09 de outubro de 2019 em Segurança Cidadã

Prefeito Roberto Cláudio participa de parceria da FNP com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Acordo visa à implantação do Programa Acesso Brasil Mais Seguro


prefeito roberto cláudio assina documento
A assinatura de Memorando de Entendimento entre a FNP e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha ocorreu nesta quarta-feira (09/10)

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quarta-feira (09/10), em Salvador, durante a 76ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), da assinatura de Memorando de Entendimento entre a FNP e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha para implantação do Programa Acesso Brasil Mais Seguro que busca apoiar os municípios a prevenir, reduzir, mitigar e responder às consequências humanitárias da exposição da população e servidores públicos municipais a contextos de violência armada.

O chefe da Delegação Regional do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Filipe Costa Galo Tomé de Carvalho, destacou que a experiência de capacitar servidores públicos para atuação com protocolo nessas situações ajuda a melhorar a qualidade do serviços e a reduzir os prejuízos por eventual interrupção dos serviços.

“A parceria com o CICV tem nos permitido melhorar a assistência à população por meio dos serviços públicos e a nossa preocupação crescente é também sempre avançar no sentido de assegurar à população e aos servidores acesso mais seguros aos equipamentos públicos”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio que foi o interlocutor junto à FNP para abrir a possibilidade de adesão de outros municípios à parceria com o CICV.
Hoje, no Brasil, o CICV tem parceria com as Prefeituras de Fortaleza e Porto Alegre.

No caso da Prefeitura de Fortaleza, a colaboração com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foi implantado em 2018 e vem promovendo cursos de formação de Instrutores em Normas Internacionais de Direitos Humanos aplicáveis às funções de servidores públicos em áreas como segurança cidadã, educação e saúde.

Um exemplo é o da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) que foi a primeira do País a realizar este curso de formação, com carga de 104 horas/aula, divididas em três semanas de curso, com a parte teórica certificada pelo CICV, e que capacitou 26 guardas municipais, tornando-os difusores do conteúdo.

Após o curso, os 26 instrutores da Guarda Municipal passaram a ter a missão institucional de serem agentes multiplicadores das normas de direitos humanos, na intenção de aperfeiçoar o serviço prestado pela corporação aos fortalezenses. O curso busca sempre padronizar procedimentos diversos, desde abordagens, manuseio de equipamentos e até prisões.

Prefeito Roberto Cláudio participa de parceria da FNP com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha

Acordo visa à implantação do Programa Acesso Brasil Mais Seguro

prefeito roberto cláudio assina documento
A assinatura de Memorando de Entendimento entre a FNP e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha ocorreu nesta quarta-feira (09/10)

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quarta-feira (09/10), em Salvador, durante a 76ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), da assinatura de Memorando de Entendimento entre a FNP e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha para implantação do Programa Acesso Brasil Mais Seguro que busca apoiar os municípios a prevenir, reduzir, mitigar e responder às consequências humanitárias da exposição da população e servidores públicos municipais a contextos de violência armada.

O chefe da Delegação Regional do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, Filipe Costa Galo Tomé de Carvalho, destacou que a experiência de capacitar servidores públicos para atuação com protocolo nessas situações ajuda a melhorar a qualidade do serviços e a reduzir os prejuízos por eventual interrupção dos serviços.

“A parceria com o CICV tem nos permitido melhorar a assistência à população por meio dos serviços públicos e a nossa preocupação crescente é também sempre avançar no sentido de assegurar à população e aos servidores acesso mais seguros aos equipamentos públicos”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio que foi o interlocutor junto à FNP para abrir a possibilidade de adesão de outros municípios à parceria com o CICV.
Hoje, no Brasil, o CICV tem parceria com as Prefeituras de Fortaleza e Porto Alegre.

No caso da Prefeitura de Fortaleza, a colaboração com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foi implantado em 2018 e vem promovendo cursos de formação de Instrutores em Normas Internacionais de Direitos Humanos aplicáveis às funções de servidores públicos em áreas como segurança cidadã, educação e saúde.

Um exemplo é o da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) que foi a primeira do País a realizar este curso de formação, com carga de 104 horas/aula, divididas em três semanas de curso, com a parte teórica certificada pelo CICV, e que capacitou 26 guardas municipais, tornando-os difusores do conteúdo.

Após o curso, os 26 instrutores da Guarda Municipal passaram a ter a missão institucional de serem agentes multiplicadores das normas de direitos humanos, na intenção de aperfeiçoar o serviço prestado pela corporação aos fortalezenses. O curso busca sempre padronizar procedimentos diversos, desde abordagens, manuseio de equipamentos e até prisões.