03 de junho de 2019 em Fortaleza

Prefeito Roberto Cláudio apresenta aos lojistas os investimentos de 2019 e 2020 em Fortaleza

Em encontro na CDL, o Gestor apresentou as principais obras previstas para o período


Prefeito e homens sentados em mesa
O prefeito Roberto Cláudio apresentou os investimentos futuros e apontou as obras já iniciadas neste semestre

O prefeito Roberto Cláudio esteve no início da tarde desta segunda-feira (03/06), na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), onde almoçou com lojistas e com o presidente da casa, Assis Cavalcante. Na ocasião, o Gestor apresentou os investimentos para os anos de 2019 e 2020, apontou as obras já iniciadas neste semestre e falou sobre as intervenções previstas de junho deste ano até o fim da gestão. Também estiveram presentes o secretário de Governo, Samuel Dias, e o secretário da Regional do Centro, Adail Fontenele.

Entre as obras citadas, estão a construção de 36 novas creches, 26 novas escolas em tempo integral e o Hospital da Criança de Fortaleza. A Cidade também receberá três miniterminais, no bairro José Walter, Washington Soares e no Centro, além de 31 novas Areninhas e 58 novos Ecopontos que deverão ser entregues até dezembro do próximo ano.

“Fortaleza depende, fundamentalmente, da economia de comércio e serviço. Já temos uma parceria antiga com a CDL, fazendo política pública e trabalhando junto, no Centro. Nossa ideia é apresentar para os lojistas o que a gente tem de obras e intervenções, porque cada intervenção dessa gera um impacto econômico local, e muito do sucesso da cidade depende de como a economia vai gerar melhor proveito dela. Com isso, a gente espera que os investimentos públicos acabem estimulando as economias dos bairros”, enfatizou Roberto Cláudio.

Principais intervenções

Na área da Saúde, será iniciada a reforma de 25 postos e a construção de mais cinco novos nas seguintes comunidades: Alameda das Palmeiras, Cidade Jardim, Cidade Nova, Conjunto Miguel Arraes e São Miguel (Curió).

Em julho, 140 novos médicos deverão ser empossados para atuar na Atenção Primária e, em agosto, no IJF 2, que já conta com 130 leitos novos. No hospital, também será inaugurado o Centro Cirúrgico e a Sala de Recuperação. Ainda em 2019, será dado início à construção de mais um Caps AD e de uma Clinica Veterinária Popular, além da reforma dos três Gonzaguinhas da Capital (José Walter, Barra do Ceará e Messejana).

Mais 150 praças também serão reformadas e, destas, 60 receberão bibliotecas públicas de incentivo à leitura, com estruturas idênticas aos dos quiosques do Centro, onde acervos serão doados pela Prefeitura e o gerenciamento delas será realizado pela própria comunidade.

Haverá também requalificação nas avenidas José Bastos e Fernandes Távora, que receberão intervenção no canteiro central, instalação de Ecopolos, drenagem em pontos de alagamentos e reforma de calçadas. Na cidade, mais 105 km de ciclofaixas serão instaladas e 120 novas estações do Bicicletar serão somadas às 80 existentes, totalizando 200 estações.

Atualmente, 100% da frota de ônibus já conta com wi-fi grátis e, até o final da gestão, 60% dos veículos já devem contar com ar-condicionado. Sete cinemas também serão instalados dentro dos terminais de integração e, para maior acesso e melhor mobilidade urbana, a Prefeitura vai instalar ainda um trinário na Avenida Duque de Caxias, no Centro, e mais dois binários, nos bairros Bom Jardim e Parque Manibura.

Diversos locais de Fortaleza deverão receber novas intervenções urbanísticas, como o Lago Jacarey, Parque Rachel de Queiroz, Parque do Passaré (Horto e Zoológico), Parque Cidade da Criança, Praça Coração de Jesus (com miniterminal), Vila do Mar e Orla Oeste da Barra do Ceará, além das Lagoas da Viúva, do Mondubim, do Porangabussu e Papicu, além da revitalização do Riacho Maceió.

Na área de Segurança Cidadã, três Células de Proteção Comunitária também devem ser instaladas: uma no Centro e duas nos bairros Canindezinho e Bonsucesso.

No Centro, além da entrega dos calçadões das Ruas General Sampaio e Liberato Barroso, será entregue também um dormitório para pessoas em situação de rua e duas grandes intervenções: a reforma da Praça José de Alencar e a entrega de 360 vagas para ambulantes no Feirão São Paulo.

“Ao final do ano passado, apenas cinco capitais no Brasil tinham condições fiscais sólidas para adquirir recursos e financiamentos externos, dentre elas, estava Fortaleza. Todo esse pacote de obras e projetos só é possível, atualmente, devido a todo um trabalho fiscal organizado por trás, que nem sempre aparece, mas que é de suma importância para a realização dessas intervenções na Cidade”, explicou o prefeito Roberto Cláudio.

