ 983 mil reais, o equipamento, que atualmente abriga a sede da Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), passou por reforma da fachada, substituição de janelas, reforma do telhado, substituição de piso, além de reforço na impermeabilização das varandas, substituição do forro e construção de uma nova escada em alvenaria com cobertura em vidro e aço.

Com área total de 1.776 m², as obras contemplaram, ainda, adequações de acessibilidade em todo o piso, com sinalização tátil e a instalação de uma plataforma elevatória para que pessoas com mobilidade reduzida possam ter acesso ao pavimento superior. A área externa do prédio também passou por intervenção com a troca de todo o piso, revestimento em pintura acrílica, inclusão de mobiliários urbanos e um novo projeto paisagístico e luminotécnico. As obras foram tocadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) e foram responsáveis pela revitalização completa do prédio.

O Estoril é um equipamento tombado pelo município por meio do decreto nº 6.119, de 19 de setembro de 1986. Por ter tombamento municipal, o projeto e a obra do edifício tiveram acompanhamento da equipe técnica da Coordenação de Patrimônio Histórico-Cultural da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Mercado Cultural dos Pinhões

A tradicional Feira de Produtos Orgânicos do Mercado dos Pinhões, realizada pela Associação para o Desenvolvimento da Agropecuária Orgânica (Adao), agora ocorre no Mercado Cultural dos Pinhões, às terças-feiras, das 5h às 13h.

Mercado da Aerolândia e Mercado dos Pinhões

Equipamentos seguem fechados desde o primeiro decreto, em março de 2020.

Passeio Público

A requalificação da Praça dos Mártires, também conhecida como Passeio Público de Fortaleza, foi entregue no dia 31 de outubro de 2020. A obra contou com o maior aporte de investimento na história do espaço público, com montante de R$ 939.162,22, e contempla renovação do paisagismo, irrigação, restauro de todos os elementos históricos, melhorias na pavimentação interna e externa, acessibilidade e iluminação.

A praça conta com o restaurante permissionário “Café Passeio”, com funcionamento de domingo a domingo, sempre a partir das 11h30. O local recebe vasta opção de pratos no modelo self-service e funciona seguindo todas as regras de higiene e distanciamento impostas pelo decreto municipal, que visa regulamentar ações em combate ao coronavírus.

Todos os fins de semana, os almoços ocorrem ao som de música instrumental, mais especificamente o chorinho, nas alamedas do Passeio Público.

Teatro Antonieta Noronha

O Teatro Antonieta Noronha será reinaugurado ainda neste mês de janeiro de 2021. A reforma do teatro esteve inserida na série de obras realizadas na sede da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), iniciadas em agosto de 2018. As obras no teatro consistiram em melhoramentos na parte elétrica, renovação da pintura e reparos no piso do palco, com investimentos de R$ 34.652,86.

Teatro São José

O Teatro São José segue recebendo pautas para eventos sem público por meio do endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Recentemente, o teatro abrigou os eventos Festival da Música de Fortaleza 2020 e Réveillon de Fortaleza 2021 “Em casa”, ambos transmitidos ao vivo pela TV Terra do Sol (42.1), pela Rádio Web Terra do Sol, pelo perfil @tvterradosol no Instagram, com retransmissão pelos canais televisivos TV Ceará (5), TV Assembléia (31.1) e TV Fortaleza (7.2).

Diversas medidas sanitárias foram asseguradas: além da testagem dos participantes, o acesso à plateia permaneceu restrito. O controle visou à garantia da saúde dos artistas e dos profissionais envolvidos na organização dos eventos.

fachada da Vila das Artes
O atendimento presencial da secretaria da Vila das Artes foi retomado e ocorre, mediante agendamento (Crédito: Rodrigo Carvalho)

Vila das Artes

Durante a pandemia, a Vila das Artes deu continuidade, por meio de plataforma virtual de vídeos, às atividades de dança, de teatro e de audiovisual desenvolvidas regularmente no equipamento. Alunos e alunas dos cursos de longa duração já em andamento "Formação Básica em Dança" (seis anos), "Percursos de Teatro para Crianças e Adolescentes" (dois anos) e “Realização em Audiovisual” (três anos) tiveram acesso à rotina de exercícios e de atividades das aulas a partir de vídeos gravados pelos próprios professores.

Além de beneficiar um total de 389 alunos regularmente matriculados, a ação contemplou 15 professores residentes da Vila das Artes, que puderam continuar exercendo suas atividades também em suas casas.

