28 de dezembro de 2019 em Educação

Prefeito Roberto Cláudio inaugura Escola de Tempo Integral Laís Rodrigues de Almeida

A unidade, instalada no bairro Curió, atenderá cerca de 420 alunos do 6o ao 9o ano e fortalecerá a rede de ETIs em Fortaleza


várias pessoas num palco
“Os investimentos em educação em geral são fundamentais para transformar o destino da juventude para melhor", declarou o Prefeito

O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na manhã deste sábado (27/12), a Escola de Tempo Integral (ETI) Laís Rodrigues de Almeida. A unidade, instalada no bairro Curió, atenderá cerca de 420 alunos do 6º ao 9º ano e fortalecerá a rede de ETIs em Fortaleza, que, em implantação desde 2013, passa a contar com 25 equipamentos similares.

A partir do início do ano letivo de 2020, atividades didáticas interdisciplinares serão desenvolvidas em 12 salas de aulas temáticas, incluindo os eixos Projeto de Vida e Protagonismo, além de diversos laboratórios. Equipes pedagógicas de formação especializada irão fortalecer o processo de aprendizagem.

A infraestrutura da Escola, instalada em área total de 4.794,77 m², é composta, ainda, por biblioteca, cozinha, refeitório, onde serão disponibilizadas três refeições diárias; auditório, diretoria, secretaria, coordenação pedagógica e coordenação de área, além de sala do professor diretor de turma, sala dos professores, pátio com projeto paisagístico, ginásio (com quadra poliesportiva coberta, arquibancadas e alambrados), vestiários e depósitos.

“Os investimentos em educação em geral são fundamentais para transformar o destino da juventude para melhor. Uma estrutura como esta é comparável a das melhores escolas particulares da Cidade. Além disso, oferece professores selecionados por mérito, garantindo qualidade de ensino e oportunidades de um novo itinerário de vida, sobretudo, a quem vive em territórios mais vulneráveis”, declarou o Prefeito, que, na ocasião, esteve acompanhado por secretários municipais, vereadores, lideranças políticas e comunitárias.

Recursos investidos

A unidade teve investimento total de R$ 9.166.880,58, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) - R$ 5.401.450,81 - e do Tesouro Municipal – R$ 3.005.429,77. O valor total inclui, ainda, o investimento da Prefeitura de R$ 760 mil para a aquisição de equipamentos.

rapaz posa para foto
"Uma escola assim, com professores qualificados, proporciona ensinamentos em diversas áreas", afirmou o estudante Caio Lopes

O estudante Caio Lopes, de 14 anos, destacou a relevância de se ampliar a Educação Integral. “Este contexto é maravilhoso. Uma educação completa é um direito básico a que toda a sociedade deve ter acesso. Além disso, uma escola assim, com professores qualificados, proporciona ensinamentos em diversas áreas e assegura um presente e um futuro com maiores oportunidades”, ressaltou.

Rede de Municipal de Ensino em Tempo Integral

Com a Escola Municipal de Tempo Integral recém-inaugurada, a Rede Municipal de Ensino chega a 25 ETIs entregues na gestão do prefeito Roberto Cláudio. No último dia 12 de dezembro, a população do bairro Planalto Ayrton Senna recebeu a ETI Leonel de Moura Brizola. Nos equipamentos, os estudantes vivenciam práticas para uma formação interdisciplinar, com o apoio de equipes pedagógicas de formação especializada.

Os alunos contam com três refeições diárias e acompanhamento pessoal realizado pelos Professores Diretores de Turma, além de disciplinas que pautam temas como protagonismo e projeto de vida, disciplinas eletivas escolhidas por professores e alunos, e atividades laboratoriais de Informática, Biologia, Química, Física e Matemática.

“Nossa política de educação integral valoriza o protagonismo do aluno e do professor, a pesquisa, o estudo das tecnologias e o cuidado em transformar todos os momentos em oportunidades educativas”, acrescentou a secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha.

Educação integral em Fortaleza: patamar referencial no Brasil

Fortaleza é primeiro lugar em cobertura percentual no Brasil de matrículas de tempo integral, de acordo com dados preliminares divulgados pelo Censo Escolar da Educação Básica 2019.

Com o avanço no número de matrículas, Fortaleza possui hoje 41,3% dos seus alunos estudando em tempo integral. Em números absolutos, ocupa ainda o posto de segunda capital no País, com 86.121 matrículas, superando São Paulo (73.807).

O primeiro lugar é ocupado pelo Rio de Janeiro, que possui 197.357 matrículas em tempo integral. Os municípios de Belo Horizonte (52.599) e Curitiba (48.648) ocupam a quarta e quinta posição, respectivamente, segundo o levantamento.

O Censo Escolar de 2018 já tinha apontado a capital cearense como destaque, ocupando o posto de 3ª capital do Brasil, com 67.417 matrículas, que correspondia a 31,5% da Rede Municipal atendida em tempo integral. A meta é que, em 2020, Fortaleza tenha 50% dos seus alunos contemplados pela modalidade em tempo integral.

