26 de agosto de 2013 em Saúde

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para construção da UPA do Cristo Redentor

O total de investimentos para a construção da UPA é de cerca de R$ 4 milhões


Fortaleza conta atualmente com cinco UPAs 24 horas, mas todas são de responsabilidade do governo estadual (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta terça-feira (27/8), a ordem de serviço para a construção da primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Prefeitura Municipal de Fortaleza, no grande Pirambu. A solenidade será realizada às 17h, na Av. Presidente Castelo Branco (bairro Cristo Redentor), local onde ficará a unidade, na Regional I. O total de investimentos para a construção da UPA é de cerca de R$ 4 milhões, entre recursos do Tesouro Municipal e Ministério da Saúde.

Ao todo, serão construídas pela Prefeitura seis unidades. No primeiro momento serão contempladas as áreas das regionais I, IV e VI. Até o final do ano, serão iniciadas as outras três UPAs nas regionais I, V e VI. Fortaleza conta atualmente com cinco UPAs 24 horas, mas todas são de responsabilidade do governo estadual.

Essa ação faz parte da estratégia da atual gestão de priorizar a expansão e a qualidade do atendimento à saúde. A secretária de Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, assegura que essas novas unidades irão garantir ao cidadão fortalezense mais espaços de atendimento com qualidade e agilidade.

Prefeito Roberto Cláudio assina ordem de serviço para construção da UPA do Cristo Redentor

O total de investimentos para a construção da UPA é de cerca de R$ 4 milhões

Fortaleza conta atualmente com cinco UPAs 24 horas, mas todas são de responsabilidade do governo estadual (Foto: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta terça-feira (27/8), a ordem de serviço para a construção da primeira Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Prefeitura Municipal de Fortaleza, no grande Pirambu. A solenidade será realizada às 17h, na Av. Presidente Castelo Branco (bairro Cristo Redentor), local onde ficará a unidade, na Regional I. O total de investimentos para a construção da UPA é de cerca de R$ 4 milhões, entre recursos do Tesouro Municipal e Ministério da Saúde.

Ao todo, serão construídas pela Prefeitura seis unidades. No primeiro momento serão contempladas as áreas das regionais I, IV e VI. Até o final do ano, serão iniciadas as outras três UPAs nas regionais I, V e VI. Fortaleza conta atualmente com cinco UPAs 24 horas, mas todas são de responsabilidade do governo estadual.

Essa ação faz parte da estratégia da atual gestão de priorizar a expansão e a qualidade do atendimento à saúde. A secretária de Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, assegura que essas novas unidades irão garantir ao cidadão fortalezense mais espaços de atendimento com qualidade e agilidade.