28 de fevereiro de 2018 em Segurança Cidadã

Prefeito Roberto Cláudio e vice-prefeito Moroni Torgan dão posse ao Conselho Municipal de Proteção Urbana de Fortaleza

Órgão funcionará como colegiado com poder de indicar as diretrizes e prioridades para o Programa de Proteção Urbana


Conselho
Conselho é composto por representantes dos órgãos do Poder Municipal (Foto: Kiko Silva)

O prefeito Roberto Cláudio e o vice-prefeito Moroni Torgan deram posse ao Conselho Municipal de Proteção Urbana de Fortaleza, nesta quarta-feira (28/02), no Paço Municipal. O secretário municipal de Segurança Cidadã, Antônio Azevedo, também esteve presente.

O Plano tem como foco principal a prevenção da violência, com o intuito de evitar a ocorrência dos delitos, por meio de iniciativas que englobam vigilância eletrônica sistemática e ostensiva, assim como ações socioeducativas e de desporto. “O Plano contempla torres de controle, que fazem parte de um complexo que chamamos de célula de proteção comunitária. Elas terão vigilância eletrônica, patrulhamentos em três perímetros, união com a sociedade, utilização de drones, aplicativo para celular e vinculação de câmeras de particulares que queiram se integrar com as câmeras da vigilância da torre. A prioridade é dar uma resposta imediata a qualquer ação de perigo”, explicou Moroni, presidente do Conselho.

Para Roberto Cláudio, o programa vai beneficiar a comunidade. “Além da prevenção e proteção nas áreas mais vulneráveis, o Plano vai levar mais cultura, esporte e lazer para os moradores. Tudo foi muito bem estudado e organizado para que os resultados positivos apareçam”, afirmou o Prefeito.

O Programa Municipal de Proteção Urbana é um projeto colaborativo e sistêmico que tem por objetivo agir na prevenção, forma mais indicada para evitar a ocorrência do delito. O Conselho, que tomou posse, funcionará como colegiado com poder de indicar as diretrizes e prioridades para o Programa de Proteção Urbana e é composto por representantes dos órgãos do Poder Municipal. Serão membros convidados representantes da União, do Estado, bem como representantes do poder Judiciário, Ministério Público, OAB e Defensoria Pública.

Fazem parte do conselho:

Secretaria Executiva
Presidente: Moroni Torgan
Secretário executivo: Duarte Frota
Coordenador de inteligência: Francisco Crisostomo
Coordenador socioeducativo e terapêutico: Lineu Jucá
Coordenador de planejamento operacional: José Maria Barbosa Soares
Coordenador de comunicação e relações comunitárias: Raimundo Erivelton de Sousa
Secretário: Carlos Etchichury

Poder Público Municipal
Gabinete do Prefeito: Queiroz Filho
Gabinete do Vice-Prefeito: Raimundo Pacheco de Pinho
Procuradoria Geral do Município: José Leite Jucá
Secretaria Municipal de Governo Samuel Dias
Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão: Philipe Nottingham

Prefeito Roberto Cláudio e vice-prefeito Moroni Torgan dão posse ao Conselho Municipal de Proteção Urbana de Fortaleza

Órgão funcionará como colegiado com poder de indicar as diretrizes e prioridades para o Programa de Proteção Urbana

Conselho
Conselho é composto por representantes dos órgãos do Poder Municipal (Foto: Kiko Silva)

O prefeito Roberto Cláudio e o vice-prefeito Moroni Torgan deram posse ao Conselho Municipal de Proteção Urbana de Fortaleza, nesta quarta-feira (28/02), no Paço Municipal. O secretário municipal de Segurança Cidadã, Antônio Azevedo, também esteve presente.

O Plano tem como foco principal a prevenção da violência, com o intuito de evitar a ocorrência dos delitos, por meio de iniciativas que englobam vigilância eletrônica sistemática e ostensiva, assim como ações socioeducativas e de desporto. “O Plano contempla torres de controle, que fazem parte de um complexo que chamamos de célula de proteção comunitária. Elas terão vigilância eletrônica, patrulhamentos em três perímetros, união com a sociedade, utilização de drones, aplicativo para celular e vinculação de câmeras de particulares que queiram se integrar com as câmeras da vigilância da torre. A prioridade é dar uma resposta imediata a qualquer ação de perigo”, explicou Moroni, presidente do Conselho.

Para Roberto Cláudio, o programa vai beneficiar a comunidade. “Além da prevenção e proteção nas áreas mais vulneráveis, o Plano vai levar mais cultura, esporte e lazer para os moradores. Tudo foi muito bem estudado e organizado para que os resultados positivos apareçam”, afirmou o Prefeito.

O Programa Municipal de Proteção Urbana é um projeto colaborativo e sistêmico que tem por objetivo agir na prevenção, forma mais indicada para evitar a ocorrência do delito. O Conselho, que tomou posse, funcionará como colegiado com poder de indicar as diretrizes e prioridades para o Programa de Proteção Urbana e é composto por representantes dos órgãos do Poder Municipal. Serão membros convidados representantes da União, do Estado, bem como representantes do poder Judiciário, Ministério Público, OAB e Defensoria Pública.

Fazem parte do conselho:

Secretaria Executiva
Presidente: Moroni Torgan
Secretário executivo: Duarte Frota
Coordenador de inteligência: Francisco Crisostomo
Coordenador socioeducativo e terapêutico: Lineu Jucá
Coordenador de planejamento operacional: José Maria Barbosa Soares
Coordenador de comunicação e relações comunitárias: Raimundo Erivelton de Sousa
Secretário: Carlos Etchichury

Poder Público Municipal
Gabinete do Prefeito: Queiroz Filho
Gabinete do Vice-Prefeito: Raimundo Pacheco de Pinho
Procuradoria Geral do Município: José Leite Jucá
Secretaria Municipal de Governo Samuel Dias
Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão: Philipe Nottingham