Além disso, desde março de 2020, o projeto “Vila na Rede” visa à manutenção das atividades do equipamento cultural de forma on-line e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto do lar durante o período de distanciamento social recomendado. Foram postados no canal do Youtube 96 vídeos abertos ao público com 8.887 visualizações e 1.250 inscritos em 8 meses. Mesmo em pandemia, foram certificados pela Universidade Estadual do Ceará 67 artistas que fizeram a “II Jornada de Teatro & Educação e Política: um pensar-fazer cotidiano” e dois professores.

Cursos em janeiro

“Neste momento, as programações da Vila acontecem de forma remota nos programas de férias das Escolas. A Escola Pública de Audiovisual, em janeiro, oferece os seguintes cursos de 20 horas cada: Preservação e Memórias de Acervos Audiovisuais, Olhares Guarani e o Cinema Lésbico e as Práticas de Visibilidade”, informa a diretora da Vila das Artes, Mileide Flores.

Paralelamente, ainda segundo Mileide, as Escolas Públicas de Dança e Teatro realizam o seu alinhamento pedagógico e preparam as inscrições para novos alunos e alunas para 2021. “A Escola Pública de Circo continua com a construção do plano político pedagógico do Curso de Formação de Artes Circenses com duração de dois anos”, acrescenta.

Cronograma de novas admissões

A Escola de Dança tem suas inscrições programadas entre os dias 4 de janeiro e 19 de fevereiro de 2021. Já a Escola de Teatro tem previsão de lançamento para o dia 11 deste mês.

Atendimento presencial da secretaria

O atendimento presencial da secretaria da Vila das Artes foi retomado e ocorre, mediante agendamento, por meio do telefone 3252-1444. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

Prognósticos

A depender dos indicadores epidemiológicos e das orientações sanitárias, ao longo deste semestre, poderá haver, conforme Mileide, a retomada de diversas atividades. “Além da previsão do retorno das aulas das Escolas de Audiovisual, Circo, Dança e Teatro, destacam-se o Cineclube da Vila, a continuação de cursos de férias do audiovisual, o lançamento dos editais para seleção de alunos e professores da Escola Pública de Circo, a III Jornada de Teatro & Educação pela Escola de Teatro, a continuação da exposição do 71º Salão de Abril no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim”, antecipa.

Equipamentos culturais de Fortaleza têm funcionamento especial em virtude da pandemia da Covid-19

Respeitando as orientações sanitárias previstas em decreto, o estímulo à cultura permanece em evidência na Cidade

mulher de costas olha uma obra de arte exposta no Salão de Abril
O 71º Salão de Abril segue com visitação aberta ao público até o dia 12 de fevereiro de 2021, seguindo medidas de prevenção sanitárias (Crédito: Rodrigo Carvalho)

Os desafios impostos pela pandemia do novo coronavírus seguem motivando a readaptação de diversos eixos da administração pública. Nesse sentido, o estímulo às manifestações culturais permanece em evidência na cidade de Fortaleza. A Secretaria Municipal da Cultura (Secultfor), atenta às orientações sanitárias previstas em decreto, informa a logística especial de funcionamento de diversos equipamentos distribuídos pela Capital, incluindo bibliotecas, teatros, espaços históricos e ambientes de formação.

Sistema Público de Bibliotecas Municipais de Fortaleza

O Sistema Público de Bibliotecas Municipais de Fortaleza está com funcionamento regular para empréstimo de livros, estudo e pesquisa on-line no local, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

As bibliotecas Dolor Barreira, Herbênia Gurgel e Cristina Poeta contam com aferição de temperatura, totens de álcool em gel e controle do número de visitantes para evitar aglomerações.

Sofia Dantas, diretora da biblioteca Herbênia Gurgel, destaca a adesão dos visitantes aos protocolos sanitários. “As crianças, gradualmente, estão retornando ao equipamento acompanhadas de um familiar. Aqui, além da proteção individual e coletiva, estimulamos os cuidados desde a infância. Também é uma maneira educativa de orientar e de se adequar às novas rotinas”, afirma.

fachada do Centro Cultural Belchior
As atividades presenciais do Centro Cultural Belchior estão sendo retomadas gradualmente (Crédito: Carlos Weiber)

Centro Cultural Belchior

O Centro Cultural Belchior está retomando, gradualmente, as suas atividades presenciais. Com funcionamento de terça a sábado, das 10h às 18h, a “Casa de Praia da Música” tem o espaço coworking e a Exposição Belchior acessíveis mediante agendamento pelo e-mail contato@centroculturalbelchior, pelo telefone 3219.0924 ou pelo instagram @centroculturalbelchior.

