13 de junho de 2018 em Social

Prefeito Roberto Cláudio inaugura novo abrigo institucional para mulheres e famílias em situação de rua

Unidade, instalada no bairro Presidente Kennedy, oferece atendimento integral e está equipada para atender até 50 pessoas


Abrigo
O equipamento também promoverá oficinas laborativas com objetivo de capacitar pessoas em situação de rua para o mercado de trabalho (Foto: Alex de Alencastro)
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na tarde desta quarta-feira (13/06), um novo abrigo institucional destinado a mulheres e famílias em situação de rua da Capital. A unidade, instalada no bairro Presidente Kennedy, está equipada para contemplar até 50 pessoas e passa a atender a clientela do abrigo que funcionava no bairro Parangaba.

O novo espaço conta com sala de atendimento, brinquedoteca, espaço de convivência, nove quartos, sendo duas suítes, dois banheiros coletivos, três banheiros sociais, lavanderia, almoxarifado, auditório, cozinha industrial para cursos de culinária, espaço para oficina de costura, fábrica de vassouras de garrafa pet, biblioteca e parque para as crianças. Além de oferecer atendimento psicossocial, o equipamento promoverá oficinas laborativas com objetivo de capacitar pessoas em situação de rua para o mercado de trabalho.

“Mais importante do que a estrutura física mais do que digna, é o que acontecerá aqui dentro. Sobretudo, a interação dos trabalhadores da casa com quem chega aqui precisando de acolhimento, de amor e de proteção. Aqui, as pessoas terão respeito e dignidade. A gente quer que este espaço resgate a autoestima de cada uma delas. Isso representará um caminho alternativo para se sair da condição de vulnerabilidade”, declarou o Prefeito, destacando a importância da união de esforços entre Prefeitura e entidades voltadas à causa.

De acordo com o titular da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Elpídio Nogueira, a estrutura do abrigo ocupa patamar referencial no País. “Este é um dos melhores equipamentos do Brasil que atendem a essa proposta. É o melhor do Norte e Nordeste. A orientação do prefeito Roberto Cláudio é oferecer possibilidades inclusivas para essas pessoas, dando um toque de humanidade por meio de uma gestão eficiente, que tem mudado a vida da Cidade para melhor”, afirmou.

Welyorana Ray, uma das moradoras da unidade recém-inaugurada, aprovou o conjunto de oportunidades oferecidas pelo espaço. “Esta unidade é ampla. Aqui, as refeições são boas, o espaço de convivência melhorou bastante em relação à outra unidade em que eu vivia. Além disso, nós vivemos momentos de oração com o Frei. E a gente espera que tudo melhore cada vez mais com os cursos que serão realizados aqui”, considerou.

A iniciativa, fruto da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), fortalece a rede de equipamentos similares em Fortaleza. Já são três unidades de acolhimento institucional (abrigos) para pessoas em situação de rua na Capital. Estão elas localizadas nos bairros Jacarecanga, Benfica e, agora, Presidente Kennedy. Cada uma das unidades conta com atendimento integral, durante 24 horas ininterruptas, em que os acolhidos têm acesso a refeições, à segurança e aos aspectos básicos de higiene e limpeza.

A Unidade do Presidente Kennedy recebe mulheres e famílias. Já a unidade localizada no bairro Jacarecanga e Casa de Passagem são voltadas ao público masculino. Cada acolhimento conta com 50 vagas, cumprindo as diretrizes estabelecidas pela política nacional que rege o atendimento à população de rua.

Para se ter acesso aos abrigos, os interessados devem ser encaminhados pelos Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e pelos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), ambos voltados à proteção social especial de pessoas em situação de risco pessoal e social.

Prefeito Roberto Cláudio inaugura novo abrigo institucional para mulheres e famílias em situação de rua

Unidade, instalada no bairro Presidente Kennedy, oferece atendimento integral e está equipada para atender até 50 pessoas

Abrigo
O equipamento também promoverá oficinas laborativas com objetivo de capacitar pessoas em situação de rua para o mercado de trabalho (Foto: Alex de Alencastro)
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na tarde desta quarta-feira (13/06), um novo abrigo institucional destinado a mulheres e famílias em situação de rua da Capital. A unidade, instalada no bairro Presidente Kennedy, está equipada para contemplar até 50 pessoas e passa a atender a clientela do abrigo que funcionava no bairro Parangaba.

O novo espaço conta com sala de atendimento, brinquedoteca, espaço de convivência, nove quartos, sendo duas suítes, dois banheiros coletivos, três banheiros sociais, lavanderia, almoxarifado, auditório, cozinha industrial para cursos de culinária, espaço para oficina de costura, fábrica de vassouras de garrafa pet, biblioteca e parque para as crianças. Além de oferecer atendimento psicossocial, o equipamento promoverá oficinas laborativas com objetivo de capacitar pessoas em situação de rua para o mercado de trabalho.

“Mais importante do que a estrutura física mais do que digna, é o que acontecerá aqui dentro. Sobretudo, a interação dos trabalhadores da casa com quem chega aqui precisando de acolhimento, de amor e de proteção. Aqui, as pessoas terão respeito e dignidade. A gente quer que este espaço resgate a autoestima de cada uma delas. Isso representará um caminho alternativo para se sair da condição de vulnerabilidade”, declarou o Prefeito, destacando a importância da união de esforços entre Prefeitura e entidades voltadas à causa.

De acordo com o titular da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Elpídio Nogueira, a estrutura do abrigo ocupa patamar referencial no País. “Este é um dos melhores equipamentos do Brasil que atendem a essa proposta. É o melhor do Norte e Nordeste. A orientação do prefeito Roberto Cláudio é oferecer possibilidades inclusivas para essas pessoas, dando um toque de humanidade por meio de uma gestão eficiente, que tem mudado a vida da Cidade para melhor”, afirmou.

Welyorana Ray, uma das moradoras da unidade recém-inaugurada, aprovou o conjunto de oportunidades oferecidas pelo espaço. “Esta unidade é ampla. Aqui, as refeições são boas, o espaço de convivência melhorou bastante em relação à outra unidade em que eu vivia. Além disso, nós vivemos momentos de oração com o Frei. E a gente espera que tudo melhore cada vez mais com os cursos que serão realizados aqui”, considerou.

A iniciativa, fruto da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), fortalece a rede de equipamentos similares em Fortaleza. Já são três unidades de acolhimento institucional (abrigos) para pessoas em situação de rua na Capital. Estão elas localizadas nos bairros Jacarecanga, Benfica e, agora, Presidente Kennedy. Cada uma das unidades conta com atendimento integral, durante 24 horas ininterruptas, em que os acolhidos têm acesso a refeições, à segurança e aos aspectos básicos de higiene e limpeza.

A Unidade do Presidente Kennedy recebe mulheres e famílias. Já a unidade localizada no bairro Jacarecanga e Casa de Passagem são voltadas ao público masculino. Cada acolhimento conta com 50 vagas, cumprindo as diretrizes estabelecidas pela política nacional que rege o atendimento à população de rua.

Para se ter acesso aos abrigos, os interessados devem ser encaminhados pelos Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) e pelos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), ambos voltados à proteção social especial de pessoas em situação de risco pessoal e social.