23 de junho de 2022 em Fortaleza

Fiscalização em sucata leva à prisão de suspeito de furtos de fios de cobre em Fortaleza

Durante a operação, uma sucata também foi autuada por irregularidades


Em mais uma ação contínua de fiscalização às sucatas, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) colaborou, na última quarta-feira (15/06), com a prisão de um suspeito de envolvimento nos furtos de fios de cobre na Capital. A ação, realizada em conjunto com a Polícia Civil do Ceará, aconteceu no bairro Serrinha, e o suspeito foi preso em posse de vários fios furtados e baterias de empresas telefônicas.

Durante a operação, uma segunda sucata foi autuada por falta de alvará de funcionamento, licença publicitária e obstrução do passeio. Segundo a fiscalização, o local também passava pela segunda vistoria e mantinha os anúncios publicitários dispostos na fachada sem o devido licenciamento, além de um contêiner impedindo o livre trânsito de pedestres.

“O local funcionava em desacordo com as condições fixadas na licença e a atividade não constava no alvará descrito”, explicou a gerente de Operações da Agefis, Samya Coelho.

Somente este ano, até maio, a Agefis já fiscalizou 43 sucatas, das quais 30 foram notificadas por falta de documentação, licença de funcionamento, obstrução de passeio, entre outras infrações. A vistoria nesses estabelecimentos busca viabilizar, além do ordenamento público, a saúde e o bem-estar da população.

Denúncias

A população pode acionar a fiscalização municipal por meio dos canais de denúncia da Agefis: o aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e iOS), o site Denúncia Agefis e o telefone 156.

Fiscalização em sucata leva à prisão de suspeito de furtos de fios de cobre em Fortaleza

Durante a operação, uma sucata também foi autuada por irregularidades

Em mais uma ação contínua de fiscalização às sucatas, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) colaborou, na última quarta-feira (15/06), com a prisão de um suspeito de envolvimento nos furtos de fios de cobre na Capital. A ação, realizada em conjunto com a Polícia Civil do Ceará, aconteceu no bairro Serrinha, e o suspeito foi preso em posse de vários fios furtados e baterias de empresas telefônicas.

Durante a operação, uma segunda sucata foi autuada por falta de alvará de funcionamento, licença publicitária e obstrução do passeio. Segundo a fiscalização, o local também passava pela segunda vistoria e mantinha os anúncios publicitários dispostos na fachada sem o devido licenciamento, além de um contêiner impedindo o livre trânsito de pedestres.

“O local funcionava em desacordo com as condições fixadas na licença e a atividade não constava no alvará descrito”, explicou a gerente de Operações da Agefis, Samya Coelho.

Somente este ano, até maio, a Agefis já fiscalizou 43 sucatas, das quais 30 foram notificadas por falta de documentação, licença de funcionamento, obstrução de passeio, entre outras infrações. A vistoria nesses estabelecimentos busca viabilizar, além do ordenamento público, a saúde e o bem-estar da população.

Denúncias

A população pode acionar a fiscalização municipal por meio dos canais de denúncia da Agefis: o aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível para Android e iOS), o site Denúncia Agefis e o telefone 156.