O prefeito Roberto Cláudio avaliou positivamente os resultados alcançados pela gestão e garantiu que o desenvolvimento da Educação terá continuidade:


Veja a galeria de imagens da inauguração

Prefeito Roberto Cláudio inaugura Escola de Tempo Integral Laís Rodrigues de Almeida

A unidade, instalada no bairro Curió, atenderá cerca de 420 alunos do 6o ao 9o ano e fortalecerá a rede de ETIs em Fortaleza

várias pessoas num palco
“Os investimentos em educação em geral são fundamentais para transformar o destino da juventude para melhor", declarou o Prefeito

O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na manhã deste sábado (27/12), a Escola de Tempo Integral (ETI) Laís Rodrigues de Almeida. A unidade, instalada no bairro Curió, atenderá cerca de 420 alunos do 6º ao 9º ano e fortalecerá a rede de ETIs em Fortaleza, que, em implantação desde 2013, passa a contar com 25 equipamentos similares.

A partir do início do ano letivo de 2020, atividades didáticas interdisciplinares serão desenvolvidas em 12 salas de aulas temáticas, incluindo os eixos Projeto de Vida e Protagonismo, além de diversos laboratórios. Equipes pedagógicas de formação especializada irão fortalecer o processo de aprendizagem.

A infraestrutura da Escola, instalada em área total de 4.794,77 m², é composta, ainda, por biblioteca, cozinha, refeitório, onde serão disponibilizadas três refeições diárias; auditório, diretoria, secretaria, coordenação pedagógica e coordenação de área, além de sala do professor diretor de turma, sala dos professores, pátio com projeto paisagístico, ginásio (com quadra poliesportiva coberta, arquibancadas e alambrados), vestiários e depósitos.

“Os investimentos em educação em geral são fundamentais para transformar o destino da juventude para melhor. Uma estrutura como esta é comparável a das melhores escolas particulares da Cidade. Além disso, oferece professores selecionados por mérito, garantindo qualidade de ensino e oportunidades de um novo itinerário de vida, sobretudo, a quem vive em territórios mais vulneráveis”, declarou o Prefeito, que, na ocasião, esteve acompanhado por secretários municipais, vereadores, lideranças políticas e comunitárias.

Recursos investidos

A unidade teve investimento total de R$ 9.166.880,58, oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) - R$ 5.401.450,81 - e do Tesouro Municipal – R$ 3.005.429,77. O valor total inclui, ainda, o investimento da Prefeitura de R$ 760 mil para a aquisição de equipamentos.

rapaz posa para foto
"Uma escola assim, com professores qualificados, proporciona ensinamentos em diversas áreas", afirmou o estudante Caio Lopes

O estudante Caio Lopes, de 14 anos, destacou a relevância de se ampliar a Educação Integral. “Este contexto é maravilhoso. Uma educação completa é um direito básico a que toda a sociedade deve ter acesso. Além disso, uma escola assim, com professores qualificados, proporciona ensinamentos em diversas áreas e assegura um presente e um futuro com maiores oportunidades”, ressaltou.

Rede de Municipal de Ensino em Tempo Integral

Com a Escola Municipal de Tempo Integral recém-inaugurada, a Rede Municipal de Ensino chega a 25 ETIs entregues na gestão do prefeito Roberto Cláudio. No último dia 12 de dezembro, a população do bairro Planalto Ayrton Senna recebeu a ETI Leonel de Moura Brizola. Nos equipamentos, os estudantes vivenciam práticas para uma formação interdisciplinar, com o apoio de equipes pedagógicas de formação especializada.

Os alunos contam com três refeições diárias e acompanhamento pessoal realizado pelos Professores Diretores de Turma, além de disciplinas que pautam temas como protagonismo e projeto de vida, disciplinas eletivas escolhidas por professores e alunos, e atividades laboratoriais de Informática, Biologia, Química, Física e Matemática.

“Nossa política de educação integral valoriza o protagonismo do aluno e do professor, a pesquisa, o estudo das tecnologias e o cuidado em transformar todos os momentos em oportunidades educativas”, acrescentou a secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha.

Educação integral em Fortaleza: patamar referencial no Brasil

Fortaleza é primeiro lugar em cobertura percentual no Brasil de matrículas de tempo integral, de acordo com dados preliminares divulgados pelo Censo Escolar da Educação Básica 2019.

Com o avanço no número de matrículas, Fortaleza possui hoje 41,3% dos seus alunos estudando em tempo integral. Em números absolutos, ocupa ainda o posto de segunda capital no País, com 86.121 matrículas, superando São Paulo (73.807).

O primeiro lugar é ocupado pelo Rio de Janeiro, que possui 197.357 matrículas em tempo integral. Os municípios de Belo Horizonte (52.599) e Curitiba (48.648) ocupam a quarta e quinta posição, respectivamente, segundo o levantamento.

O Censo Escolar de 2018 já tinha apontado a capital cearense como destaque, ocupando o posto de 3ª capital do Brasil, com 67.417 matrículas, que correspondia a 31,5% da Rede Municipal atendida em tempo integral. A meta é que, em 2020, Fortaleza tenha 50% dos seus alunos contemplados pela modalidade em tempo integral.

O prefeito Roberto Cláudio avaliou positivamente os resultados alcançados pela gestão e garantiu que o desenvolvimento da Educação terá continuidade:


Veja a galeria de imagens da inauguração