Prefeito Roberto Cláudio apresenta aos lojistas os investimentos de 2019 e 2020 em Fortaleza

Em encontro na CDL, o Gestor apresentou as principais obras previstas para o período

Prefeito e homens sentados em mesa
O prefeito Roberto Cláudio apresentou os investimentos futuros e apontou as obras já iniciadas neste semestre

O prefeito Roberto Cláudio esteve no início da tarde desta segunda-feira (03/06), na Câmara dos Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL), onde almoçou com lojistas e com o presidente da casa, Assis Cavalcante. Na ocasião, o Gestor apresentou os investimentos para os anos de 2019 e 2020, apontou as obras já iniciadas neste semestre e falou sobre as intervenções previstas de junho deste ano até o fim da gestão. Também estiveram presentes o secretário de Governo, Samuel Dias, e o secretário da Regional do Centro, Adail Fontenele.

Entre as obras citadas, estão a construção de 36 novas creches, 26 novas escolas em tempo integral e o Hospital da Criança de Fortaleza. A Cidade também receberá três miniterminais, no bairro José Walter, Washington Soares e no Centro, além de 31 novas Areninhas e 58 novos Ecopontos que deverão ser entregues até dezembro do próximo ano.

“Fortaleza depende, fundamentalmente, da economia de comércio e serviço. Já temos uma parceria antiga com a CDL, fazendo política pública e trabalhando junto, no Centro. Nossa ideia é apresentar para os lojistas o que a gente tem de obras e intervenções, porque cada intervenção dessa gera um impacto econômico local, e muito do sucesso da cidade depende de como a economia vai gerar melhor proveito dela. Com isso, a gente espera que os investimentos públicos acabem estimulando as economias dos bairros”, enfatizou Roberto Cláudio.

Principais intervenções

Na área da Saúde, será iniciada a reforma de 25 postos e a construção de mais cinco novos nas seguintes comunidades: Alameda das Palmeiras, Cidade Jardim, Cidade Nova, Conjunto Miguel Arraes e São Miguel (Curió).

Em julho, 140 novos médicos deverão ser empossados para atuar na Atenção Primária e, em agosto, no IJF 2, que já conta com 130 leitos novos. No hospital, também será inaugurado o Centro Cirúrgico e a Sala de Recuperação. Ainda em 2019, será dado início à construção de mais um Caps AD e de uma Clinica Veterinária Popular, além da reforma dos três Gonzaguinhas da Capital (José Walter, Barra do Ceará e Messejana).

Mais 150 praças também serão reformadas e, destas, 60 receberão bibliotecas públicas de incentivo à leitura, com estruturas idênticas aos dos quiosques do Centro, onde acervos serão doados pela Prefeitura e o gerenciamento delas será realizado pela própria comunidade.

Haverá também requalificação nas avenidas José Bastos e Fernandes Távora, que receberão intervenção no canteiro central, instalação de Ecopolos, drenagem em pontos de alagamentos e reforma de calçadas. Na cidade, mais 105 km de ciclofaixas serão instaladas e 120 novas estações do Bicicletar serão somadas às 80 existentes, totalizando 200 estações.

Atualmente, 100% da frota de ônibus já conta com wi-fi grátis e, até o final da gestão, 60% dos veículos já devem contar com ar-condicionado. Sete cinemas também serão instalados dentro dos terminais de integração e, para maior acesso e melhor mobilidade urbana, a Prefeitura vai instalar ainda um trinário na Avenida Duque de Caxias, no Centro, e mais dois binários, nos bairros Bom Jardim e Parque Manibura.

Diversos locais de Fortaleza deverão receber novas intervenções urbanísticas, como o Lago Jacarey, Parque Rachel de Queiroz, Parque do Passaré (Horto e Zoológico), Parque Cidade da Criança, Praça Coração de Jesus (com miniterminal), Vila do Mar e Orla Oeste da Barra do Ceará, além das Lagoas da Viúva, do Mondubim, do Porangabussu e Papicu, além da revitalização do Riacho Maceió.

Na área de Segurança Cidadã, três Células de Proteção Comunitária também devem ser instaladas: uma no Centro e duas nos bairros Canindezinho e Bonsucesso.

No Centro, além da entrega dos calçadões das Ruas General Sampaio e Liberato Barroso, será entregue também um dormitório para pessoas em situação de rua e duas grandes intervenções: a reforma da Praça José de Alencar e a entrega de 360 vagas para ambulantes no Feirão São Paulo.

“Ao final do ano passado, apenas cinco capitais no Brasil tinham condições fiscais sólidas para adquirir recursos e financiamentos externos, dentre elas, estava Fortaleza. Todo esse pacote de obras e projetos só é possível, atualmente, devido a todo um trabalho fiscal organizado por trás, que nem sempre aparece, mas que é de suma importância para a realização dessas intervenções na Cidade”, explicou o prefeito Roberto Cláudio.