09 de dezembro de 2019 em Gestão

Prefeito Roberto Cláudio recebe Selo TCE Ceará Sustentável

O prêmio, oferecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), certifica órgãos da administração pública que praticam iniciativas de desenvolvimento sustentável


prefeito em cima de palco segurando prêmio ao lado de outras pessoas também premiadas e sorrindo para a foto
Nove certificados foram entregues e a Prefeitura teve o reconhecimento pelo projeto para Redução de Pegadas de Carbono e Pegadas Hídricas da Cidade de Fortaleza e pelo Plano de Arborização de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio recebeu, na manhã desta segunda-feira (09/12), o Selo TCE Ceará Sustentável, durante a 12ª edição do TCE Debate, evento promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A solenidade contou com a participação de representantes de órgãos da administração pública e prefeitos de Municípios do interior do Estado. Nove certificados foram entregues e a Prefeitura de Fortaleza teve o reconhecimento pelo projeto para Redução de Pegadas de Carbono e Pegadas Hídricas da Cidade de Fortaleza, da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), e pelo Plano de Arborização de Fortaleza, iniciativa da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA). Na oportunidade, estiveram presentes o secretário executivo da SCSP, Luís Alberto Sabóia e a titular da Seuma, Águeda Muniz.

"Sustentabilidade é um conceito que parece distante para quem está vivendo o dia a dia da cidade, que está querendo e precisando de políticas públicas, mas ele é essencial. Sem ele, daqui a 30 ou 40 anos, a gente passará a ser uma cidade com problemas graves que vão ter repercussões sociais e econômicas. O próprio turismo que é, por exemplo, a principal fonte econômica de Fortaleza, depende de conceitos e ações sustentáveis. As oportunidades de incluir pessoas em áreas novas urbanizadas, perto de rios e lagoas, depende também da sustentabilidade, para dar dois exemplos econômicos e sociais. Então, por essa razão, preocupar-se hoje com o amanhã é uma questão de responsabilidade e uma imposição dos novos tempos", destacou Roberto Cláudio.

Ouça o áudio do prefeito Roberto Cláudio:

Toda ação, projeto, prática ou campanha alinhados com um ou mais Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), descritos na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), puderam participar da seleção. O Selo é uma forma de reconhecer iniciativas de desenvolvimento sustentável criadas pelos órgãos da administração pública do Estado. As iniciativas inscritas foram avaliadas por uma comissão instituída pelo presidente do TCE/Ceará, conselheiro Edilberto Pontes. Dos 10 inscritos, nove estavam habilitados a receber o Selo, dentre eles a Prefeitura de Fortaleza.

"O Tribunal de Contas não é só um órgão fiscalizador. Ele procura também estimular a sustentabilidade no estado do Ceará, não apenas com nossas ações internas, mas também reconhecendo instituições e prefeituras com práticas sustentáveis. Tem muita coisa interessante, como por exemplo, a Prefeitura de Fortaleza, que foi muito reconhecida pela implantação das ciclovias. É importante, tanto essa como outras ações associadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que a ONU fixou", disse o conselheiro Edilberto Pontes.

Na ocasião, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, apresentou a palestra "Boas Práticas de Governança e Gestão". "A Cidade está muito bem administrada e eu sugeri ao prefeito Roberto Cláudio que fossem implantadas as Regras de Governança. A gestão dele já é boa, mas com o Decreto da Governança, ele pode manter esse projeto sem correr o risco de que o próximo gestor municipal desfaça o que foi construído", disse.

Prefeito Roberto Cláudio recebe Selo TCE Ceará Sustentável

O prêmio, oferecido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), certifica órgãos da administração pública que praticam iniciativas de desenvolvimento sustentável

prefeito em cima de palco segurando prêmio ao lado de outras pessoas também premiadas e sorrindo para a foto
Nove certificados foram entregues e a Prefeitura teve o reconhecimento pelo projeto para Redução de Pegadas de Carbono e Pegadas Hídricas da Cidade de Fortaleza e pelo Plano de Arborização de Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio recebeu, na manhã desta segunda-feira (09/12), o Selo TCE Ceará Sustentável, durante a 12ª edição do TCE Debate, evento promovido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A solenidade contou com a participação de representantes de órgãos da administração pública e prefeitos de Municípios do interior do Estado. Nove certificados foram entregues e a Prefeitura de Fortaleza teve o reconhecimento pelo projeto para Redução de Pegadas de Carbono e Pegadas Hídricas da Cidade de Fortaleza, da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), e pelo Plano de Arborização de Fortaleza, iniciativa da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (SEUMA). Na oportunidade, estiveram presentes o secretário executivo da SCSP, Luís Alberto Sabóia e a titular da Seuma, Águeda Muniz.

"Sustentabilidade é um conceito que parece distante para quem está vivendo o dia a dia da cidade, que está querendo e precisando de políticas públicas, mas ele é essencial. Sem ele, daqui a 30 ou 40 anos, a gente passará a ser uma cidade com problemas graves que vão ter repercussões sociais e econômicas. O próprio turismo que é, por exemplo, a principal fonte econômica de Fortaleza, depende de conceitos e ações sustentáveis. As oportunidades de incluir pessoas em áreas novas urbanizadas, perto de rios e lagoas, depende também da sustentabilidade, para dar dois exemplos econômicos e sociais. Então, por essa razão, preocupar-se hoje com o amanhã é uma questão de responsabilidade e uma imposição dos novos tempos", destacou Roberto Cláudio.

Ouça o áudio do prefeito Roberto Cláudio:

Toda ação, projeto, prática ou campanha alinhados com um ou mais Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), descritos na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU), puderam participar da seleção. O Selo é uma forma de reconhecer iniciativas de desenvolvimento sustentável criadas pelos órgãos da administração pública do Estado. As iniciativas inscritas foram avaliadas por uma comissão instituída pelo presidente do TCE/Ceará, conselheiro Edilberto Pontes. Dos 10 inscritos, nove estavam habilitados a receber o Selo, dentre eles a Prefeitura de Fortaleza.

"O Tribunal de Contas não é só um órgão fiscalizador. Ele procura também estimular a sustentabilidade no estado do Ceará, não apenas com nossas ações internas, mas também reconhecendo instituições e prefeituras com práticas sustentáveis. Tem muita coisa interessante, como por exemplo, a Prefeitura de Fortaleza, que foi muito reconhecida pela implantação das ciclovias. É importante, tanto essa como outras ações associadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que a ONU fixou", disse o conselheiro Edilberto Pontes.

Na ocasião, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Augusto Nardes, apresentou a palestra "Boas Práticas de Governança e Gestão". "A Cidade está muito bem administrada e eu sugeri ao prefeito Roberto Cláudio que fossem implantadas as Regras de Governança. A gestão dele já é boa, mas com o Decreto da Governança, ele pode manter esse projeto sem correr o risco de que o próximo gestor municipal desfaça o que foi construído", disse.