27 de julho de 2017 em Economia

Prefeito Roberto Cláudio participa da cerimônia de concessão do Aeroporto Pinto Martins à empresa Fraport

Empresa alemã administrará o aeroporto pelos próximos 30 anos


Fraport
Anúncio da implementação aconteceu no Palácio do Planalto, em Brasília
O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana participaram, nesta quinta-feira (27/07), no Palácio do Planalto, em Brasília, da cerimônia de anúncio da implementação da concessão do Aeroporto Pinto Martins à Fraport, empresa alemã que o administrará pelos próximos 30 anos.

Arrematado por R$ 1,5 bilhão em leilão realizado no dia 16 de março deste ano, o Aeroporto Internacional Pinto Martins receberá da empresa alemã investimento inicial equivalente a R$ 2 bilhões, que serão revertidos em melhorias até o ano de 2020. Dentre as intervenções, que estão divididas inicialmente em duas etapas, está prevista a conclusão das obras do terminal, que será, além de revitalizado, expandido em prazo final de quatro anos.

“Importante registrar que a Fraport é das maiores e mais bem conceituadas empresas do mundo. Isso garantirá maior qualidade de serviços. A Cidade contará com a presença de novas companhias aéreas, que operarão voos para diversos destinos, transportando maior fluxo de passageiros e, com isso, as vantagens para a economia local, para o turismo da Cidade e do Estado também terão grande relevância. Esta é a grande importância para um destino turístico como o nosso. Mais pessoas na cidade de Fortaleza é mais consumo, mais emprego e mais oportunidade de desenvolvimento”, avaliou Roberto Cláudio.

A Fraport realizará operações consorciadas, em parceria com a Infraero, até o fim outubro deste ano. A partir da data, a empresa alemã passará a operar sozinha, estando o início das obras previsto para janeiro de 2018, alavancando, para além dos aspectos turísticos, o potencial socioeconômico de todo o Estado.

“Não tenho dúvidas de que a Fraport vai investir em modernização, em oportunidades, em novos negócios e na geração de emprego e renda para os fortalezenses e para os cearenses. Este é um dia muito feliz. Nossa luta que começou em 2015 e, agora, a Fraport passará a fazer parte do Ceará”, considerou Camilo Santana.

Prefeito Roberto Cláudio participa da cerimônia de concessão do Aeroporto Pinto Martins à empresa Fraport

Empresa alemã administrará o aeroporto pelos próximos 30 anos

Fraport
Anúncio da implementação aconteceu no Palácio do Planalto, em Brasília
O prefeito Roberto Cláudio e o governador Camilo Santana participaram, nesta quinta-feira (27/07), no Palácio do Planalto, em Brasília, da cerimônia de anúncio da implementação da concessão do Aeroporto Pinto Martins à Fraport, empresa alemã que o administrará pelos próximos 30 anos.

Arrematado por R$ 1,5 bilhão em leilão realizado no dia 16 de março deste ano, o Aeroporto Internacional Pinto Martins receberá da empresa alemã investimento inicial equivalente a R$ 2 bilhões, que serão revertidos em melhorias até o ano de 2020. Dentre as intervenções, que estão divididas inicialmente em duas etapas, está prevista a conclusão das obras do terminal, que será, além de revitalizado, expandido em prazo final de quatro anos.

“Importante registrar que a Fraport é das maiores e mais bem conceituadas empresas do mundo. Isso garantirá maior qualidade de serviços. A Cidade contará com a presença de novas companhias aéreas, que operarão voos para diversos destinos, transportando maior fluxo de passageiros e, com isso, as vantagens para a economia local, para o turismo da Cidade e do Estado também terão grande relevância. Esta é a grande importância para um destino turístico como o nosso. Mais pessoas na cidade de Fortaleza é mais consumo, mais emprego e mais oportunidade de desenvolvimento”, avaliou Roberto Cláudio.

A Fraport realizará operações consorciadas, em parceria com a Infraero, até o fim outubro deste ano. A partir da data, a empresa alemã passará a operar sozinha, estando o início das obras previsto para janeiro de 2018, alavancando, para além dos aspectos turísticos, o potencial socioeconômico de todo o Estado.

“Não tenho dúvidas de que a Fraport vai investir em modernização, em oportunidades, em novos negócios e na geração de emprego e renda para os fortalezenses e para os cearenses. Este é um dia muito feliz. Nossa luta que começou em 2015 e, agora, a Fraport passará a fazer parte do Ceará”, considerou Camilo Santana.