05 de setembro de 2013 em Gestão

MAPPFOR amplia interface com integração ao SIOF

MAPPFOR se prepara para iniciar integração com SIOF. A interface vai facilitar a atualização do cronograma orçamentário-financeiro dos projetos em andamento


O sistema de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários de Fortaleza (MAPPFOR), que reúne informações sobre os principais projetos da gestão, mantendo um banco de dados e o cronograma de execução física de cada projeto sempre atualizado, se prepara para iniciar a integração com o Sistema Integrado de Orçamento e Finanças (SIOF), que vai facilitar a atualização do cronograma orçamentário-financeiro dos projetos, com dados sobre os valores empenhados e executados e o saldo disponível das fontes de recurso.


Na manhã de quinta-feira, 141 assessores de todos os órgãos da Prefeitura estiveram no auditório do Instituto de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (IMPARH) para participar da apresentação sobre a integração, já formatada, mas ainda aguardando liberação do Comitê Municipal de Gestão por Resultados e Gestão Fiscal de Fortaleza (COGERFFOR), o que deve acontecer na próxima semana.


“Já empenhamos dentro dessa nova metodologia em caráter piloto com a Secretaria de Finanças (Sefin), nossa parceira nessa integração”, diz Cristiane Deusdará, gerente de Monitoramento da Coordenadoria de Planejamento, Orçamento e Monitoramento (COPLAM) da SEPOG. “Os órgãos vão fazer a solicitação de pagamento pelo MAPPFOR e o empenho, liquidação e pagamento dentro do SIOF, mas os dados serão transmitidos online para o MAPPFOR”, explica Cristiane.

A integração com o SIOF é o primeiro passo de ampliação da conectividade do MAPPFOR que, aos poucos, vai se interligar a sistemas de outras áreas, como licitação e contratos e convênios, e ferramentas de acompanhamento de execução de projetos, consolidando sua vocação de sistema facilitador e fundamental para o modelo de Gestão por Resultados.


Atualmente, o MAPPFOR tem 1051 projetos propostos cadastrados e 586 projetos aprovados pelo prefeito. Apenas os aprovados e atualizados têm verba liberada pela SEFIN.

MAPPFOR amplia interface com integração ao SIOF

MAPPFOR se prepara para iniciar integração com SIOF. A interface vai facilitar a atualização do cronograma orçamentário-financeiro dos projetos em andamento

O sistema de Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários de Fortaleza (MAPPFOR), que reúne informações sobre os principais projetos da gestão, mantendo um banco de dados e o cronograma de execução física de cada projeto sempre atualizado, se prepara para iniciar a integração com o Sistema Integrado de Orçamento e Finanças (SIOF), que vai facilitar a atualização do cronograma orçamentário-financeiro dos projetos, com dados sobre os valores empenhados e executados e o saldo disponível das fontes de recurso.


Na manhã de quinta-feira, 141 assessores de todos os órgãos da Prefeitura estiveram no auditório do Instituto de Pesquisas, Administração e Recursos Humanos (IMPARH) para participar da apresentação sobre a integração, já formatada, mas ainda aguardando liberação do Comitê Municipal de Gestão por Resultados e Gestão Fiscal de Fortaleza (COGERFFOR), o que deve acontecer na próxima semana.


“Já empenhamos dentro dessa nova metodologia em caráter piloto com a Secretaria de Finanças (Sefin), nossa parceira nessa integração”, diz Cristiane Deusdará, gerente de Monitoramento da Coordenadoria de Planejamento, Orçamento e Monitoramento (COPLAM) da SEPOG. “Os órgãos vão fazer a solicitação de pagamento pelo MAPPFOR e o empenho, liquidação e pagamento dentro do SIOF, mas os dados serão transmitidos online para o MAPPFOR”, explica Cristiane.

A integração com o SIOF é o primeiro passo de ampliação da conectividade do MAPPFOR que, aos poucos, vai se interligar a sistemas de outras áreas, como licitação e contratos e convênios, e ferramentas de acompanhamento de execução de projetos, consolidando sua vocação de sistema facilitador e fundamental para o modelo de Gestão por Resultados.


Atualmente, o MAPPFOR tem 1051 projetos propostos cadastrados e 586 projetos aprovados pelo prefeito. Apenas os aprovados e atualizados têm verba liberada pela SEFIN.