No local, já estão em pleno funcionamento o restaurante Mira Cozinha e o Mirante, ambos abertos ao público.

Shows e cursos seguem nas plataformas virtuais do equipamento cultural. Entre abril e dezembro de 2020, o cenário de pandemia deu origem ao “Belchior em Casa”, contabilizando 88 shows (lives no Instagram com pocket shows com artistas da cidade), 289 horas de formação, 18 cursos (com um total de 703 inscrições) e 14 workshops.

Centro Cultural Casa do Barão de Camocim

O Centro Cultural Casa Barão de Camocim passou recentemente por obras de manutenção, concluída em novembro de 2020. O espaço recebe, desde 8 de dezembro de 2020, o 71º Salão de Abril, que segue com visitação aberta ao público até o dia 12 de fevereiro de 2021, de terça a sexta-feira, das 9h às 18h, e no sábado, das 9h às 16h.

Em função da pandemia, diversas medidas preventivas foram estabelecidas, como a restrição de um número máximo de 10 visitantes por pavimento do casarão e a disponibilização de totens com álcool em gel em diversos pontos da exposição.

Principal salão de artes do Ceará e um dos mais disputados e reconhecidos do País, o Salão de Abril comemorou 71 edições em 2020, em 77 anos de existência, fazendo uma homenagem ao artista Chico da Silva, pela sua importância na história das artes plásticas em Fortaleza e pela comemoração de seu 110º aniversário.

Estoril

A Prefeitura de Fortaleza entregou, no dia 26 de dezembro passado, a obra de reforma e restauro do prédio do Estoril, ícone da boemia da Praia de Iracema (Regional II). Com investimento de, aproximadamente, R$ 983 mil reais, o equipamento, que atualmente abriga a sede da Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), passou por reforma da fachada, substituição de janelas, reforma do telhado, substituição de piso, além de reforço na impermeabilização das varandas, substituição do forro e construção de uma nova escada em alvenaria com cobertura em vidro e aço.

Com área total de 1.776 m², as obras contemplaram, ainda, adequações de acessibilidade em todo o piso, com sinalização tátil e a instalação de uma plataforma elevatória para que pessoas com mobilidade reduzida possam ter acesso ao pavimento superior. A área externa do prédio também passou por intervenção com a troca de todo o piso, revestimento em pintura acrílica, inclusão de mobiliários urbanos e um novo projeto paisagístico e luminotécnico. As obras foram tocadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) e foram responsáveis pela revitalização completa do prédio.

O Estoril é um equipamento tombado pelo município por meio do decreto nº 6.119, de 19 de setembro de 1986. Por ter tombamento municipal, o projeto e a obra do edifício tiveram acompanhamento da equipe técnica da Coordenação de Patrimônio Histórico-Cultural da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Mercado Cultural dos Pinhões

A tradicional Feira de Produtos Orgânicos do Mercado dos Pinhões, realizada pela Associação para o Desenvolvimento da Agropecuária Orgânica (Adao), agora ocorre no Mercado Cultural dos Pinhões, às terças-feiras, das 5h às 13h.

Mercado da Aerolândia e Mercado dos Pinhões

Equipamentos seguem fechados desde o primeiro decreto, em março de 2020.

Passeio Público

A requalificação da Praça dos Mártires, também conhecida como Passeio Público de Fortaleza, foi entregue no dia 31 de outubro de 2020. A obra contou com o maior aporte de investimento na história do espaço público, com montante de R$ 939.162,22, e contempla renovação do paisagismo, irrigação, restauro de todos os elementos históricos, melhorias na pavimentação interna e externa, acessibilidade e iluminação.

A praça conta com o restaurante permissionário “Café Passeio”, com funcionamento de domingo a domingo, sempre a partir das 11h30. O local recebe vasta opção de pratos no modelo self-service e funciona seguindo todas as regras de higiene e distanciamento impostas pelo decreto municipal, que visa regulamentar ações em combate ao coronavírus.

Todos os fins de semana, os almoços ocorrem ao som de música instrumental, mais especificamente o chorinho, nas alamedas do Passeio Público.

