27 de novembro de 2018 em Educação

Imparh realiza evento em celebração aos 45 anos do Centro de Línguas

Programação será relacionada à cultura dos sete idiomas lecionados na Instituição


Nos dias 28, 29 de novembro e 1º de dezembro, o Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh) realiza evento em celebração aos 45 anos do Centro de Línguas. A abertura acontece nessa quarta-feira (28/11), às 8h30, na sede do Imparh.

A programação do evento conta com apresentações artísticas de dança, teatro e voz e violão. Também haverá serviço de gastronomia, com pratos típicos, além de uma exposição. Toda a programação será relacionada à cultura dos sete idiomas estudados no Centro de Línguas: português, inglês, espanhol, francês, italiano, alemão e japonês.

Para o presidente do Imparh, Fábio Braga, “a data reflete a tradição do Centro de Línguas e consolida a instituição como referência no ensino de idiomas no Estado do Ceará”. Para o gestor, essas mais de quatro décadas de ensino devem ser celebradas como uma grande contribuição da Prefeitura de Fortaleza para a educação e desenvolvimento da sociedade.

Atualmente, o Centro de Línguas conta com mais de 3 mil alunos matriculados em 157 turmas. Semestralmente, o Imparh realiza seleção para novos alunos, bem como Teste de Nível para aqueles que desejam ingressar em um semestre mais avançado nos cursos ofertados pela Instituição.

O Centro de Línguas

Em agosto de 1973 surgia o Centro de Línguas na Escola Municipal Filgueiras Lima (EMFL). No início, o CL do município funcionava como um centro interescolar que completava a grade curricular das línguas inglesa e francesa, implantado como curso nos intervalos entre turnos da escola. Até o início de 1974 os cursos atendiam apenas os alunos da EMFL.

Em março de 1974, os cursos de inglês e francês foram consolidados como extracurriculares para todos os alunos da escola pública. Foi quando houve a transferência das aulas para as instalações da Fundação Educacional de Fortaleza (Funefor), atualmente Imparh. A partir desta data, o curso passa a ser conhecido como Centro de Línguas da Funefor. Devido à grande demanda, em 1978, são abertos novos cursos: português, espanhol e alemão, nos três turnos.

Durante todos estes anos de funcionamento, o Centro de Línguas passou por três modificações. A primeira, em 1989, quando a Funefor passa a denominar-se Fundesp, sendo transferida sua vinculação para a Secretaria de Administração do Município (SAM). Em seguida, no ano de 1997, a Fundesp passa a ser Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh). Por fim, em 2014, é instituída a nomenclatura que permanece até hoje: Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos, preservando a mesma sigla antiga.

Imparh realiza evento em celebração aos 45 anos do Centro de Línguas

Programação será relacionada à cultura dos sete idiomas lecionados na Instituição

Nos dias 28, 29 de novembro e 1º de dezembro, o Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh) realiza evento em celebração aos 45 anos do Centro de Línguas. A abertura acontece nessa quarta-feira (28/11), às 8h30, na sede do Imparh.

A programação do evento conta com apresentações artísticas de dança, teatro e voz e violão. Também haverá serviço de gastronomia, com pratos típicos, além de uma exposição. Toda a programação será relacionada à cultura dos sete idiomas estudados no Centro de Línguas: português, inglês, espanhol, francês, italiano, alemão e japonês.

Para o presidente do Imparh, Fábio Braga, “a data reflete a tradição do Centro de Línguas e consolida a instituição como referência no ensino de idiomas no Estado do Ceará”. Para o gestor, essas mais de quatro décadas de ensino devem ser celebradas como uma grande contribuição da Prefeitura de Fortaleza para a educação e desenvolvimento da sociedade.

Atualmente, o Centro de Línguas conta com mais de 3 mil alunos matriculados em 157 turmas. Semestralmente, o Imparh realiza seleção para novos alunos, bem como Teste de Nível para aqueles que desejam ingressar em um semestre mais avançado nos cursos ofertados pela Instituição.

O Centro de Línguas

Em agosto de 1973 surgia o Centro de Línguas na Escola Municipal Filgueiras Lima (EMFL). No início, o CL do município funcionava como um centro interescolar que completava a grade curricular das línguas inglesa e francesa, implantado como curso nos intervalos entre turnos da escola. Até o início de 1974 os cursos atendiam apenas os alunos da EMFL.

Em março de 1974, os cursos de inglês e francês foram consolidados como extracurriculares para todos os alunos da escola pública. Foi quando houve a transferência das aulas para as instalações da Fundação Educacional de Fortaleza (Funefor), atualmente Imparh. A partir desta data, o curso passa a ser conhecido como Centro de Línguas da Funefor. Devido à grande demanda, em 1978, são abertos novos cursos: português, espanhol e alemão, nos três turnos.

Durante todos estes anos de funcionamento, o Centro de Línguas passou por três modificações. A primeira, em 1989, quando a Funefor passa a denominar-se Fundesp, sendo transferida sua vinculação para a Secretaria de Administração do Município (SAM). Em seguida, no ano de 1997, a Fundesp passa a ser Instituto Municipal de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos (Imparh). Por fim, em 2014, é instituída a nomenclatura que permanece até hoje: Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos, preservando a mesma sigla antiga.