09 de fevereiro de 2021 em Infraestrutura

Parque Passaré recebe obras de urbanização e cercamento

A intervenção, que está sendo executada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), compreende toda a poligonal do parque


a foto mostra uma cerca no parque passaré
Os gradis têm como objetivo conservar o espaço e facilitar o acesso dos frequentadores às áreas de lazer (Foto: Seinf/Divulgação)
O Parque Passaré recebe obras de urbanização e requalificação com a instalação de gradis e calçadas em todo o seu entorno. A área que compõe o Parque abriga o Zoológico Municipal Sargento Prata e o Horto Florestal Falconete Fialho, além da Lagoa do Passaré e várias espécies de vegetação nativa.

Atualmente, as equipes trabalham na construção de muretas em concreto e instalação dos gradis verdes que serão responsáveis pelo cercamento do parque. A intervenção, que está sendo executada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), compreende toda a poligonal do parque e tem como objetivo preservar o patrimônio natural da área, conforme estabelecido na Lei 9.985/2000, que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC).

Após a conclusão dos serviços o local contará com cerca de 2 quilômetros de cercas delimitativas e mais de 12 mil metros quadrados de novas calçadas e passeios com piso intertravado, trazendo mais acessibilidade e facilitando a mobilidade de todos os que visitam o equipamento ou desejam fazer caminhadas na áreas externa ao parque.

De acordo com o secretário da Infraestrutura, Samuel Dias “o cercamento auxilia as pessoas no acesso às áreas de visitação do parque, como a entrada do zoológico, trilhas, equipamentos de lazer e lagoa, espaços com acessos adequados para contemplar, de forma segura, a natureza do lugar”, acredita ele.

Sobre a obra

Iniciado em agosto de 2020, o projeto do Parque Passaré prevê a urbanização do espaço com a construção de um novo calçadão para caminhadas, passeios internos, cercamento do entorno do equipamento, nova iluminação e a construção de um píer com guarda-corpo sobre a Lagoa do Passaré, que servirá como um atrativo a mais para os visitantes do parque contemplarem a paisagem natural.

O projeto contempla, ainda, a instalação de uma Areninha, academias ao ar livre, paisagismo com a criação de diversos jardins, além de mobiliários urbanos e estacionamentos internos nas duas entradas de acesso ao parque.

Com investimento de R$ 9 milhões, as obras têm conclusão prevista para o segundo semestre deste ano. O Parque Passaré possui 291 mil metros quadrados de área de preservação, com ampla área verde, rica na diversidade de espécies de vegetação e árvores nativas.

Parque Passaré recebe obras de urbanização e cercamento

A intervenção, que está sendo executada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), compreende toda a poligonal do parque

a foto mostra uma cerca no parque passaré
Os gradis têm como objetivo conservar o espaço e facilitar o acesso dos frequentadores às áreas de lazer (Foto: Seinf/Divulgação)
O Parque Passaré recebe obras de urbanização e requalificação com a instalação de gradis e calçadas em todo o seu entorno. A área que compõe o Parque abriga o Zoológico Municipal Sargento Prata e o Horto Florestal Falconete Fialho, além da Lagoa do Passaré e várias espécies de vegetação nativa.

Atualmente, as equipes trabalham na construção de muretas em concreto e instalação dos gradis verdes que serão responsáveis pelo cercamento do parque. A intervenção, que está sendo executada pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), compreende toda a poligonal do parque e tem como objetivo preservar o patrimônio natural da área, conforme estabelecido na Lei 9.985/2000, que instituiu o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC).

Após a conclusão dos serviços o local contará com cerca de 2 quilômetros de cercas delimitativas e mais de 12 mil metros quadrados de novas calçadas e passeios com piso intertravado, trazendo mais acessibilidade e facilitando a mobilidade de todos os que visitam o equipamento ou desejam fazer caminhadas na áreas externa ao parque.

De acordo com o secretário da Infraestrutura, Samuel Dias “o cercamento auxilia as pessoas no acesso às áreas de visitação do parque, como a entrada do zoológico, trilhas, equipamentos de lazer e lagoa, espaços com acessos adequados para contemplar, de forma segura, a natureza do lugar”, acredita ele.

Sobre a obra

Iniciado em agosto de 2020, o projeto do Parque Passaré prevê a urbanização do espaço com a construção de um novo calçadão para caminhadas, passeios internos, cercamento do entorno do equipamento, nova iluminação e a construção de um píer com guarda-corpo sobre a Lagoa do Passaré, que servirá como um atrativo a mais para os visitantes do parque contemplarem a paisagem natural.

O projeto contempla, ainda, a instalação de uma Areninha, academias ao ar livre, paisagismo com a criação de diversos jardins, além de mobiliários urbanos e estacionamentos internos nas duas entradas de acesso ao parque.

Com investimento de R$ 9 milhões, as obras têm conclusão prevista para o segundo semestre deste ano. O Parque Passaré possui 291 mil metros quadrados de área de preservação, com ampla área verde, rica na diversidade de espécies de vegetação e árvores nativas.