Teatro Antonieta Noronha

O Teatro Antonieta Noronha será reinaugurado ainda neste mês de janeiro de 2021. A reforma do teatro esteve inserida na série de obras realizadas na sede da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), iniciadas em agosto de 2018. As obras no teatro consistiram em melhoramentos na parte elétrica, renovação da pintura e reparos no piso do palco, com investimentos de R$ 34.652,86.

Teatro São José

O Teatro São José segue recebendo pautas para eventos sem público por meio do endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Recentemente, o teatro abrigou os eventos Festival da Música de Fortaleza 2020 e Réveillon de Fortaleza 2021 “Em casa”, ambos transmitidos ao vivo pela TV Terra do Sol (42.1), pela Rádio Web Terra do Sol, pelo perfil @tvterradosol no Instagram, com retransmissão pelos canais televisivos TV Ceará (5), TV Assembléia (31.1) e TV Fortaleza (7.2).

Diversas medidas sanitárias foram asseguradas: além da testagem dos participantes, o acesso à plateia permaneceu restrito. O controle visou à garantia da saúde dos artistas e dos profissionais envolvidos na organização dos eventos.

fachada da Vila das Artes
O atendimento presencial da secretaria da Vila das Artes foi retomado e ocorre, mediante agendamento (Crédito: Rodrigo Carvalho)

Vila das Artes

Durante a pandemia, a Vila das Artes deu continuidade, por meio de plataforma virtual de vídeos, às atividades de dança, de teatro e de audiovisual desenvolvidas regularmente no equipamento. Alunos e alunas dos cursos de longa duração já em andamento "Formação Básica em Dança" (seis anos), "Percursos de Teatro para Crianças e Adolescentes" (dois anos) e “Realização em Audiovisual” (três anos) tiveram acesso à rotina de exercícios e de atividades das aulas a partir de vídeos gravados pelos próprios professores.

Além de beneficiar um total de 389 alunos regularmente matriculados, a ação contemplou 15 professores residentes da Vila das Artes, que puderam continuar exercendo suas atividades também em suas casas.

Além disso, desde março de 2020, o projeto “Vila na Rede” visa à manutenção das atividades do equipamento cultural de forma on-line e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto do lar durante o período de distanciamento social recomendado. Foram postados no canal do Youtube 96 vídeos abertos ao público com 8.887 visualizações e 1.250 inscritos em 8 meses. Mesmo em pandemia, foram certificados pela Universidade Estadual do Ceará 67 artistas que fizeram a “II Jornada de Teatro & Educação e Política: um pensar-fazer cotidiano” e dois professores.

Cursos em janeiro

“Neste momento, as programações da Vila acontecem de forma remota nos programas de férias das Escolas. A Escola Pública de Audiovisual, em janeiro, oferece os seguintes cursos de 20 horas cada: Preservação e Memórias de Acervos Audiovisuais, Olhares Guarani e o Cinema Lésbico e as Práticas de Visibilidade”, informa a diretora da Vila das Artes, Mileide Flores.

Paralelamente, ainda segundo Mileide, as Escolas Públicas de Dança e Teatro realizam o seu alinhamento pedagógico e preparam as inscrições para novos alunos e alunas para 2021. “A Escola Pública de Circo continua com a construção do plano político pedagógico do Curso de Formação de Artes Circenses com duração de dois anos”, acrescenta.

Cronograma de novas admissões

A Escola de Dança tem suas inscrições programadas entre os dias 4 de janeiro e 19 de fevereiro de 2021. Já a Escola de Teatro tem previsão de lançamento para o dia 11 deste mês.

Atendimento presencial da secretaria

O atendimento presencial da secretaria da Vila das Artes foi retomado e ocorre, mediante agendamento, por meio do telefone 3252-1444. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30.

Prognósticos

A depender dos indicadores epidemiológicos e das orientações sanitárias, ao longo deste semestre, poderá haver, conforme Mileide, a retomada de diversas atividades. “Além da previsão do retorno das aulas das Escolas de Audiovisual, Circo, Dança e Teatro, destacam-se o Cineclube da Vila, a continuação de cursos de férias do audiovisual, o lançamento dos editais para seleção de alunos e professores da Escola Pública de Circo, a III Jornada de Teatro & Educação pela Escola de Teatro, a continuação da exposição do 71º Salão de Abril no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim”, antecipa.